PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





FORMAS DE TRATAMENTO DAS DSTs MAIS FREQUENTES

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

Existem muitas DSTs (doenças sexualmente transmissíveis), sendo que algumas são mais comuns de afetar homens e mulheres no Brasil. Saiba quais são as formas de tratamento das DSTs mais frequentes e demais informações relevantes:

DSTs mais comuns e seus tratamentos – Doenças Sexualmente Transmissíveis

– Gonorreia: é a mais comum entre as DSTs. Atinge homens e mulheres, sendo que no sexo feminino pode perturbar, principalmente, o colo do útero. Além do contágio ocorrer durante o ato sexual sem preservativo, essa doenças pode ser passada aos filhos durante o parto.

FORMAS DE TRATAMENTO DAS DSTs MAIS FREQUENTES

Assim como as formas de tratamento das DSTs mais frequentes ocorrem à base de remédio, o mesmo acontece com portadores dessa doença. Para tanto, é preciso consultar um especialista, sendo mais comum injeções e comprimidos para tratar a DST. Além disso, se a infecção ficar grave e chegar ao sangue, o paciente pode precisar de internamento hospitalar.

– Herpes genital: pode aparecer de tempos em tempos, devido a fatores que desencadeiem o problema em homens e mulheres, como estresse, cansaço, esforço exagerado, entre outros. Em geral, as pessoas que se infectam com o vírus permanecem com ele para sempre, sabendo como tratar DST, entretanto, é possível ter uma vida normal.

Como as demais DSTs a forma de prevenção é sempre usar camisinha nas relações sexuais. Quando infectado pela herpes genital, o indivíduo deve aumentar os seus cuidados com a higiene, pois a doença é altamente transmissível. Assim, tratamento para DST consiste em lavar bem as mãos, evitar contato direto com outras pessoas e não furar as bolhas características da doença.

Quanto à medicação, são receitados antivirais, por via oral e tópica (na pele), para reduzir os sintomas, prevenir complicações e diminuir as chances de transmissão. No entanto, não existe tratamento para eliminar o vírus por completo.

– Sífilis: é causada pela bactéria Treponema pallidum e se manifesta em três estágios, nos dois primeiros os sintomas são mais fortes e a transmissão mais perigosa. Depois, a doença fica estacionada, podendo se manifestar ou não novamente. Se ela voltar pode levar a sérias complicações, inclusive, cegueira e doença cerebral.

Além do sexo sem preservativo, transfusão de sangue contaminado e gestação e o parto são formas de contágio. Já como tratar DST consiste no uso da penicilina, o antibiótico mais antigo. No entanto, o tratamento para DST possui um problema, como os seus sintomas podem ser confundidos com outras doenças, pode não ser eficiente desde o começo. Se não tratada, pode levar a complicações de outros órgãos e até a morte.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!