COMO SER UM COACH DE SUCESSO

COMO SER UM COACH DE SUCESSO

O coaching é um ramo que tem crescido muito no mundo corporativo, por isso, cada vez mais profissionais têm optado por essa formação como carreira. Mas como ser um coach de sucesso? Bem, esse profissional é quem faz as vezes de assessor de negócios, aconselhando e, muitas vezes, tomando o lugar do empresário para tomar grandes decisões com relação a dinheiro, contratos e parcerias.

Veja como ser um coach de sucesso

1. Pesquisa eficaz

Um coach de sucesso não toma decisões por intuição ou suposições de outros profissionais. Tudo acontece com base em estudo e pesquisa, que precisa sempre ser bem aprofundada, com fontes confiáveis e fundamentos relevantes. Saber como as coisas funcionam é um dos princípios para resolver problemas e fechar negócios.

A internet é sempre uma boa fonte, é claro. Mas tenha sempre em mãos livros de especialistas sobre o assunto para ter como referência, ou ainda, livros técnicos sobre o trabalho feito pela empresa que o contratou, para saber mais detalhes de cada ação realizada ali e possíveis soluções para problemas.

2. Pró-atividade

Para ser coach, é preciso gostar de ajudar os outros. Não só o chefe da empresa, como cada funcionário. Você precisará estar disposto a atender dúvidas e necessidades básicas, e enfrentar dificuldades junto com todos. Tudo isso sem reclamar e incentivando o trabalho em equipe.

3. Ética

É preciso ter humildade para respeitar as decisões dos seus superiores, mesmo que elas batam contra as suas ideias, e insistir pelo melhor caminho. Ainda é necessário ter ética, respeito e compromisso com quem o contrata, para dar esse apoio de assessoria, não revelando planos de negócios para funcionários de outras empresas, a fim de conseguir trocas de favores ou por quaisquer outros motivos. O coach precisa acreditar na marca pela qual ele trabalha.

4. Postura

Coach significa treinador em inglês. Então, como o nome já diz, espera-se do profissional as seguintes características: boa fala, compromisso e incentivo para com os funcionários. Tal postura faz parte da boa relação, bem como a vontade de ajudar. Aprenda a evitar comportamentos impróprio, uso de palavras muito informais e uma postura desanimada, e esteja sempre disposto e pronto para o trabalho.

5. Respeito pela técnica

A responsabilidade de tomar decisões por uma grande empresa pode, eventualmente, aumentar o ego do coach, e o cuidado para evitar esse problema é fundamental, pois além de prejudicar o seu relacionamento com donos e funcionários da empresa, perdendo assim, a confiança deles, você correrá o risco de passar por cima de todas as regras aprendidas e já citadas acima.

Por fim, o coach precisa ser um profissional com visão racional e os pés no chão, além de saber aplicar todo o seu aprendizado técnico nas situações mais diversas. Não se deixe levar pela ambição ou outros sentimentos que prejudicam o seu trabalho e o rumo da empresa pela qual presta serviços, pois é o seu nome como profissional que estará em jogo.