PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





O QUE É A SÍNDROME DO PÂNICO

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

O QUE É A SÍNDROME DO PÂNICO – A síndrome do pânico não é nenhuma novidade, porém, ela se tornou popular nos últimos anos porque começou a ser melhor identificada. Porém, ainda hoje ela pode ser confundida com problemas cardíacos ou mesmo “frescura” do paciente. No entanto, o que é a síndrome do pânico trata-se de um distúrbio real, para o qual existem tratamentos eficientes.

O QUE É A SÍNDROME DO PÂNICO

O que é a síndrome do pânico é descrita como um tipo de transtorno de ansiedade (existem vários outros) que se manifesta através de ataques de medo intenso, de forma repetida e inesperada. O medo, entretanto, não tem uma causa visível aos olhos dos demais, por isso, nem sempre é fácil de identificar o problema.

Causas síndrome do pânico

Embora não existam estudos conclusivos, algumas pesquisas apontam que os ataques de pânico ocorrem quando ocorrem falhas nos neurotransmissores, os quais emitem a informação de medo sem que haja um fator real para o sentimento. Além disso, entre as causas síndrome do pânico podem estar fatores genéticos.

Os dados também apontam que a síndrome do pânico é duas vezes mais comum em mulheres do que em homens, se manifestando principalmente entre os 25 e 30 anos. Isso não quer dizer que crianças e idosos não possam sofrer do distúrbio. As mulheres diagnosticadas com a síndrome do pânico, normalmente, também são pessoas com muitas responsabilidades, tanto pessoais, como profissionais.

O alto estresse decorrente do dia-a-dia e uma possível dificuldade em lidar com os problemas que surgem e mesmo quando se é muito exigente e crítico consigo mesmo pode desencadear os sintomas do problema. Estresse e uma vida sedentária e com má alimentação também são desencadeadores em potencial.

Sintomas do distúrbio do pânico

– Dor no peito
– Batimento cardíaco acelerado
– Náuseas
– Tontura
– Calafrios
– Tremores
– Suor excessivo
– Formigamento no corpo
– Sensação de falta de ar
– Sensação de estar fora da realidade
– Medo de morrer
– Medo de perder o controle

Como tratar a síndrome do pânico

A síndrome se caracteriza principalmente por ataques de pânico que simplesmente acometem a pessoa, mesmo que não exista motivo para isso. Dessa forma, o organismo reage com os sintomas descritos. Nem todos os pacientes passam pelos mesmos sinais e apenas um especialista pode identificar o distúrbio.

Conforme a intensidade do problema o especialista vai receitar fármacos necessários, como antidepressivos e mesmo anticonvulsivos, em casos graves. Os antidepressivos devem ser usados por um curto espaço de tempo, apenas para que os ataques sejam menos frequentes e se possa iniciar a terapia cognitivo-comportamental. Essa vai buscar as origens da síndrome e trabalhá-las para que o paciente não tenha mais crises.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!