PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





TRATAMENTOS PARA CADA DISTÚRBIO ALIMENTAR

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

TRATAMENTOS PARA CADA DISTÚRBIO ALIMENTAR – Cada tipo de distúrbio alimentar possui o seu tratamento específico, embora todos eles exijam um trabalho multidisciplinar, com psicoterapia, educação nutricional, aconselhamento familiar, medicamentos e hospitalização. Confira quais são os tratamentos para cada distúrbio alimentar mais indicados:

TRATAMENTOS PARA CADA DISTÚRBIO ALIMENTAR

Anorexia: tratar distúrbios alimentares desse tipo exige hidratar o corpo novamente, a partir de uma dieta à base de líquidos e soros, que devem ser aumentados gradativamente. Em termos psicológicos, o paciente deve se readaptar a convivência com os outros durante as refeições e demais locais que tenha comida, pois é comum que quem sofra desse problema se isole.

No entanto, impor a ingestão de comida deve ocorrer apenas em situações muito graves, como as com perigo de morte. Entre os tratamentos para cada distúrbio alimentar, a psicoterapia é uma das terapias mais eficientes, sendo importante que a família do paciente integre a terapia de grupo para depois levar os aprendizados para o ambiente familiar e ajudar a pessoa que está em tratamento.

Entre os sintomas do distúrbio alimentar anorexia estão, em especial, a perda de peso, queda de cabelo, pele seca, fadiga e perda da densidade óssea. Os períodos menstruais também podem ser afetados, tornando-se irregulares ou mesmo parar por vários meses.

Bulimia: como tratar distúrbios alimentares dessa origem vai depender de quando o problema é diagnóstico, sendo que quanto antes, melhor. Assim como nos demais casos, oapoio de parentes e amigos é mais do que importante para o sucesso do tratamento, que deve ser integrado por profissionais de áreas distintas, como um clínico, um psiquiatra, um nutricionista, um terapeuta individual e um de grupo ou familiar.

Como sintomas do distúrbio alimentar estão atos como comer em excesso, sendo que a pessoa pode ingerir até 15 mil calorias em duas horas, e depois forçar o vômito ou tomar laxantes ou diuréticos. Isso tudo ocorre, normalmente, escondido.

Ingestão Compulsiva ou compulsão alimentar: o melhor tratamento também é o diagnóstico precoce, sendo necessário tratar o paciente de diferentes maneiras. Além de um clínico, ele deverá visitar nutricionista e terapeuta. É preciso apoio emocional constante, para que ele entende a sua doença e possa mudar a sua forma de pensar e de se comportar.

Entre os sintomas, está também o consumo de uma imensa quantidade de comida. Porém, o paciente não tenta se livrar do que comeu, o que resulta no aumento gradativo de peso. Alguns fazem exercícios físicos para compensar e, por isso, nem sempre é fácil de diagnosticar o problema.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!