PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





SINTOMAS E TRATAMENTOS DA LABIRINTITE

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

Os sintomas e tratamentos da labirintite são fáceis de identificar, bastando visitar um especialista no assunto. O mais comum é que acometa pessoas após os 40 anos, devido a mudanças metabólicas do organismo. Assim, a doença é descrita como um distúrbio do ouvido, que causa irritação e inchaço do ouvido.

Dessa forma, uma crise de labirintite normalmente compromete o equilíbrio e a audição do paciente. A doença ocorre no labirinto, uma estrutura interna do ouvido que possui a cóclea, que é responsável pela audição, e o vestíbulo, que trata do equilíbrio. Já as causas labirintite são muitas, entre elas, está otite média, infecção do trato urinário superior (como os rins e a pelve renal), alergias e colesteatoma (infecção crônica no ouvido que pode levar à perda auditiva).

SINTOMAS E TRATAMENTOS DA LABIRINTITE

Outra das causas labirintite é o uso de remédios que são perigosos para o ouvido interno, bem como processos tumorais, doenças neurológicas, compressões mecânicas e alterações genéticas. Há também quem pode passar pelos sintomas labirintite quando está com altos níveis de colesterol, triglicérides e ácido úrico. Outros fatores de risco são hipoglicemia, diabetes, hipertensão e hábitos como o fumo e o excesso de álcool e café. Estresse e ansiedade também podem desencadear os sintomas labirintite.

Sintomas da labirintite

Quando a pessoa está na fase aguda da doença, uma crise pode se prolongar por minutos ou até mesmo horas ou dias. Os mais comuns sintomas de uma crise de labirintite, que não necessariamente aparecem em todos os pacientes, são os seguintes:

– tonturas;
– vertigens;
– náuseas;
– vômitos;
– suor em excesso;
– alterações gastrintestinais;
– redução ou perda de audição;
– desequilíbrio;
– zumbidos.

Tratamento para a labirintite

É comum que os pacientes não apresentem mais os sintomas da doença depois de algumas semanas após as crises, quando tratadas as caudas. O tratamento, portanto, serve para amenizar os sintomas, entre os fármacos utilizados, estão os anti-histamínicos, os corticoides (para sintomas graves), remédios para controlar náusea e vômitos e outros para aliviar a tontura.

Conforme os sintomas de cada paciente, portanto, o médico vai receitar a melhor forma de tratar a labirintite, podendo até mesmo usar os fármacos sedativos. Já a fisioterapia pode melhorar quadros de desequilíbrio persistente e os vasodilatadores melhoram a circulação sanguínea.

Há também os anticonvulsivantes e antidepressivos, que são inibidores seletivos de recaptação da serotonina. Depois de encontrar a causa da doença e iniciar o tratamento, na maioria dos casos, as crises de labirintite sessam.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!