PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





CUSTOS DE UMA FRANQUIA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Mercado, Negócios e Empresas

CUSTOS DE UMA FRANQUIA

Muitos empresários concordam que trabalhar com franquias é uma vantagem, pois você investe em um negócio que já tem nome, identidade visual e, principalmente, um público pré-determinado, que irá atrás da sua empresa onde você a instalar. Mas uma preocupação também entre os investidores é a questão dos custos de uma franquia.

Antes de se comprometer a abrir uma franquia, é preciso estar preparado financeiramente para possíveis gastos que esse tipo de investimento pode trazer, desde os primeiros meses e toda a preparação inicial, até gastos futuros, planejando-se até com lucros que estão somente no papel e ainda não foram alcançados.

Por isso, é recomendável colocar, na ponta do lápis, valores como a compra do nome da franquia até o pagamento e treinamento dos seus colaboradores. Para tirar as dúvidas sobre seus futuros gastos, conheça os custos de uma franquia e fique preparado antes de investir.

Veja os maiores custos de uma franquia

1. Compra de produtos

Muitas franquias brasileiras vendem produtos, o que faz do franqueado um atacadista ou revendedor da sua matriz. As franquias possuem taxas cobradas com base no volume de compras, ou seja, o franqueador só deve se preocupar em encher o seu estoque, enquanto você deverá vender para lucrar. Esse tipo de trabalho pode funcionar se a empresa matriz oferecer produtos que já são de interesse do público geral e, principalmente, se não houver o mesmo tipo de venda no local onde se pretende abrir a loja.

2. Treinamento

As franquias tendem a padronizar o tipo de atendimento, fazendo com que os franqueados recebam seus clientes do mesmo modo que a matriz faz, e permitindo que isso se repita em todas as lojas espalhadas pelo país. Normalmente, o primeiro treinamento, aquele feito para donos, administradores ou gerentes da franquia, costuma estar incluso no valor da compra geral da franquia, para que eles reproduzam os ensinamentos para seus funcionários e possam atender inicialmente.

Mas, posteriormente, pela excelência do serviço, você precisará investir em capacitação para seus funcionários, visando a atualização das propostas empresariais. Desse modo, o trabalho será realizado com maior qualidade, garantindo uma satisfação maior.

3. Funcionários e parceiros

Falando em funcionários, não se esqueça de incluir a despesa de pagamento dos serviços deles, além de empresas que, possivelmente, já trabalham em parceria com a marca em outras franquias, como distribuidores ou terceirizados.

4. Sistemas e equipamentos

Algumas franquias trabalham com softwares de gestão de negócio, para os quais existem instalações e equipamentos muito específicos. Inicialmente, eles podem vir inclusos no preço da compra da franquia, mas a atualização, manutenção, ou compra de novos aparelhos serão gastos sempre do franqueado.

5. Revitalização e manutenção

Você precisará alugar, ou como é exigência de algumas matrizes, comprar um espaço para que a franquia funcione. Depois, haverá gastos com manutenção, para deixar o lugar sempre bonito e com estrutura para atender a clientes, com conforto e modernidade.

Basta seguir as dicas para lidar melhor com os custos para sua franquia.




Assine e Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail


Recomendamos para você

Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2016 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!