PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





COMO SER JUIZ DE FUTEBOL

Autor: G. Produções
Publicado em: Futebol

O juiz ou árbitro de futebol é a figura maior dentro de um campo, pois é este “profissional” que dita às regras do jogo, apitando sem medo dos jogadores e da própria torcida. Porém, por mais poder que ele tenha dentro das quatro linhas sua vida não é fácil desde o momento em que decide seguir esta “carreira”.

Para ser um juiz de futebol ou, até mesmo, um auxiliar (o antigo bandeirinha) é necessário ter, no mínimo, 18 anos e, no máximo, 25 anos de idade. Quanto à sua formação acadêmica algumas federações exigem que o candidato esteja, pelo menos, cursando algum curso superior – não é necessário ser educação física, porém outras federações exigem apenas o ensino médio concluído.

COMO SER JUIZ DE FUTEBOL

Além disso, o candidato a futuro juiz deverá prestar o Curso Oficial de Formação de Árbitros de Futebol da federação do Estado onde reside. Acontece que este curso não possui uma data certa para ocorrer todos os anos, pois os mesmos só abrem novas turmas quando existe a real necessidade por novos profissionais desta área.

Durante o curso os alunos aprendem desde o básico, ou seja, as regras do jogo, noções de preparação física e redação de súmulas até o estudo de outros idiomas (algumas federações dão aulas de inglês e espanhol durante o Curso Oficial).

Um ponto importante é que durante a realização do curso existem provas teóricas (para analisar o nível de conhecimento do candidato a juiz de futebol) e práticas (para verificar a capacidade física).

A concorrência pelos Cursos Oficiais das federações estaduais tem sido muito grande tanto por homens quanto por mulheres por dois fatos principais: o salário é considerado excelente para o nível brasileiro e a possibilidade de conhecer várias cidades e país sem pagar nada. Contudo, o começo não é tão maravilhoso assim, pois os primeiros trabalhos serão para jogos de categorias de base, onde o pagamento por partida varia de R$ 80 (infantil) até R$ 150 (juvenil e juniores).

As vantagens passam a aparecer quando se sobe na “carreira”, pois os salários vão aumentando sendo que, atualmente, um árbitro ganha em média para apitar o Campeonato Brasileiro R$ 2.500 por partida e sendo árbitro FIFA este valor chega a R$ 3.000, ambos com todas as despesas pagas.

Obs.: Colocamos as palavras “profissional” e “carreira” entre aspas para lembra-lo que esta é uma próxima não regulamentada no Brasil, ou seja, enquanto os jogadores são profissionais o árbitro é amador.






PontoXP © 2006-2018 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!