PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





VANTAGENS E DESVANTAGENS DA CHUPETA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Bebê ,Saúde

VANTAGENS E DESVANTAGENS DA CHUPETA – Mais cedo ou mais tarde chega a hora em que a criança deve largar a chupeta. Aliás, existem vantagens e desvantagens da chupeta e, por isso, ela não pode permanecer como acessório da criança por mais tempo do que o indicado. A mais importante vantagem chupeta é que o objeto acalma o bebê e ajuda a dormir. Isso porque o ato de sugar a chupeta ameniza as dores que ele sente, em especial, por causa das cólicas.

Outra vantagem da chupeta é que, em alguns casos, ela contribui para que o bebê prematuro se adapte e consiga pegar o bico da mamadeira ou do seio, assim, poderá abandonar a alimentação por sonda. A chupeta, nesse caso, funciona como um treino para a sucção. No entanto, quando se falam das vantagens e desvantagens da chupeta, podem-se encontrar mais pontos negativos no seu uso.

VANTAGENS E DESVANTAGENS DA CHUPETA

Quais as desvantagens da chupeta

Por outro lado, o uso prolongado resulta em uma série de desvantagens da chupeta. Confira quais são os principais motivos para não deixar que o seu filho use a chupeta demais:

Problemas para a amamentação: pesquisas apontam que quando os pais oferecem muito a chupeta aos bebês, eles têm maior possibilidade de desmamar precocemente.

Infecções: já se comprovou que o uso da chupeta está relacionado à maior probabilidade de crianças sofrerem com febre, cólica, vômito e diarreia. O mais provável, segundo especialistas, é que a chupeta facilmente pode conter bactérias que causem esses sintomas. Por isso, manter ela sempre limpa e esterilizar com frequência é uma forma de evitar que fique suja.

Problemas bucais: quando a chupeta é usada por um tempo prolongado, bem como o hábito de chupar o dedo, existe o risco da criança ter problemas no desenvolvimento dos dentes, inclusive, se eles já estiverem aparecendo.

Otites: essas infecções de ouvido podem ser resultado do uso prolongado de chupeta, embora não se tenham estudos que comprovem isso, as estatísticas mostram que crianças que ainda a usam tem maiores chances de sofrer com migração de infecções para a trompa de Eustáquio (a passagem oca que liga o ouvido médio e a garganta), onde ocorre a otite.

Problemas de fala: a chupeta impede que os bebês emitem sons como "gugu-dadá" e "agu", os quais integram uma fase essencial no processo de aprender a falar. Em crianças maiores, entretanto, reprime a fala, inibindo o desenvolvimento da linguagem.

Embora ainda existam muitas controvérsias, é melhor que os pais limitem o uso da chupeta apenas para a hora que a criança for dormir e quando ela estiver se sentindo mal.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!