PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





POR QUE NÃO SE DEVE FUMAR NA GRAVIDEZ

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Bebê ,Engravidar

POR QUE NÃO SE DEVE FUMAR NA GRAVIDEZ

A presença do tabaco no organismo é naturalmente um potencializador para o desenvolvimento de doenças graves como câncer, problemas cardíacos e respiratórios. Por isso, expor as substâncias do cigarro a um bebê ou fumar durante a gestação é colocar a saúde do feto sob um extremo perigo. A seguir você irá conferir por que não se deve fumar na gravidez para oferecer uma vida melhor e com mais qualidade ao seu filho.

Quando uma mulher fuma durante a gravidez, ela não estará apenas aumentando a chances dela mesma desenvolver uma doença, como também desenvolver problemas de saúde no bebê, que ainda está se desenvolvendo no útero, com contato permanente com a mãe, assim como com tudo o que ela tem contato. A nicotina, principal substância tóxica presente nos cigarros, diminui o diâmetro dos vasos sanguíneos, de forma que a troca de nutrientes e oxigênios entre a mãe e o bebê é menos que em outras condições, daí o porque não se deve fumar na gravidez.

Saiba por que não se deve fumar na gravidez

O principal motivo do porque não se deve fumar na gravidez é um aumento na chance de a gestante sofrer um aborto espontâneo e perder o bebê durante os primeiros meses da gestação. Outro risco é de que a placenta, parte do corpo responsável pela troca de oxigênio com o bebê, acabe se separando do útero mais cedo que o previsto, causando um sangramento, colocando a mãe e o bebê em risco. Fumar durante a gravidez também pode resultar em um parto prematuro ou de bebê subnutrido, exigindo cuidados especiais para recuperação ou até mesmo a morte do recém-nascido. Além disso, mulheres que fumam durante a gravidez aumentam as chances de o bebê ter deficiências e nascença e outros problemas no sistema cardiorrespiratório.

Melhor opção para a gestante que é fumante

A melhor opção da mulher que é fumante é deixar de fumar antes mesmo de engravidar. Com isso, ela tem mais tempo para realizar os tratamentos necessários para ajudar neste processo, podendo contribuir, por exemplo, com menos estresse como ocorre quando o dependente deixa de fumar radicalmente. Importante lembrar ainda que no caso da gravidez planejada, deixar de fumar antes de ter a gestação confirmada é o melhor, já que qualquer substância química ingerida pelo corpo demora em média três meses para serem eliminados completamente do organismo.

Benefícios de deixar o cigarro: Vários motivos explicam porque não se deve fumar na gravidez, mas deixar o cigarro de lado implica em benefícios não só para o bebê, mas também para a gestante. Qualquer dependência química exige muita força de vontade e disposição para que o dependente consiga deixar o vício, mas nesse caso é preciso ter como foco o fato de que não somente a mãe é colocada em risco, como também a saúde do bebê.

O feto passa a receber oxigênio em maiores proporções, já no primeiro momento em que a mãe deixar de fumar. Além disso, diminuem consideravelmente as chances de o bebê nascer antes do tempo. A gestante também terá mais disposição e energia, contando com uma respiração mais eficaz durante a gravidez.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!