PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





DESVANTAGENS DE SER FUMANTE PASSIVO

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

DESVANTAGENS DE SER FUMANTE PASSIVO

Fumante passivo é denominada a pessoa que inala a fumaça de derivados do tabaco, que podem ser cigarro, charuto, cigarrilhas, cachimbo e outros produtores de fumaça, sem ser o usuário direto. Quando um fumante acende um desses derivados perto de você, em um ambiente fechado, você é um fumante passivo. A Organização Mundial da Saúde (OMG) definiu como poluição tabagística ambiental a fumaça dos derivados de tabaco em ambientes fechados. Entre as desvantagens de ser fumante passivo está o dado de que esta é 3ª maior causa de morte evitável em todo o mundo, depois apenas do tabagismo ativo e do consumo excessivo de álcool.

Um fumante passivo, uma pessoa não fumante que inala a fumaça dos derivados do tabaco, acaba inalando três vezes mais nicotina, três mais monóxido de carbono e até cinquenta vezes mais substâncias cancerígenas pelo ar poluído pela fumaça a mais do que a fumaça inalada diretamente pela boca do fumante, que passa pelo filtro do cigarro. Veja o que a absorção da fumaça de cigarro causa nos fumantes passivos em ambientes fechados:

Desvantagens de ser fumante passivo para a saúde

– adultos não fumantes: a inalação da fumaça de derivados do tabaco pode representar maior risco de doença em decorrência do tabagismo, proporcionalmente ao tempo em que passa exposto à fumaça, risco maior em 30% de desenvolver câncer de pulmão, risco maior em 24% de ter um infarto no coração, em comparação com os não fumantes que não inalam a fumaça do tabaco.

– em crianças não fumantes: a inalação da fumaça de derivados do tabaco pode representar a ocorrência de mais resfriados e infecções do ouvido, além de um risco muito maior do desenvolvimento de doenças respiratórias, como bronquites, pneumonia e uma piora significativa da asma.

– em bebês: a inalação da fumaça de derivados do tabaco pode representar um risco cinco vezes maior de morte súbita sem causa aparente, maior risco de desenvolver doenças pulmonares até desenvolver um ano de idade, com relação direta dependendo do número de fumantes na casa.

Desvantagens de ser fumante passivo

Os não fumantes sofrem, ainda, com outros efeitos imediatos da poluição do tabaco no ar, como irritação nos olhos, tosse, manifestações nasais, dores de cabeça, aumento de problemas cardíacas, especialmente a elevação da pressão arterial e dor no peito, assim como aumento de problemas alérgicos, principalmente das vias respiratórias. A médio e longo prazo, podem resultar ainda nos efeitos como redução da capacidade funcional respiratória, interferindo na capacidade do pulmão de exercer sua função no organismo, aumento do número de infecções respiratórias ao longo do período de exposição e aumento do risco de desenvolver aterosclerose.

Medidas para evitar exposição: o Brasil hoje é um país que já conquistou avanços no que diz respeito a conhecimento da população sobre os malefícios do tabagismo e da fumaça do tabaco em ambientes fechados. Por isso, sete estados e 23 municípios brasileiros aprovaram legislações próprias, aperfeiçoando a Lei Federal 9.294/96 e implementando ambientes públicos e privados 100% livres da poluição tabagística ambiental.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!