PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





SÍNDROME DE BURNOUT – O QUE É, SINTOMAS E TRATAMENTO – SÍNDROME DE ESGOTAMENTO PROFISSIONAL

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

SÍNDROME DE BURNOUT – Muitos profissionais atualmente apresentam estágios agudos de estresse e passam a perder o interesse no próprio trabalho e no relacionamento interpessoal. Algumas pessoas confundem estresse com cansaço, e passam a rotular qualquer fadiga com estresse, o nível mais alto é quando o profissional perde as condições de interagir e foco no trabalho – em alguns casos, os indícios podem ser a Síndrome de Burnout.

A Síndrome de Burnout (ou Síndrome de Esgotamento Profissional), como também é chamada, é caracterizada por um conjunto de sinais e sintomas, que são físicos, psíquicos e sociais, que começam a aparecer por causa da ausência de satisfação e percepção graças a sobrecarga e pressão profissional.  Entenda melhor o que é a síndrome e como ela afeta a vida do profissional, além de como diagnosticar e tratar o problema:

Causas e sintomas da Síndrome de Burnout

SÍNDROME DE BURNOUT - O QUE É, SINTOMAS E TRATAMENTO - SÍNDROME DE ESGOTAMENTO PROFISSIONAL

A principal característica que uma pessoa com a síndrome é o sentimento de sobrecarga mesmo diante de tarefas simples de sua rotina de trabalho, queixas físicas como dores no corpo e mal-estar e queixas emocionais como tristeza, agitação, ansiedade ou o sentimento de incapacidade. Em consequência destes sintomas, pode ocorrer também o isolamento social, que é demonstrado com sarcasmo e descrença com relação aos colegas de trabalho.

A principal causa para a manifestação da síndrome no indivíduo é a falta de equilibro entre os campos profissional e pessoal de sua vida. O excesso de horas de trabalho causa a falta de tempo em outras áreas, desorganização pessoal e falta de conhecimento e utilização dos próprios limites. Tudo isso provoca uma cobrança pessoal cada vez maior e também a dificuldade em negar maiores demandas de trabalho a fim de descansar física e psicologicamente, e consequentemente a incapacidade de perceber as consequências da escolha por ainda mais horas de trabalho.

Tratamento para a Síndrome de Burnout

Para tratar a síndrome, é preciso primeiro diagnostica-la com visitas ao terapeuta, se preciso, continue o tratamento com ele, para os conflitos emocionais causados pela doença, com foco no autoconhecimento (vindo acima da autocrítica). Já para a parte física, busca um tratamento sintomático. É claro que para realizar o tratamento o profissional terá que ser afastado de sua função, pois a doença o tira de condições de trabalhar o tratamento precisa ter foco, sem desculpas para faltar às sessões.

Se desapegar das funções do trabalho pode ser algo dramático para quem sofre da síndrome, mas é essencial para ajudar no tratamento, uma vez que o excesso de tarefas e a falta de vida social e cuidados pessoais é o que provocou o estado atual do paciente. É preciso que a pessoa encontre uma motivação pessoal para desempenhar suas atividades com moderação, a fim de manter uma vida saudável. A participação da empresa é muito importante para o tratamento do seu funcionário. Muitas têm investido em qualidade de vida e estimulo no engajamento dos empregados em ações sociais, para terem preocupações extras as suas atividades até mesmo dentro do seu ambiente de trabalho.






PontoXP © 2006-2019 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!