PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





COMO IDENTIFICAR SE UMA CRIANÇA SOFRE OU PRATICA BULLYING

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Dicas

COMO IDENTIFICAR SE UMA CRIANÇA SOFRE OU PRATICA BULLYING – Embora pareça que o termo é novo, a questão é que o bullying é uma prática que acontece há muito tempo. A sua ocorrência pode ter aumentando nos últimos anos, mas independentemente disso, pais e educadores devem saber como identificar se uma criança sofre ou pratica bullying. É muito comum que a vítimas guarde o que está ocorrendo para si e que não busque a ajude dos adultos.

Por isso, como identificar se uma criança sofre ou pratica bullying pode prevenir que problemas graves e alguns até irreversíveis sejam evitados. Confira algumas questões importantes sobre o assunto:

COMO IDENTIFICAR SE UMA CRIANÇA SOFRE OU PRATICA BULLYING

– Para identificar quando uma criança sofre bullying é preciso saber se ela está sendo vítima de ataques pejorativos que prejudicam a sua relação com os demais. Piadas e apelidos, por exemplo, não identificam a prática de bullying, a não ser que eles sejam frequentes e estejam incomodando em demasia a criança.

– Entre os sete e 10 anos, é comum que a criança sinta-se insultada pelos colegas e, assim, queira se defender, mas sem que isso atrapalhe de uma forma geral o seu convício com as crianças que fazem parte do grupo.

– A maior caracterização do bullying é a repetição dos atos dentro de relações desiguais de poder. Nesse caso, quando uma criança pratica bullying ela é insistente no seu ato e o causa intencionalmente.

Quando uma criança sofre bullying ela costuma sentir-se inibida, triste, desanimada, com baixo rendimento, foge de algumas situações e sente-se mal.

– A criança agressora possui um tipo de distúrbio comportamental que pode se manifestar por meio da violência física e/ou psicológica, sem motivo claro, deixando a vítima incapaz de se defender.

Quando uma criança pratica bullying ela pode insultar o outro, fazer comentários depreciativos a seu respeito ou sua família, acusá-lo de ser inútil, danificar seus livros, material escolar e roupas, espalhar fofocas, depreciar a pessoa por prazer, ameaçar para conseguir algo em troca, entre outros comportamentos.

– É normal que o bullying inicie a partir do momento que o agressor não saiba aceitar uma diferença, podendo estar relacionada à religião, raça, estatura física, peso, cor dos cabelos, deficiências visuais, auditivas evocais, bem como diferenças sociais ou sexuais ou mesmo quando a existe diferença em relação à coragem e habilidades desportivas e intelectuais.

– O bullying é difícil de identificar, pois o agressor costuma fazer longe dos olhos dos adultos e a vítima tem medo de contar a alguém. Por isso, ela pode inventar que está doente para não ter que ir à escola, por exemplo.

– Já o agressor pode voltar da escola com ar de superioridade, exteriorizando ou tentando impor sua autoridade sobre alguém, mostrando-se irritado, intolerante, hostil, desafiante e agressivo verbalmente e fisicamente.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!