PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





O QUE FAZER AO TER DOR ABDOMINAL NA GRAVIDEZ

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Engravidar ,Saúde

O QUE FAZER AO TER DOR ABDOMINAL NA GRAVIDEZ

O que fazer ao ter dor abdominal na gravidez? O melhor ao sentir dores abdominais é buscar ajuda médica, pois o desconforto pode ser o sinal de apenas algumas situações, como gases, ou mesmo sinalizar problemas mais graves. Uma dor abdominal na gravidez, quando não é motivo de preocupação, também pode estar associada ao crescimento do útero ou prisão de ventre. Nesses casos, mudanças dos hábitos alimentares podem ser suficientes para fazer com que o desconforto cesse. Praticar exercícios físicos e alguns chás também ajudam.

Por outro lado, as dores abdominais em uma mulher grávida podem ser o sintoma de descolamento da placenta, pré-eclâmpsia, gravidez ectópica e até mesmo aborto. No entanto, além da dor no abdômen, a gestante apresenta ouros sintomas, como  inchaço, corrimento vaginal, sangramento vaginal e distúrbios visuais. Em qualquer um desses casos, a grávida deve ser imediatamente levada ao hospital para uma avaliação e ter o tratamento adequado.

Veja o que fazer ao ter dor abdominal na gravidez e conheça as causas do problema

Quando as dores forem sinal de prisão de ventre, outros sintomas que também aparecem são cólicas, inchaço e abdômen rígido. Nesse caso, é preciso consumir alimentos que sejam fonte de fibras, como cereais integrais, verduras, gérmen de trigo, frutas e beber pelo menos 2 litros de água por dia.

Recomenda-se, ainda, a atividade física leve, como caminhadas de 30 minutos, três vezes por semana. Quando os gases causam o problema, além de dor abdominal, a gestante terá flatulência, cólicas e prisão de ventre. O melhor é riscar do cardápio os alimentos que causam os gases, entre eles: grão-de-bico, feijão, brócolis, alho, ovo, repolho, mostarda, queijo, cebola, pepino, mariscos e refrigerantes.

Também é preciso tomar bastante água e chá de funcho ou folhas de abacateiro, que podem eliminar os gases. Quando a dor acomete o abdômen, também pode ser a dor no ligamento redondo, ou seja, na parte inferior do abdômen. Esse desconforto pode seguir até a virilha e durar somente alguns segundos.

Esse quadro é uma consequência do esticamento do ligamento redondo, devido ao crescimento do útero. Para passar a dor, a gestante deve sentar-se e tentar relaxar. Mudar de posição pode reduzir a pressão no ligamento redondo. Dobrar os joelhos sob o abdômen ou deitar de lado com um travesseiro sob a barriga e outro entre as pernas são outras dicas.

Quando a dor abdominal for o resultado das contrações de Braxton-Hicks, que ocorrem na parte inferior do abdômen, como se fosse uma cólica menstrual, e a barriga fica dura, também é preciso relaxar. Repousar e mudar de posição, se não passar a dor, também é indicado.

Para terminar, apendicite é outra hipótese da dor abdominal na gravidez. A apendicite costuma ser intensa na parte inferior direita do abdômen e vem acompanhada de enjoos, vômitos e febre. Ao sentir os sintomas, é melhor ir ao hospital, o quanto antes.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!