PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





O QUE FAZER NO CENTRO HISTÓRICO DE CURITIBA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Viagens

O QUE FAZER NO CENTRO HISTÓRICO DE CURITIBA

Curitiba recebe turistas durante todo o ano, que querem conhecer a capital do Paraná, considerada um dos melhores lugares para se viver no Brasil. Além de seu desenvolvimento constante, a cidade tem um passado rico em histórias e culturas que orgulham seus habitantes. Essa riqueza cultural pode ser conferida por quem deseja saber o que fazer no centro histórico de Curitiba.

Veja o que fazer no centro histórico de Curitiba

1. Centro cívico

Para entender a história da melhor forma, é recomendável começar o passeio pela área cívica, onde fica o Palácio das Araucárias, em que se pode apreciar o prédio com arquitetura modernista e aproveitar também os encantos da Praça Nossa Senhora de Salete, que fica bem em frente, com seu gramado verde e árvores centenárias.

A um quarteirão está a Praça do Palácio Iguaçu, a sede do governo do Paraná. Você pode visitar também o Palácio 29 de março e a Assembléia Legislativa, ambos com visual admirável e paisagismo interessante.

Fugindo das construções governamentais, o Centro Cívico ainda tem o Museu Oscar Niemeyer, que possui espaço para diversas exposições, as praças 19 de Novembro e a Praça do Homem Nu, que conta com um mural de azulejos que ilustra a história do Estado.

2. Centro histórico

Saindo da área cívica, o tour pelo centro histórico pode começar pelo Passeio Público, um dos parques mais antigos da capital, que já foi Jardim Botânico e um zoológico, e ainda é possível ver algumas espécies de animais passeando por lá. Entre as atividades, tem a exploração da gruta, passeio pela ponte pênsil, lagos e ilhotas, e visita a feirinha de produtos orgânicos aos fins de semana, no tradicional Largo da Ordem. É um bom espaço para andar de bicicleta também.

Por sua vez, a Catedral Metropolitana de Curitiba impressiona pelo estilo neogótico da construção, o mesmo usado na Catedral da Sé de Barcelona. O interior da igreja também é uma bela atração por conta das pinturas.

Ao sair da Catedral, você verá a Praça Tiradentes, local onde Curitiba se originou. Há um piso transparente que protege e mostra ao turista a antiga calçada, a fim de conservar o passado histórico do local. No mesmo espaço, o Marco Zero da cidade conta mais um pouco de história.

A próxima parada é o Largo da Ordem, com ruas de pedras e casarios do século 18 e 19, como a Igreja da Ordem, a mais antiga de Curitiba, que apresenta uma arquitetura simples, mas com valor histórico alto. No seu interior, é possível encontrar o Museu da Arte Sacra.

Você também não pode deixar de visitar a Casa Vermelha (atualmente um espaço cultural) e a Casa Romário Martins (um centro de informações turísticas), que são dois representantes de uma época de ouro do bairro: o século 18.

3. Centro

A Rua XV de Novembro, que fica nessa parte da cidade, recebe também o nome carinhoso de Rua das Flores. E não pra menos, pois toda a extensão da rua é enfeitada por canteiros floridos, além de construções históricas e de estrutura clássica. É muito comum ver artistas de rua se apresentando nessa região, bem como peças teatrais e manifestações na rua.

Ainda na XV de Novembro, pare para tomar um cafézinho e conhecer lojas, ver o Palácio Avenida (onde acontecem os corais de Natal), e o prédio Histórico da Universidade Federal do Paraná.

Outra rua muito conhecida na cidade é a Rua 24 Horas, que, como o nome já diz, não para. É a primeira do Brasil com esse conceito e recebe grupos de pessoas para curtir os bares ao ar livre todas as noites.

Agora é só se programar para conhecer bem o centro histórico de Curitiba.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!