PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





DICAS PARA CONVERSAR SOBRE SEXO COM OS FILHOS

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Dicas

DICAS PARA CONVERSAR SOBRE SEXO COM OS FILHOS

Conforme as crianças vão crescendo, perguntas como de onde vêm os bebês e porque os casais se beijam começam a surgir no ambiente familiar. Por mais constrangidos que os pais fiquem em tratar de sexo com os filhos, a recomendação principal é nunca mentir ou fantasiar, além de sempre responder as dúvidas das crianças. Os pais podem seguir algumas dicas para conversar sobre sexo com os filhos, evitando que as crianças fiquem em dúvida e criem suas próprias teorias sobre os questionamentos.

Não existe idade ideal para tratar do assunto com os filhos, tudo vai depender dos estímulos a que a criança for exposta. A curiosidade sobre a origem dos bebês, por exemplo, acontece quando a criança tem contato com uma mulher grávida. Além disso, é preciso lembrar que crianças de até seis anos não contam com uma aguçada memória auditiva e só querem satisfazer a curiosidade naquele momento, mas não dão importância para a resposta. O ideal é tratar do assunto assim que o interesse da criança surgir. Veja algumas dicas:

Dicas para conversar sobre sexo com os filhos sem constrangimentos

– Como começar: psicólogos aconselham que os pais usem como dicas para conversar sobre sexo com os filhos iniciar a conversa falando sobre os órgãos genitais e suas funções, as diferenças entre o masculino e o feminino. O assunto pode também ser introduzido em conversas informais em casa, a partir dos 10 anos. Conversar com a criança sobre os namoros, sobre a troca de beijos e carinhos, é uma forma natural de ensinar o assunto. Existe ainda uma infinidade de livros infantis que tratam o assunto de forma sutil e podem ser inseridos na leitura da criança desde cedo, de forma que ela já cresce tenha alguma noção de como o sexo ocorre.

– Não fuja da conversa: família que muda de assunto quando os filhos trazem esses questionamentos ou até proíbem que palavras como sexo sejam ditas dentro do lar acabam fazendo apenas com que o sexo se torne algo como um mito, distanciando isso da vida da criança. Não se pode tornar o sexo na concepção da criança como algo proibido, ainda mais porque atualmente existem muitos estímulos visuais na televisão e nos filmes. Para facilitar a percepção da criança com o assunto, é importante tratá-lo com naturalidade, já que será uma prática constante na vida adulta.

– É saudável usar metáforas? Os psicólogos recomendam que usar outros termos ou palavras no diminutivo para se referir aos órgãos sexuais não é uma boa prática. A dica é que a criança cresça sabendo o nome correto dos órgãos de ambos os sexos. E para não engasgar na hora da conversa com os filhos, você pode se valer de alguns conselhos simples:

1. Aborde o assunto com naturalidade, já que é uma prática habitual da vida adulta.

2. Questione o que a criança já sabe e onde ouviu, para não confundir ainda mais.

3. Admita que os pais praticam sexo, reforçando a união do casal.

4. Explique que apesar de saudável, a prática sexual pode também resultar em doenças.

5. Cuidado com as expressões durante a conversa, sem associar o sexo a uma prática errada ou suja.

E aí, já está pronto para encarar as perguntas dos pequenos?

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!