PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





PÃO DE AÇÚCAR E CARREFOUR – NOVO PÃO DE AÇÚCAR – NPA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Mercado, Negócios e Empresas

PÃO DE AÇÚCAR E CARREFOUR - NOVO PÃO DE AÇÚCAR - NPA

PÃO DE AÇÚCAR E CARREFOUR – Atualmente acompanhamos com frequência a união de grandes empresas para criarem uma nova marca. A formação de monopólios é bastante comum na indústria alimentícia, automobilística, no varejo, entre bancos e outras áreas. Nos últimos anos, diversas grandes companhias se uniram e este ano é a vez da rede de supermercados Carrefour seguir o mesmo caminho ao se unir ao Grupo do Pão de Açúcar, o que fundaria uma nova marca no Brasil, o chamado Novo Pão de Açúcar (NPA).

NOVO PÃO DE AÇÚCAR – NPA – CARREFOUR E PÃO DE AÇÚCAR

Juntas elas representarão 27% do varejo do país. Esta fusão causa bastante polêmica no cenário econômico do Brasil, afinal, para que isso ocorra, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) teria que fornecer 4,55 bilhões de reais. O que lhe daria também direito a uma fatia da nova rede de supermercados, uma atividade considerada antiética por muitos economistas pelo fato de esta ser uma instituição estatal.

De acordo com Abilio Diniz, presidente do conselho administrativo do Grupo Pão de Açúcar, a junção das duas redes de hipermercados permitiria, aos clientes e consumidores, preços mais competitivos no mercado e serviços de melhor qualidade. Além de que, segundo ele, iria se criar novas oportunidades de emprego no país.

Essa afirmação não é aceita pelos economistas. Para eles, com a junção das marcas alguns estabelecimentos necessitariam ser fechados pela proximidade geográfica, causando demissões em massa. Outra razão para a descrença dos estudiosos é de que os preços não reduziriam justamente por haver menos concorrentes no mercado.

O projeto ainda não foi aprovado, acredita-se, portanto, que ainda há chances de voltar atrás. Mas tudo dependerá das negociações realizadas junto aos representantes do BNDES. Alguns senadores, como Randolfe Rodrigues do PSOL-PA, já manifestaram sua opinião afirmando que essa operação de empréstimo de recursos públicos só tornaria mais rico um seleto grupo de representantes do capital nacional, o que vai de encontro com as propostas e a essência do BNDES.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!