PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





CUIDADOS AO PASSEAR EM UM PARQUE DE DIVERSÕES

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Dicas

CUIDADOS AO PASSEAR EM UM PARQUE DE DIVERSÕES – As notícias dos últimos anos têm preocupado mais os pais quando os seus filhos vão aos parques de diversões. E não é para menos, a Secretaria de Saúde de São Paulo divulgou em 2011 que mais de 1600 pessoas se machucaram em acidentes dentro de playgrounds e parques naquele ano.

Além disso, não são apenas as crianças que devem seguir os cuidados em parques de diversões, pois esse mesmo estudo apontou que a faixa etária que mais se envolve nos acidentes são pessoas entre os 20 e 39 anos, os quais representam 36% do total de casos. Mesmo adultos com idades entre 40 e 59 anos devem seguir os cuidados ao passear em um parque de diversões, pois estão envolvidos em 25% das hospitalizações.

CUIDADOS AO PASSEAR EM UM PARQUE DE DIVERSÕES

Já crianças e adolescente até 19 anos ficam na terceira posição com 22% das ocorrências e, os mais cuidadosos são as pessoas com mais de 60 anos, que se envolveram em apenas 17% dos acidentes em parques de diversões.

O mais comum é que as pessoas sofram quedas, choquem-se com os brinquedos ou se envolvam em acidentes provocados por falhas nos mecanismos de proteção. Os cuidados ao passear em um parque de diversões são essenciais, pois os acidentes podem resultar em problemas graves, entre eles, traumatismo craniano, de face, de coluna e do abdômen, o que pode levar a consequências irreversíveis.

Cuidados mais importantes em um parque de diversões

– Sempre cheque para qual idade o brinquedo é indicado. Muitos parques não possuem brinquedos para crianças menores de quatro anos, assim, o melhor é levar os pequenos apenas a partir dessa idade.

– Outro entre os cuidados em parques de diversões é se assegurar do limite mínimo de altura exigido para entrar nos brinquedos, já que a maioria possui essa informação. Em geral, alguns podem ser usados a partir de alturas como 1,30 e 1,40 m. Porém, sempre tenha certeza, caso contrário, a criança vai permanecer sem toda a segurança necessária durante a brincadeira, o que pode resultar em lesões sérias.

– Antes do seu filho se aventurar em um brinquedo, observe as suas condições, se parece tudo bem firme, por mais que você não seja especialista, é melhor prevenir do que remediar e não dar sorte para o azar se você acha que alguma coisa não está certa.

– Veja se existem pessoas envolvidas na segurança dos brinquedos, se estão uniformizados, se sabem o que estão fazendo. Por via das dúvidas, evite qualquer brinquedo que não pareça em condições de oferecer segurança.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!