PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





DIETA PALEOLÍTICA – O QUE É, COMO FUNCIONA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

DIETA PALEOLÍTICA - O QUE É, COMO FUNCIONA

Comer apenas aquilo que se poderia caçar, colher ou cultivar na terra assim como nossos ancestrais pré-históricos – esta é a filosofia da Dieta Paleolítica, ou Paleo, como é chamada entre os adeptos.

Os seguidores da dieta paleo acreditam que o corpo humano ainda não aprendeu a digerir alimentos vindos da agricultura ou industrializados, que foram introduzidos em nossa cultura há cerca de 10 mil anos. Ou seja, se os humanos habitam a Terra há mais de 2 milhões de anos, estamos convivendo com esse tipo de alimentos há apenas 0,5% do tempo referente à nossa existência. Os adeptos da Dieta Paleo defendem que ainda estamos geneticamente preparados para a alimentação que era praticada no período paleolítico da nossa história.

O que faz parte da Dieta Paleolítica?

Vale lembrar que o período paleolítico pode variar de acordo com o povo que o viveu, tendo o fator geográfico como determinante. Os esquimós, por exemplo, alimentavam-se de carne de baleia e outros peixes, enquanto os aborígenes australianos viviam da caça de animais silvestres. Já os habitantes da floresta amazônica tinham uma farta gama de frutas, raízes e folhas, porém pouca carne.

O que a Dieta Paleo proíbe

A Dieta Paleo não contém alimentos plantados pelo homem, como arroz, feijão, trigo, cevada e outros que existem em grande demanda, pois são plantados para dar frutos. Os adeptos desse tipo de alimentação aderem somente a alimentos e frutos que nascem naturalmente da terra, como tinham que fazer seus ancestrais.

Mesmo defendendo este estilo de vida, muitos seguidores da dieta paleo admitem que o modo de vida atual torna difícil manter o hábito de comer somente o que o homem das cavernas comia. Mesmo a carne no mercado não é paleolítica, pois vêm de animais que passam por um processo de cárcere onde ficam estressados, não recebem sol e não tem vida livre. Eles não são tão saudáveis e selvagens como eram nos tempos das cavernas, isso torna a composição da carne e da gordura do animal diferente de como era originalmente.

A saída para muitos é a aposta em alimentos de procedência o mais natural possível, dando preferência a vegetais orgânicos, carne de animais criados em pastos, rejeitando qualquer produto industrializado. Uma dica para quem quer fazer parte desse grupo é evitar alimentos processados que sejam vendidos dentro de embalagens.

Grãos são inimigos da Dieta Paleolítica

A dieta paleolítica proíbe o trigo, pois acredita que vicia, baseado no fato de que as pessoas precisam consumi-los todos os dias, estando presente em pães, massas e pizzas. As mudanças genéticas que o trigo sofre para tornar-se mais produtivo e render mais nas lavouras também influencia negativamente a população.

A total exclusão do trigo leva a uma desconstrução da tradicional pirâmide alimentar que costuma ter como base os cereais, pães e raízes. A dieta paleolítica defende que a pirâmide está completamente equivocada.

Vantagens da Dieta Paleolítica

Os resultados da dieta paleolítica têm sido notados por médicos nos exames de rotina onde os pacientes emagrecem em torno muito sem perder nutrientes e fibras no corpo.

Apesar de ser bastante restritiva, os adeptos não reclamam de dificuldades em segui-la, pois podem comer quando e o quanto desejarem. Pois não é a contagem de calorias que rege a dieta, mas sim o que se come.




Assine e Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail


Recomendamos para você

Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2016 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!