DIETA SEM GLÚTEN – CARDÁPIO, COMO FAZER, COMO FUNCIONA, QUEM PODE FAZER

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

DIETA SEM GLÚTEN – A moda sempre pega, até mesmo quando diz respeito aos hábitos alimentares. Desde que as celebridades façam, todo mundo quer fazer também, e aí se encontra o problema, pois cada pessoa possui um organismo diferente e quando escolhe uma dieta restritiva, o melhor que deve fazer é procurar uma nutricionista. Em meio a tantas polêmicas, uma delas diz respeito à Dieta Sem Glúten.

Não é de hoje que se descobriu que cerca de 1% da população sofre de intolerância ao glúten. Por isso, devem extinguir do seu cardápio essa proteína vegetal, essas são as pessoas que tem a doença chamada celíaca, que sofrem com diarreia, flatulência e fadiga ao ingerirem o glúten. Quem tem alergia ao glúten pode ter problemas de dermatite, dor articular e osteoporose. No entanto, nem todos os nutricionistas concordam que as pessoas sem a intolerância ao glúten devem eliminá-lo do seu dia-a-dia.

grey DIETA SEM GLÚTEN   CARDÁPIO, COMO FAZER, COMO FUNCIONA, QUEM PODE FAZER

Já os defensores da Dieta Sem Glúten afirmam que, entre outros benefícios, a ausência de glúten promove o emagrecimento e isso, para muitas pessoas, é motivo suficiente para eliminar a proteína de uma vez por todas do seu cardápio. Para tanto, elas substitui a farinha de trigo e seus derivados, como pão e macarrão, além da aveia, centeio, cevada e malte pelo arroz, milho, incluindo canjica, trigo sarraceno, quinoa e amaranto.

No entanto, perante a esta polêmica, o Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região de São Paulo divulgou um parecer oficial sobre o tema. Nele, os profissionais afirmam que o glúten deve ser tirado de uma dieta apenas se houver diagnóstico de doença celíaca, alergia ou sensibilidade ao nutriente. Além disso, de acordo com os princípios da reeducação alimentar, tudo em exagero não é positivo, e com o glúten não é diferente.

Assim, o aconselhável é não exagerar nos produtos que possuem glúten, mas não necessariamente aderir à Dieta Sem Glúten. Sobre o emagrecimento que iniciou toda a polêmica, nutricionistas afirmam que não é o glúten em si que engorda, mas sim, alimentos que o possuem e que são ingeridos em demasia, pois são alimentos ricos em carboidratos.

De qualquer forma, vale lembrar que a ingestão de carboidratos não deixa de ser importante, uma vez eles são necessários para que o organismo tenha energia. Cardápios pobres em carboidratos causam tontura, cansaço e confusão mental, pois a pessoa fica sem disposição para as suas atividades.

Nada impede, ainda, que as pessoas usem além dos alimentos com glúten as alternativas de quem tem a celíaca, já que quanto mais se variar no cardápio melhor. Quem fizer a Dieta Sem Glúten e se sentir muito melhor, deve fazer um diagnóstico para avaliar se não possui a intolerância alimentar em relação ao glúten, que pode ser feito através de exame de sangue, teste genético ou por meio de uma biópsia do intestino.




Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail




Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2013 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!