Pular para o conteúdo

Como se Tornar um Engenheiro Mecânico?

Você sonha em trabalhar com máquinas, projetos e inovações? Você gosta de resolver problemas complexos e desafiar a sua criatividade? Você quer fazer parte de uma profissão que está em alta demanda e oferece boas oportunidades de carreira?

Se você respondeu sim a essas perguntas, então você pode se interessar por se tornar um engenheiro mecânico.

Como se Tornar um Engenheiro Mecânico?
Engenheiro Mecânico

Um engenheiro mecânico é um profissional que aplica os princípios da física, da matemática e da engenharia para projetar, desenvolver, testar e manter sistemas mecânicos, como máquinas, veículos, robôs e equipamentos.

Para se tornar um engenheiro mecânico, você precisa ter uma formação acadêmica específica, que pode ser obtida por meio de cursos superiores ou técnicos na área.

Mas como escolher o melhor curso para você? Quais são as disciplinas mais importantes? Como se preparar para o mercado de trabalho?

Neste artigo, nós vamos te mostrar tudo o que você precisa saber sobre como se tornar um engenheiro mecânico. Vamos te dar dicas práticas e exemplos de como seguir essa carreira incrível.

O que é um curso superior em engenharia mecânica?

Um curso superior em engenharia mecânica é uma graduação que dura em média quatro anos e abrange diversas áreas do conhecimento relacionadas à mecânica dos materiais, à termodinâmica dos fluidos, à cinemática dos corpos sólidos e ao controle automático.

O objetivo do curso é formar profissionais capazes de projetar, analisar, dimensionar e otimizar sistemas mecânicos complexos, utilizando ferramentas computacionais e métodos científicos.

O curso superior em engenharia mecânica é dividido em três ciclos:

  • Ciclo básico: compreende as disciplinas fundamentais da matemática aplicada à engenharia (álgebra linear, cálculo diferencial e integral), da física aplicada à engenharia (mecânica dos sólidos, termodinâmica dos gases) e das ciências básicas (biologia celular).
  • Ciclo intermediário: abrange as disciplinas específicas da engenharia mecânica (mecanização das estruturas metálicas), da eletrônica aplicada à engenharia (física eletrônica) e das ciências naturais (física geral).
  • Ciclo avançado: inclui as disciplinas complementares da engenharia mecânica (matemática financeira), da gestão empresarial (contabilidade) e das ciências humanas (psicologia).

Quais são as principais disciplinas do curso superior em engenharia mecânica?

Diploma do Curso Superior em Engenharia Mecânica
Diploma do Curso Superior em Engenharia Mecânica.

As principais disciplinas do curso superior em engenharia mecânica são:

  • Mecanização das estruturas metálicas: estuda os princípios básicos do desempenho das estruturas metálicas sob diferentes condições de carga.
  • Termodinâmica dos gases: estuda as leis que regem os processos termodinâmicos envolvendo gases ideais ou reais.
  • Cinemática dos corpos sólidos: estuda os conceitos básicos da movimentação dos corpos sólidos sob a ação de forças externas.
  • Controle automático: estuda os métodos para controlar sistemas dinâmicos ou estáticos por meio de dispositivos eletrônicos ou eletrônicos.
  • Mecanização das estruturas não metálicas: estuda os princípios básicos do desempenho das estruturas não metálicas sob diferentes condições de carga.
  • Termodinâmica dos fluidos: estuda as leis que regem os processos termodinâmicos envolvendo fluidos ideais ou reais.
  • Cinemática dos fluidos: estuda os conceitos básicos da movimentação dos fluidos sob a ação de forças externas.
  • Física eletrônica: estuda os fenômenos físicos relacionados à eletricidade elétrica ou magnética.
  • Matemática financeira: estuda os conceitos básicos da matemática aplicada às finanças, como juros, descontos, taxas e investimentos.
  • Contabilidade: estuda os princípios básicos da contabilidade aplicada às empresas, como balanço patrimonial, demonstração de resultados e fluxo de caixa.
  • Psicologia: estuda os aspectos psicológicos relacionados ao comportamento humano, como motivação, liderança, comunicação e trabalho em equipe.

Como é o mercado de trabalho para um engenheiro mecânico?

Mercado de Trabalho para um Engenheiro Mecânico
Mercado de Trabalho para um Engenheiro Mecânico.

O mercado de trabalho para um engenheiro mecânico é bastante amplo e diversificado, pois esse profissional pode atuar em diversos setores da indústria, como automotivo, aeronáutico, naval, metalúrgico, siderúrgico, petroquímico, energético, alimentício, farmacêutico e de construção civil.

Além disso, um engenheiro mecânico pode exercer diferentes funções, como:

  • Projetista: é o responsável por criar e desenvolver projetos de sistemas mecânicos, utilizando softwares específicos e seguindo normas técnicas e de segurança.
  • Analista: é o responsável por avaliar e testar o desempenho e a qualidade dos sistemas mecânicos, utilizando instrumentos de medição e ensaio e elaborando relatórios técnicos.
  • Consultor: é o responsável por prestar assessoria e orientação a empresas ou clientes sobre questões relacionadas à engenharia mecânica, como otimização de processos, redução de custos, melhoria de produtividade e inovação tecnológica.
  • Pesquisador: é o responsável por realizar estudos e pesquisas científicas na área de engenharia mecânica, buscando novos conhecimentos, soluções e aplicações para problemas reais ou teóricos.
  • Professor: é o responsável por lecionar disciplinas de engenharia mecânica em instituições de ensino superior ou técnico, transmitindo conhecimentos teóricos e práticos aos alunos.

O salário médio de um engenheiro mecânico no Brasil é de R$ 7.500,00, podendo variar de acordo com a região, o setor, a função, a experiência e a qualificação do profissional.

Quais são as vantagens e desvantagens de ser um engenheiro mecânico?

Ser um engenheiro mecânico tem suas vantagens e desvantagens, como qualquer outra profissão. Veja alguns exemplos:

Vantagens:

  • É uma profissão que envolve criatividade, desafio e inovação, pois o engenheiro mecânico precisa estar sempre atualizado e buscando novas soluções para problemas complexos.
  • É uma profissão que oferece boas oportunidades de carreira, pois o engenheiro mecânico pode atuar em diversos setores da indústria e em diferentes funções, tendo uma ampla gama de possibilidades de crescimento profissional.
  • É uma profissão que contribui para o desenvolvimento social, econômico e ambiental, pois o engenheiro mecânico pode participar de projetos que visam melhorar a qualidade de vida das pessoas, a competitividade das empresas e a sustentabilidade dos recursos naturais.

Desvantagens:

  • É uma profissão que exige muita dedicação, estudo e atualização, pois o engenheiro mecânico precisa dominar diversos conhecimentos técnicos e científicos, além de acompanhar as constantes mudanças tecnológicas e de mercado.
  • É uma profissão que envolve muita responsabilidade, risco e pressão, pois o engenheiro mecânico precisa garantir a segurança, a eficiência e a qualidade dos sistemas mecânicos que projeta, analisa, testa e mantém, podendo ser responsabilizado por eventuais falhas, acidentes ou danos.
  • É uma profissão que pode exigir muita disponibilidade, flexibilidade e mobilidade, pois o engenheiro mecânico pode ter que trabalhar em horários irregulares, em locais distantes ou em condições adversas, dependendo do tipo de projeto ou de empresa que atua.

Como se preparar para ser um engenheiro mecânico?

Para se preparar para ser um engenheiro mecânico, você precisa ter algumas habilidades e competências, como:

  • Raciocínio lógico e matemático: é a capacidade de resolver problemas e equações usando a lógica e a matemática, aplicando fórmulas, regras e métodos adequados.
  • Visão espacial e mecânica: é a capacidade de visualizar e compreender o funcionamento e a interação dos objetos e das forças no espaço, usando conceitos de geometria, física e mecânica.
  • Criatividade e inovação: é a capacidade de criar e desenvolver soluções originais, eficientes e inovadoras para problemas complexos, usando a imaginação, a intuição e o conhecimento.
  • Comunicação e trabalho em equipe: é a capacidade de se expressar e se relacionar com outras pessoas, usando a linguagem verbal e não verbal, além de saber trabalhar em grupo, respeitando as opiniões, as habilidades e as responsabilidades de cada um.
  • Aprendizagem contínua e adaptação: é a capacidade de aprender novos conhecimentos e habilidades, além de se adaptar às mudanças e aos desafios do ambiente, buscando sempre se aperfeiçoar e se atualizar.

Além disso, você precisa ter uma boa formação acadêmica, que pode ser obtida por meio de cursos superiores ou técnicos na área de engenharia mecânica, que são oferecidos por diversas instituições de ensino no Brasil.

Como escolher o melhor curso de engenharia mecânica para você?

Para escolher o melhor curso de engenharia mecânica para você, você precisa levar em conta alguns fatores, como:

  • O seu perfil: você precisa avaliar o seu interesse, a sua aptidão e a sua disponibilidade para cursar uma graduação ou um técnico em engenharia mecânica, que são cursos que exigem bastante dedicação, estudo e atualização.
  • O seu objetivo: você precisa definir o seu objetivo profissional, ou seja, em qual setor, função ou área você quer atuar como engenheiro mecânico, para escolher o curso que mais se adequa às suas expectativas e necessidades.
  • A instituição de ensino: você precisa pesquisar sobre a reputação, a qualidade e a credibilidade da instituição de ensino que oferece o curso de engenharia mecânica que você deseja, verificando se ela é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), se ela possui uma boa infraestrutura, um corpo docente qualificado, uma grade curricular atualizada, um programa de estágio e de pesquisa, entre outros aspectos.
  • O custo-benefício: você precisa analisar o custo-benefício do curso de engenharia mecânica que você pretende fazer, comparando o valor da mensalidade, o tempo de duração, a carga horária, o material didático, a localização, a modalidade (presencial ou a distância), entre outros fatores, com o retorno que você espera ter em termos de conhecimento, experiência e oportunidade de carreira.

Conclusão

Neste artigo, nós te mostramos tudo o que você precisa saber sobre como se tornar um engenheiro mecânico. Vimos o que é um curso superior em engenharia mecânica, quais são as principais disciplinas, como é o mercado de trabalho, quais são as vantagens e desvantagens, como se preparar e como escolher o melhor curso para você.

Esperamos que você tenha gostado do nosso conteúdo e que ele tenha te ajudado a esclarecer as suas dúvidas sobre essa profissão incrível.