PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





COMO TRATAR UMA VIROSE GASTROINTESTINAL

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

COMO TRATAR UMA VIROSE GASTROINTESTINAL

Toda doença provocada por um vírus deve ser classificada de maneira genérica como uma virose. No verão, no entanto, o vírus que prejudica especificamente o intestino, pode ser classificado como uma virose gastrointestinal. Esse vírus atinge o trato digestivo, causando diarreia e náuseas. A seguir você conhecerá as doenças causadas por esses vírus e aprenderá como tratar uma virose gastrointestinal.

Há dois tipos de viroses gastrointestinais que podem afetar não só o intestino e o estômago como também a boca, o reto e o ânus. A rotavírus é uma doença disseminada e fácil de ser transmitida e as crianças são os alvos mais fáceis desse tipo de virose. É por isso que se faz tão necessário tomar a vacina que é aplicada em duas doses: a primeira aos dois meses de vida e a segunda aos quatro. Há também o norovírus, que é menos comum, porém pode ser contraído em qualquer idade e causar gastroenterite. Agora que você já sabe o que é uma virose gastrointestinal, saiba como identificar a doença e tratar o problema, além de se prevenir.

Como tratar uma virose gastrointestinal e como prevenir

Sintomas: um dos modos mais eficazes de identificar a virose gastrointestinal é observar a manifestação dos sintomas. A virose gastrointestinal, em ambos os tipos, provoca diarreia, vômito, dores no corpo, dores abdominais e febre. Estes problemas costumam aparecer entre o terceiro e quinto dia de contaminação. Depois disso, inicia a fase de desidratação, com constantes vômitos e diarreia.

Contaminação: o vírus é transmitido pelo contato com pessoas e secreções contaminadas. No verão, quando tem maior tendência a transmissão, a disseminação do vírus acontece por meios aquáticos, como mar, piscinas e lagoas, todos lugares muito frequentados na época.

Tratamento: o tratamento para a virose gastrointestinal consiste no fortalecimento do corpo com muita hidratação, por isso os líquidos como soro e, claro, água, são os maiores aliados nesse processo. Detectados os sintomas da contaminação, é recomendável procurar um médico socorrista o mais rápido possível para que ele possa confirmar a virose e recomendar um soro para hidratação imediata. Além disso, ele pode ainda receitar a ingestão de analgésicos para aliviar as dores no corpo e antitérmicos para febre se necessários.

Mas é preciso lembrar que a hidratação deve fazer parte do processo de fortalecimento depois do primeiro tratamento, e deve continuar fazendo parte do seu processo de melhorar junto com água. Uma boa opção é o soro caseiro, que é fácil de fazer e pode ser preparado em uma boa quantidade para hidratação durante todo o dia. O soro pode também ser comprado em farmácia.  Outro forte hidrante e fortalecedor para este período é água de coco, prefira a natural, direto dele, ao invés da industrializada.

Prevenção: para evitar qualquer tipo de contaminação por vírus é importante focar na constante limpeza das mãos e dos alimentos antes de consumi-los. Cuidado ao comer fora, escolha lugares bem limpos e sem excessiva presença de moscas e mosquitos. Observe também a higienização dos funcionários, que devem usar luvas e tocas.

Mas durante o verão, para evitar a gastrointestinal, cuidado com os lugares em que vai se banhar para se refrescar. Sempre tome uma ducha antes e depois de mergulhar no mar, na piscina ou em lagoas. E, ao chegar em casa, tome outro banho utilizando sabonete neutro e limpando bem os cabelos com shampoo.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!