PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





MERCADO DE TRABALHO DA ÁREA DE AGRONOMIA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Empregos

MERCADO DE TRABALHO DA ÁREA DE AGRONOMIA

O mercado de trabalho da área de agronomia é bastante amplo, sendo que a pessoa que se forma como agrônoma pode atuar em uma série de atividades. Entre elas está operar junto à administração de propriedades rurais, na classificação e padronização de produtos agrícolas, na indústria de insumos agrícolas e alimentos ou na defesa sanitária.

O agrônomo pode ainda atuar como servidor público, no desenvolvimento rural em órgãos municipais ou estaduais, nas empresas de agronegócio ou gestão ambiental, em atividade de manejo de solo, ou mesmo no controle de pragas em zonas rurais e urbanas. Promoção de rastreabilidade, fibras e biocombustíveis, certificação de alimentos, melhoramento animal e vegetal são outros ramos de atuação.

Fitotecnia (método para cultivar e reproduzir vegetais), trabalho em laboratórios para estudos de tecnologia e ciência, bem como prestar consultoria são as demais funções que o engenheiro agrônomo pode desenvolver no mercado de trabalho. Além de ter o curso superior em Agronomia, é preciso ter registro no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea) para exercer a profissão, que é regulamentada pela Lei nº 5.194, de 24 de dezembro de 1966.

Mais informações sobre o mercado de trabalho da área de agronomia

O agrônomo inicialmente recebe salário de aproximadamente R$ 4 mil, sendo que o ganho intermediário pode evoluir para R$ 8 mil, e quando estiver no auge da sua carreira, é possível receber R$ 12 mil, o que pode ser atingido quando o profissional tiver cerca de 20 anos de profissão. No início da carreira, o mais comum é que o agrônomo integre equipes de trabalho com colegas mais experientes na área, a fim de adquirir a experiência necessária.

Entre as atividades realizadas por essa equipe, as mais comuns são em campo, preparando o solo, semeando ou mesmo realizando análises biológicas e químicas. Portanto, é mais fácil que os recém-formados em agronomia comecem executando atividades mais operacionais. Com o passar do tempo, se mostrar capacidade e competência, eles podem assumir cargos administrativos e chegar à gerência e à direção de empresas. Por isso, como em qualquer profissão, é importante que o agrônomo busque aperfeiçoamento constante, o que pode ser feito por meio da prática e também através de pós-graduações, cursos de especialização e estar constantemente informado sobre as novidades da sua área.

Vale lembrar ainda que o período de estágio é muito importante para o estudante que está prestes a se formar em agronomia. Além de obrigatório, o estágio é o momento para aprender, na prática, a trabalhar em diferentes áreas dentro da profissão ou mesmo já começar a se especializar em uma delas. As opções são variadas, com o estagiário podendo atuar tanto nas práticas no campo, tanto em laboratório quanto em escritórios, junto ao setor administrativo.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!