CRESCER – PROGRAMA NACIONAL DE MICROCRÉDITO

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Mercado, Negócios e Empresas

O projeto Crescer, do Programa Nacional do Microcrédito, tem como objetivo ampliar com mais recursos em condições mais favoráveis. Ou seja, os pequenos empreendedores conseguem mais crédito, por menos juros.

grey CRESCER   PROGRAMA NACIONAL DE MICROCRÉDITO

O Governo Federal lançou essa proposta no intuito de ajudar a elevar o padrão de vida dos cidadãos e estimular a geração de empregos no Brasil. Isso acontece através da oportunidade de criação de novos negócios, estímulo do empreendedorismo e da bancarização. Assim, estima-se que cada vez mais os brasileiros poderão sair da linha da pobreza, o que também geraria economia através do desligamento dos programas do Brasil sem miséria.

Um dos serviços oferecidos nesse programa é o Microcrédito Produtivo Orientado. É indicado ao pequeno empreendedor, que tenha uma renda mínima (faturamento) anual de até R$ 120 mil. Pode ser pessoa física, empreendedor individual (EI) ou microempresa. Essas operações de microcrédito do Crescer são de até R$ 15 mil e o prazo médio é de 6 meses para capital de giro e 24 meses para investimento.

Os pequenos empreendedores que optarem pelo Programa Crescer terão acompanhamento e orientação feitos por pessoas treinadas (agentes de crédito), além de que eles irão atender você no local da sua atividade, com contato permanente e avaliação da sua capacidade de endividamento.

Nos programas oferecidos anteriormente, a taxa de juros oferecida pelos Bancos Públicos Federais era de 60% ao ano. Já com o Crescer, a taxa de juros diminuiu para 8% ao ano. O que representa uma redução de 86,7%. Houve também uma redução da taxa de abertura de crédito. Antes era de 3%, atualmente é de 1%, uma queda de 66,7%.

Os Bancos Públicos Federais que podem oferecer o crédito no Programa Nacional do Microcrédito são os bancos do Brasil, Basa (Banco da Amazônia), Caixa e BNB (Banco do Nordeste do Brasil).

Para garantir a redução dos juros e a orientação para o crédito, o governo vai liberar até R$ 500 milhões por ano. Os recursos serão pagos, todo mês, pelo Tesouro Nacional, com base no número, valor e prazo das operações contratadas pelos bancos que optarem pela adesão ao programa.

Se você se encaixa nesse perfil, tem um pequeno negócio ou precisa de dinheiro para investir na sua microempresa, o Programa de Microcrédito Crescer pode ser um bom caminho. Procure uma agência bancária entre as citadas acima e converse com o gerente de financiamentos.




Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail




Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2013 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!