DICAS DE ALTERNATIVAS AO GOOGLE

DICAS DE ALTERNATIVAS AO GOOGLE

Apesar de ainda dominar o mercado dos motores de busca, o Google não é a única alternativa na hora de pesquisar informações na internet. No Brasil, de acordo com um levantamento da consultoria Serasa Experian feito em 2014, o site Google Brasil era o líder entre os buscadores, sendo usado em 73,83% das buscas realizadas no país. Em segundo lugar ficou o Bing Brasil, da Microsoft, com 9,91%. Levando em conta que há outras opções eficazes de busca, confira 3 dicas de alternativas ao Google.

Conheça 3 dicas de alternativas ao Google

1. Bing

O buscador da Microsoft é hoje o principal concorrente do Google em âmbito global. A principal diferença entre Bing e Google é que fotografias coloridas compõem o fundo da página inicial do buscador da Microsoft, com áreas que destacam links relativos ao tema pesquisado.

Existe também uma tentativa de associar o Bing às redes sociais, já que em alguns países é possível ver, em uma barra lateral, sugestões de amigos que podem ajudá-lo com determinadas pesquisas. Eles também podem ver uma espécie de quadros, ou seja, imagens e links que são sugeridos por blogueiros ou outros especialistas sobre determinado tema.

2. Yandex

O Yandex é o site de buscas mais popular da Rússia. O Yandex tem versões para a pesquisa em inglês, turco e ucraniano, entre outras línguas. A empresa está introduzindo uma novidade nos seus resultados de pesquisa, entre elas um recurso chamado "ilhas", que são blocos de informação que se integram visualmente à página de busca, fazendo com que o usuário não precise sair do buscador e entrar em outros sites para realizar determinadas atividades.

Além disso, o Yandex é um buscador virtual bastante usado em vários outros países do leste europeu, que não têm uma tradição tão grande com o Google, como ocorre constantemente nos Estados Unidos e em outros países da América.

3. DuckDuckGo

O DuckDuckGo tem como principal característica prezar pela privacidade dos usuários. O DuckDuckGo promete não coletar ou compartilhar informações sobre seus usuários. Esse se tornou um tema delicado depois das revelações de que o Google, a Microsoft e outras empresas passaram informações pessoais de usuários para a Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA, em inglês). Depois dessas notícias, o movimento no motor cresceu consideravelmente. Entretanto, alguns usuários ainda questionam se o buscador pode realmente prevenir que a NSA tenha acesso aos dados dos internautas.

Além disso, o DuckDuck Go também promete ser um buscador visualmente mais limpo que os concorrentes, limitando-se a exibir apenas um anuncio publicitário em cada página de resultado. Portanto, trata-se de um buscador que não personaliza os resultados das buscas, com o pretexto de que isso impede que seus usuários fiquem presos em "bolhas criadas por filtros".

Agora que você conhece 3 dicas de alternativas ao Google, é só escolher uma delas e realizar sua pesquisa.