PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





CUIDADOS NO USO DE APARELHOS ELETRÔNICOS POR CRIANÇAS

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Dicas

CUIDADOS NO USO DE APARELHOS ELETRÔNICOS POR CRIANÇAS

O uso da tecnologia e contato com o mundo virtual é uma realidade no mundo de hoje, sendo impossível conseguir manter as crianças distantes dessa realidade. Os cuidados no uso de aparelhos eletrônicos por crianças dependem dos pais, que serão os responsáveis por mediar o contato dos filhos com este mundo digital. Essa preocupação era algo que não existia até pouco tempo atrás, mas agora é algo de fundamental preocupação dos pais, para evitar que o contato excessivo com tecnologias afete negativamente no desenvolvimento das crianças. A questão é que se bem direcionadas, a tecnologia também pode ter um lado positivo.

Cuidados no uso de aparelhos eletrônicos por crianças pequenas

Existe um lado muito positivo nas novas tecnologias, mas é preciso tomar alguns cuidados no uso de aparelhos eletrônicos por crianças. Os pais podem estimular as crianças a usarem as tecnologias para coisas úteis, para pesquisas. Se em uma conversa a criança demonstrar interesse em determinado assunto e começar a questionar os pais, ensinem a pesquisar sobre o assunto com os aparelhos digitais. No começo, ela fará junto com os pais, mas com o passar do tempo, ela irá atrás de conhecimento por conta própria.

O primeiro grande risco do excesso de contato com aparelhos eletrônicos pelas crianças é afetar o momento de repouso. Esse problema atinge não só as crianças, como os adultos também. Compare as situações: quando uma criança se entretém com um brinquedo tradicional a experiência se esgota de forma natural, quando a diversão chega ao fim. Se ela está brincando no período da noite e os pais pedem que ela vá se deitar, não terá dificuldade em cumprir o pedido depois que a brincadeira se esgotar.

Mas quando uma criança está entretida com um vídeo game ou jogos em computador ou tablets, a situação e diferente. Isso porque o estímulo dos aparelhos eletrônicos nunca se esgota. Antes mesmo de a criança perceber que seu interesse inicial já foi atendido, sua atenção é atraída para um novo estímulo, criando uma nova carga de interesse. Por isso, se os pais mandarem a criança dormir nesse caso, para elas é mais difícil conseguir se desligar e cumprir outra atividade.

Se desligar dos aparelhos eletrônicos é difícil até mesmo para os adultos e a situação se complica no caso das crianças, já que elas estão vivendo o período de desenvolvimento. O fica em jogo nestes casos não é apenas o acúmulo de noites mal dormidas, mas também a interferência na aprendizagem de habilidades emocionais muito importantes, como o desenvolvimento da criatividade e autocontrole. O excesso de estímulos que os aparelhos eletrônicos apresentam pode comprometer o excesso de várias habilidades das crianças. O papel dos pais é fundamental neste caso, ajudando a criança a se desligar quando ela não consegue fazer isso sozinha, nem que seja preciso restringir o uso dos aparelhos, assim como estimular a busca por outras formas de entretenimento.






PontoXP © 2006-2018 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!