PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





MITOS SOBRE HORMÔNIOS PARA ENGRAVIDAR

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Engravidar

MITOS SOBRE HORMÔNIOS PARA ENGRAVIDAR

Na hora de buscar as formas mais eficientes de se tornar mãe, acabam surgindo algumas informações desencontradas, como os mitos sobre hormônios para engravidar. Por isso, se você está pensando nesse método para finalmente ter um filho, é preciso esclarecer algumas informações.

Já que os hormônios fazem parte do organismo, trabalhando em uma série de funções, quando a sua quantidade é menor do que o normal, a atividade que ele desempenha fica prejudicada. O mesmo acontece com os chamados hormônios para engravidar; nesse caso, um deles é a progesterona, que tem a sua importância nas funções reprodutivas.

Esse hormônio é produzido desde a puberdade pelo corpo da mulher, sendo que na gestação ele aparece quando começa a ser produzido pelo folículo (onde o óvulo, originado na ovulação, se mantém até que seja liberado). Por isso, a progesterona está ligada à fertilidade feminina, assim, mulheres com baixos níveis do hormônio costumam ter infertilidade em graus diferentes.

Quando elas conseguem engravidar, correm maiores chances de sofrer um aborto espontâneo. Logo, em alguns casos, os médicos receitarem um tratamento a base de suplementação de progesterona, no início da gestação.

Maiores mitos sobre hormônios para engravidar

É mito, portanto, acreditar que mulheres com problemas de fertilidade não podem engravidar, visto que existem muitos tratamentos para tornar o sonho de ser mãe uma realidade. Porém, é mito achar que, para isso ocorrer, apenas existem métodos como a inseminação artificial ou a fertilização em vitro.

É possível iniciar uma gestação com hormônios, os quais podem ser também usados antes de a mulher engravidar. Mas não são apenas os tratamentos com progesterona que funcionam, uma vez que há um método para engravidar, o chamado estimulação da ovulação, que funciona com a aplicação de injeções com o hormônio folículo estimulante (FSH). Assim, fica mais fácil saber quando é o dia da ovulação e qual a relação sexual vai dar início à gestação.

O FSH também é considerado um hormônio para engravidar porque ele deixa o óvulo pronto para receber o espermatozoide, mas existem mulheres que o possuem em níveis abaixo do normal, a ponto de inviabilizar uma gravidez. Porém, para usar qualquer um dos hormônios para engravidar, é preciso que seja receitado por um médico especialista.

A aplicação também deve ser feita por um profissional experiente, já que em seguida é realizado um exame de ultrassom para ajustar a dosagem certa do medicamento. Assim, poderá ser informado aos progenitores o dia exato em que a ovulação vai ocorrer.

Por fim, existe o estrógeno, um hormônio que deve estar presente, na medida certa, no organismo feminino. Mulheres que fumam podem reduzir, inclusive, a quantidade desse hormônio, o que vai afetar o amadurecimento dos folículos, que se tornam óvulos quando inicia a gestação.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!