PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





O QUE EMPRESAS DEVEM FAZER PARA TER CRÉDITO EM BANCOS

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Mercado, Negócios e Empresas

O QUE EMPRESAS DEVEM FAZER PARA TER CRÉDITO EM BANCOS

Os empreendedores lutam para que o momento de conseguir crédito em bancos não se torne necessário na vida de suas empresas, mas é possível que, um dia, a maioria precise pedir créditos em bancos para manter o negócio funcionando e reequilibrar quaisquer problemas adquiridos. Mas o que empresas devem fazer para ter crédito em bancos?

Ao constatar que esse recurso é indispensável, a próxima preocupação será a abordagem para conseguir aprovação do valor necessário com o banco. Para tanto, é preciso de abordagem e planejamento, para convencer e ganhar a confiança do seu gerente.

Veja o que empresas devem fazer para ter crédito em bancos

1. Defina uma estratégia para crescimento

Para convencer o banco a fazer esse empréstimo, você deve especificar o uso do dinheiro, mostrando um plano que soluciona o seu problema e ajuda a empresa a crescer, e que seja sólido e com poucas probabilidades de falha, de modo que o gerente acredite que o investimento poderá vingar e não será desperdiçado.

O plano de crescimento precisa mostrar os conceitos que conduzirão as operações da empresa, a partir do investimento necessário. E ele deve ser mostrado aos bancários em uma reunião de apresentação impecável, com todas as informações apresentadas de forma consistente.

2. Abordagem e contato com agentes

Faça um mapeamento dos bancos que têm objetivos e propostas condizentes com o plano que você criou para sua empresa, além das condições de empréstimo, taxas e prazos, e escolha o ideal para o seu negócio. De preferência, mantenha mais de uma opção em negociação, mas comece a correr atrás dos contatos, para mostrar os seus planos.

3. Negociar as condições

O momento de negociação das condições pode ser crítico, pela ansiedade de salvar a sua empresa. Por isso, a fase de negociações exige do empresário muita concentração e racionalidade para fechar qualquer negócio, e não ficar cego diante da necessidade, de modo que evite negociações com juros muitos altos ou prazos muito curtos.

Para ajudar nas suas escolhas durante a negociação de condições, conte com o auxílio de um assessor que entenda do assunto, e que, de preferência, não esteja ligado diretamente à sua empresa, para dar uma opinião externa mais eficaz.

4. Acompanhamento e feedback

Depois que você fechar negócio, vai ser hora de iniciar o período de mudanças na sua empresa. Além de empenho para cumprir todas as suas metas, não deixe de atualizar sempre o banco colaborador, de forma transparente, sobre os progressos e, principalmente, as falhas no processo. Essa atitude ajuda a manter a saúde financeira da sua empresa, além de manter a confiança dos agentes para outras situações em que você possa precisar deles no futuro.

5. Não cometa o mesmo erro

Os contatos deverão ser mantidos, mas você deverá, preferencialmente, aproveitar a oportunidade para reestruturar o seu negócio e não deixar que o problema se repita e que você precise de crédito novamente. Faça, a cada seis meses, uma avaliação do trabalho na sua empresa e dos lucros conquistados, traçando novas metas quem visem somente o crescimento.

Assim, será mais fácil conseguir crédito em bancos.






PontoXP © 2006-2018 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!