PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





MINHA FILHA NÃO É MAIS VIRGEM

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Dicas

MINHA FILHA NÃO É MAIS VIRGEM – Se você recentemente passou por essa situação, acalma-se, isso não é o fim do mundo. Por mais que nos dias de hoje as mães ainda tenham dificuldade em saber como lidar com a sexuos alidade de suas filhas, a questão é que mais cedo ou mais tarde isso vai acontecer. O melhor é manter uma postura amiga e de respeito para que ela se abra com você.

Se você não quer que a sua filha faça sexo escondido ou que tenha medo de lhe contar, é importante que desde cedo você não crie tabus para que ela se sinta a vontade em falar com você sobre o tema quando precisar. Você não precisa esperar ela entrar na adolescência para ter uma conversa mãe e filha sobre sexo. É possível que ainda pequena ela venha com aquela pergunta “da onde vêem os nenês?”e conforme a sua idade você já deverá dar as primeiras explicações.

MINHA FILHA NÃO É MAIS VIRGEM

Como dar conselhos para filha sobre sexo

Não existe uma idade para perder a virgindade, no entanto, cada vez mais cedo as adolescentes estão tendo a primeira transa, o que pode ocorrer por volta dos 15 e 16 anos. Por isso, antes mesmo disso, você já pode dar os primeiros conselhos para filha sobre sexo, mas sempre de forma descontraída, para que ela não se sinta pressionada.

Uma dica de conversa mãe e filha que você pode ter quando perceber que ela está começando a se interessar pelos garotos, já está de namorado ou saindo para as festas é perguntar se ela sabe quais são os métodos contraceptivos. Como perder a virgindade é inevitável, o melhor é que isso ela tenha bem claro em mente.

Além disso, se a sua filha contar que uma amiga perdeu a virgindade, não critique a menina, pois isso fará com que ela tenha medo de falar sobre o assunto. O melhor é abordar a importância de estar preparada e transar apenas quando tiver vontade e não por causa dos outros. Se você está pensando minha filha não é mais virgem e sente-se culpada, saiba que o sexo não deve ser encarado como culpa.

O sexo deve ser encarado como algo normal que acontece entre duas pessoas. Atualmente, melhor do que reprimir (o que não adianta nada) é orientar os adolescentes para que eles saibam usar os métodos contraceptivos de forma adequada. E mais: a primeira transa deve ser apenas fruto do seu próprio desejo e não deve ser feito para se comparar aos demais ou agradar ao parceiro.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!