PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





CUIDADOS PARA TER FLUXO DE CAIXA NA EMPRESA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Mercado, Negócios e Empresas

CUIDADOS PARA TER FLUXO DE CAIXA NA EMPRESA

Quem é comerciante, seja de pequena ou grande empresa, sabe que faz parte da rotina de trabalho, no fim do expediente, fechar o caixa da loja, contabilizando o lucro que entrou durante o dia. Nesse momento, é feito o controle do caixa, ou seja, o registro das transações financeiras do negócio. Confere-se tudo o que foi pago em troco e recebido em lucro, checando todas as notas do caixa e transições de cartões de crédito e débito realizadas. Toda a contagem é registrada. Mas o responsável por isso também deve conhecer os cuidados para ter fluxo de caixa na empresa.

Esta tarefa pode parecer simples, mas é de extrema importância para o funcionamento da empresa, e não deve ser dispensada ou feita de forma negligente. O diagnóstico diário do caixa da empresa mostra a situação financeira no geral. Para que esse momento diário na sua loja não seja desperdiçado, mas executado da melhor forma, e sua empresa flua como deve fluir, veja os cuidados para ter fluxo de caixa na empresa.

Veja os cuidados para ter fluxo de caixa na empresa

1. Como fazer

Para um fluxo de caixa perfeito, é necessário dedicação e disciplina dos empresários e funcionários. Primeiro, é necessário separar as saídas de dinheiro em, no mínimo, três categorias que ajudam na percepção e organização: fornecedores, despesas e outras saídas. Uma outra categoria pode ser pagamentos dos clientes, se achar necessário. Para a categoria despesas, é possível organizar outras categorias que ajudam no trabalho, como papelaria, correio, telefone, internet como as despesas pequenas, já salários, comerciais e comissões em despesas fixas ou maiores. Em outras saídas, pode-se incluir amortização de empréstimos, investimentos e pagamentos de tributos.

2. O outro lado do fluxo

As entradas são onde a empresa costuma anotar o que recebe em vendas. Já a periodicidade consiste nas operações que devem ser feitas diariamente e depois de calcular o valor das entradas, somando-as ao saldo inicial. Assim, o empresário terá como resultado, o saldo final do dia. Esse número deve ser igual ao que há nas contas bancárias, senão, há algo de errado na contagem ou no fluxo de caixa.

3. Compromisso

A organização dos empresários para a realização diária do fluxo de caixa é fundamental, mas os funcionários designados para essa tarefa também devem colaborar, mostrando compromisso e experiência com contabilidade.

4. Ajuda na organização

As empresas têm optado por um fluxo de caixa projetado, o que significa uma planilha com previsão de lucro datadas (mesmo no futuro). A empresa deverá trabalhar para que aquelas metas se cumpram. Uma vantagem de trabalhar dessa forma é o planejamento. Se precisar gastar mais com o fornecedor, por exemplo, é só checar a margem de fluxo da planilha. Ou investir em mudanças para a loja, o que permitirá a previsão do lucro que entrará para o investimento, em vez de recorrer à ajuda de empréstimos de bancos.

Ao tomar os cuidados acima, você não terá problemas com o fluxo de caixa no empreendimento.




Assine e Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail


Recomendamos para você

Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2016 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!