PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





QUANDO FAZER CIRURGIA PLÁSTICA NO PARTO

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Engravidar ,Saúde

QUANDO FAZER CIRURGIA PLÁSTICA NO PARTO

Com os procedimentos estéticos cada vez mais comuns no Brasil, muitas mulheres pensam em aproveitar a cesariana, que também é uma cirurgia, para realizar a sua plástica. No entanto, o assunto é sério e requer algumas observações ao se questionar sobre quando fazer cirurgia plástica no parto.

Muitos especialistas são enfáticos em afirmar que a associação de cirurgia plástica abdominal e ginecológica, como a cesariana, nem sempre é uma boa ideia. Um dos motivos é que o risco de trombose e infecção é bem maior. Vale lembrar que a trombose ocorre quando se forma um coágulo, devido à falta de circulação.

Essa formação pode acometer a paciente durante ou depois a cirurgia, nas veias das pernas, mais normalmente. Pior do que isso é que se o coágulo for para o pulmão, o quadro passa a se chamar embolia, uma complicação potencialmente fatal. Além disso, caso a mulher faça a abdominoplastia, que serve para retirar o excesso de pele e gordura do abdome e reposicionar os músculos da parede abdominal, ela terá que ficar de repouso.

Nesse período, não deve carregar peso e nem fazer esforços, o que inviabilizaria o cuidado que a mãe deve ter com o filho recém-nascido. E mais: após esse procedimento estético cirúrgico, a mulher deve ficar levemente curvada, o que tornaria a amamentação bastante difícil e desconfortável.

Mais informações sobre cirurgia plástica no parto

Para os médicos também é mais complicado associar a cirurgia plástica abdominal e a ginecológica, uma vez que devido à musculatura do abdômen depois do parto estar fragilizada e mais flácida fica difícil avaliar o grau da plicatura, a costura, do músculo a ser realizada.

A isso se soma o fato de que a mulher depois do parto está ainda inchada e nem todo o seu volume se refere à pele flácida. Para a cirurgia no abdômen, a paciente deve ainda estar no seu peso ideal e a mulher que recém passou pelo parto costuma estar acima do seu peso.

Além dos riscos que envolvem fazer as duas cirurgias juntas e do fato do resultado final não ser o melhor se comparado ao procedimento realizado em outro momento, os especialistas lembram ainda que a mulher pode voltar ao seu peso normal depois da gestação. Isso é possível ainda mais se ela teve os cuidados necessários ao longo da gravidez, de não engordar mais do que o necessário.

Caso mesmo depois do parto a mulher queira ainda fazer a cirurgia plástica, o mais adequado é que espere terminar o período de amamentação. O mais seguro é que o procedimento seja realizado pelo menos 12 meses após o parto. Se o que preocupa a paciente é o preço, os especialistas lembram que o custo não mudaria muito, já que em geral os convênios não cobrem a cirurgia plástica.




Assine e Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail


Recomendamos para você

Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2016 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!