PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





QUANDO LEVAR OS FILHOS A UM PSICÓLOGO

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

QUANDO LEVAR OS FILHOS A UM PSICÓLOGO

Atualmente, a psicologia conta com tratamentos específicos voltados para as situações da infância e juventude. Entretanto, como saber quando levar os filhos a um psicólogo? Isso vai depender do comportamento das crianças, porque existem alguns sinais que dão indício da necessidade de um tratamento psicológico. Especialistas afirmam que sinais como problemas na fala, falta de concentração e problemas de interação social podem indicar que a criança sofre de Transtorno de Déficit de Atenção ou até mesmo autismo.

Mas existem também casos de crianças que estejam apresentando comportamento agressivo em sala de aula ou falta de atenção, mas sem apresentar qualquer distúrbio. Em alguns casos, é preciso apenas uma reorientação na forma como os pais estão conduzindo a educação desta criança. Para saber quando levar filhos a um psicólogo, você pode ficar de olho nos seguintes sinais:

Descubra quando levar os filhos a um psicólogo

– Problemas na comunicação e interação social

Crianças que apresentam problemas para se comunicarem verbalmente, para interagir com outras crianças, mas muita criatividade, podem estar apresentando sinais de autismo. Outros indícios de autismo são a preferência por comida pastosa e problema com o cheiro dos alimentos. O autismo apresenta também diferentes graus de comprometimento, existindo casos em que pode interagir com pessoas, mas em graus agressivos. Além disso, se a criança apresentar atraso na fala ou sempre repetir o mesmo assunto, pode também ser indício. No caso da interação, pode ser preocupante se na escola ou no parque seu filho não interagir muito com outras crianças, preferindo ficar  isolada e sozinha, realizando movimentos com olhar vago, sem olhar com atenção no rosto de quem fala com ele.

– Baixa tolerância com frustrações e agressividade

Se seu filho é uma criança agressiva, que faz pirraça por pequenas coisas, não respeita os limites do outro, não é sociável e não consegue lidar bem com frustrações isso pode ser um sinal de alerta. Entretanto, neste caso o problema não está com a criança, mas nos limites e regras que os pais estão estipulando dentro de casa. Isso ocorre porque os pais costuma deixar que as crianças tome o controle, se tornando mimadas, tristes por não saber lidar com frustrações, o que vai se refletir ainda na vida adulta. Neste caso, toda a família deve procurar a orientação de um psicólogo, para aprender a lidar com este problema. Pais que passam o dia fora trabalhando tender a compensar esta ausência com mimos e presentes desnecessários, tentando evitar birras e atendendo a todas as vontades da criança.

– Falta de concentração e inquietude

Se seu filho vem sendo motivo constante de reclamações da escola, por não parar quieto na sala de aula, ficar sempre conversando com os amigos, isso pode significar apenas que ele é uma criança ativa. Alguns profissionais da educação não estão preparados para lidar com este tipo de comportamento nas crianças e acabam diagnosticando erroneamente como hiperatividade ou déficit de atenção. É preciso tomar cuidado com estes diagnósticos precoces, evitando o uso de medicamento sem necessidade. Este comportamento pode ser resultado do ritmo atual, em que as crianças passam muito tempo focadas em computadores e celulares e ao chegar na sala de aula acham tudo chato e enfadonho.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!