PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





SINTOMAS DO DERRAME CEREBRAL

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

SINTOMAS DO DERRAME CEREBRAL

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é também popularmente conhecido como derrame cerebral. Trata-se de uma doença neurológica que mais frequentemente acomete o sistema nervoso, afetando capacidades físicas e mentais. Como é um problema grave, você deve conhecer os sintomas do derrame cerebral.

O AVC pode ocorrer em decorrência de dois problemas no funcionamento do cérebro: quando o suprimento de sangue para uma parte do cérebro é interrompido subitamente, causando o AVC isquêmico; e quando um vaso sanguíneo no cérebro se rompe, dando origem a um hematoma ou coágulo que provoca sofrimento no tecido cerebral, o que caracteriza o AVC hemorrágico.

O mais decorrente é o AVC isquêmico, que representa certa de 85% dos casos de derrames. Entretanto, o AVC hemorrágico, embora menos comum, apresente reações mais letais, apresentando maior número de mortes decorrentes dele.

Entre os fatores que colocam uma pessoa em risco de sofrer um derrame cerebral, os principais são idade (acima de 60 anos), fator genético, hipertensão arterial, diabetes, tabagismo e sedentarismo.

Agora que você já sabe o que é o problema, saiba como identificá-lo, para tomar todas as precauções necessárias e salvar vidas. Todos os sintomas do AVC aparecem de forma súbita, sem antes o indivíduo ter passado mal ou apresentado alguma mudança de comportamento, pois são decorrentes do momento em que o derrame acontece no corpo.

Lista com os principais sintomas do derrame cerebral

– Perda súbita da força muscular;

– Formigamento de um lado do corpo;

– Dificuldade súbita para falar ou compreender;

– Dor de cabeça muito forte;

– Perda da visão de forma (na maioria das vezes um olho apenas) ;

– Perda do equilíbrio ou tontura.

O que fazer?

Nas primeiras evidências que levantam a suspeita de um derrame cerebral, é preciso procurar o atendimento médico imediatamente, principalmente a ajuda de um especialista, que vai listar o estado e a perspectiva do paciente a partir da avaliação de exames.

Após o atendimento inicial, inicia-se o tratamento pós-derrame, quando o médico poderá indicar fisioterapia para recuperação de movimentos do corpo e exames de rotina para avaliar melhoras. A avaliação e o acompanhamento neurológico feitos regularmente são fundamentais para a prevenção e proteção do paciente, para evitar que um outro AVC aconteça. Além disso, dependerá do paciente se prevenir ao controlar hipertensão, diabetes e suspender o tabagismo. É preciso manter uma vida saudável, com exercícios físicos regulares e alimentação regulada.

Por fim, será preciso também adicionar medicamentos à rotina do paciente, que deve seguir as regras e tomá-los sem corretamente. O uso de anticoagulantes começará a fazer parte da rotina depois de um derrame. Eles contribuem para a diminuição da incidência de acidentes vasculares cerebrais, e devem ser recomendados pelo médico especialista.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!