PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





COMO IDENTIFICAR E TRATAR A ESQUIZOFRENIA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

COMO IDENTIFICAR E TRATAR A ESQUIZOFRENIA

Afastamento da realidade, alucinações e delírios, comportamento volúvel, distanciamento do contato social, dificuldade de estabelecer laços afetivos. Esses são sintomas preocupantes, pois pode significar que quem os possui pode ter esquizofrenia, um transtorno crônico mental. Confira a seguir dicas sobre como identificar e tratar a esquizofrenia.

O diagnóstico do esquizofrênico é clínico, porém é preciso saber identificar os sintomas e como agir diante da suspeita, para que o tratamento possa começar sem maiores problemas.

Transtorno da esquizofrenia na vida adulta

Apesar de ser um transtorno precoce que se inicia quando o bebê ainda está sendo formato no útero, só é possível identificar a esquizofrenia quando o cérebro amadurece e os sintomas se manifestam. Nos homens, entre 15 a 20 anos e nas mulheres entre 20 e 25 anos.

Assim que as características de um esquizofrênico começarem a ser identificadas em algum amigo ou parente, ele deve ser levado a um psicólogo. É importante não atrasar o momento da suspeita da doença do momento da consulta, pois não se sabe há quanto tempo a esquizofrenia pode estar crescendo e se proliferando na mente do indivíduo. O ideal é a que a doença comece a ser trata dos primeiros cinco anos.

Tratamento para a esquizofrenia

Muitas famílias temem o tratamento por causa do uso de medicamentos antipsicóticos e possíveis efeitos. Mas não há mais o que temer, os remédios evoluíram e estão cada vez mais direcionados ao tratamento da esquizofrenia, por isso não é mais preciso tomar uma grande quantidade para suprir as necessidades.

Além disso, é preciso ter um acompanhamento clínico frequente, onde o médico avalia o progresso que os remédios estão fazendo. Além das sessões de terapia, onde o indivíduo é incentivo a buscar incentivo para enfrentar as dificuldades da vida.

A família também tem grande importância no tratamento, e terá sua dinâmica e rotina alteradas quando ele começar. Pacientes que começaram o tratamento depois de crises são os que mais precisam da presença da família.

Internação é um recurso?

Se a internação for um recurso indicado pelo psiquiatra ou psicólogo, procure outros profissionais para opinar e visite clínicas para checar se estão dentro das novas leis. A internação pode ser muito útil se feita corretamente, assim como o restante do tratamento.

Os familiares e portadores podem manter uma esperança de recuperação total, pois assim como já aconteceu antes, a medicina continua avançando em benefício do tratamento do esquizofrênico. Muitos grupos de pesquisadores brasileiros têm trabalhado em novos tratamentos que buscam a cura.




Assine e Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail


Recomendamos para você

Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2016 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!