PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





MITOS SOBRE ESFORÇO FÍSICO DEPOIS DO PARTO

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Engravidar ,Saúde

MITOS SOBRE ESFORÇO FÍSICO DEPOIS DO PARTO

Existem mitos sobre esforço físico depois do parto que foram perpetuados como verdade, já que houve um tempo que a gravidez era tratada como doença, em que a mulher deveria ficar totalmente em repouso. Claro que existem casos em que a mulher deve tomar cuidados extras, inclusive, quando teve uma gravidez complicada.

Caso a gestação tenha ocorrido dentro do previsto, os cuidados, embora existam, não devem beirar o exagero. A relação do pós-parto com doença é tão evidente que se chama esse período de resguardo ou quarentena.

Porém, o nome mais adequado é puerpério, que costuma durar até a sexta ou oitava semana depois do nascimento do bebê. Nesses dois meses, os órgãos da mulher vão voltar ao lugar, o útero vai diminuir e as pequenas cicatrizes onde estava a placenta vão cicatrizar.

Sem o descanso necessário nesse período, a mulher corre o risco de ter infecções, sendo que um dos primeiros sinais será febre e, nesse caso, é preciso buscar ajuda médica. Por isso, não é mito o fato da mulher ter que moderar com as atividades. Outro motivo que fará a mulher visitar um especialista é se o sangramento, normal nesse período, não parar até o 40º dia.

Mitos sobre esforço físico depois do parto

Mesmo com todos os cuidados, inclusive, de tomar os remédios prescritos pelo médico em caso de episiotomia e de seguir os banhos de assento indicados pelo profissional, é mito dizer que a mulher deve ficar deitada todo o tempo. Quinze dias depois do parto a musculatura do abdômen está quase toda de volta ao lugar, por isso, levantar e sentar é importante para estimular a musculatura.

Na sequência, as atividades do dia a dia podem ser retomadas aos poucos, mas é fundamental que a mulher descanse bastante. Outro dos mitos sobre esforço físico depois do parto é dizer que ela não pode tomar banho de corpo inteiro e nem lavar os cabelos. Muito pelo contrário, a higiene nesse momento é mais do que essencial.

Também é preciso continuar com os cuidados com o que é ingerido, uma vez que o bebê ainda vai receber o que a mãe consome através do leite materno. Assim, as mulheres que ainda estiverem com prisão de ventre e mesmo com os bicos dos seios rachados devem apenas usar os remédios que o médico prescrever.

Quanto ao esforço físico, ele não deve ser feito nos primeiros 30 dias após o parto, é mito dizer que o período sem carregar peso é maior. Além disso, caso tenham-se dúvidas sobre o que pode ou não fazer, quem poderá responder melhor as perguntas é o obstetra ou o médico ginecologista que acompanhou a gestação.




Assine e Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail


Recomendamos para você

Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2016 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!