PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





COMO EVITAR INTOXICAÇÃO ALIMENTAR

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

A intoxicação alimentar acontece quando uma pessoa ingere alimentos que estão contaminados por bactérias que são nocivas ao organismo humano. Entre os sintomas mais comuns estão dores de cabeça, diarreia, dores abdominais e vômitos. Dependendo do tipo de bactéria, os sintomas podem surgir em até 48 horas após a ingestão do alimento. Existem algumas dicas de como evitar intoxicação alimentar, pois ao contrário do que muita gente acredita, a ingestão de alimentos estragados não são a causa principal das intoxicações, já que quando um alimento está com sabor, aparência e aroma diferente, dificilmente é consumido.

Por mais surpreendente que pareça, um estudo da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo revelou que mais de 25% dos casos de intoxicação alimentar acontece com a ingestão de alimentos que foram preparados dentro de casa. Portanto, aí vão algumas dicas para que você aprenda a higienizar corretamente os alimentos e objetos da cozinha a fim de evitar problemas.

Cuidados sobre como evitar intoxicação alimentar

COMO EVITAR INTOXICAÇÃO ALIMENTAR

O cuidado no preparo do alimento e dos pratos é fundamental para evitar a intoxicação alimentar. Especialistas recomendam que até a temperatura dos alimentos merece atenção, lembrando ou eles devem estar aquecidos ou mantidos dentro da geladeira, porque se deixados em temperatura ambiente, o crescimento de bactérias e toxinas é facilitado. A dica é não manter os alimentos fora de refrigeração ou sem o cozimento por mais de duas horas. Além disso, o hábito de deixar sobras de comida dentro do forno ou sobre o fogão pode ser muito perigoso. Jamais consuma ou ofereça alimentos com ovos mal cozidos ou preparados a base de gemas e claras cruas, já que a bactéria Salmonella Enteritidis é responsável por 50% dos casos de intoxicação alimentar.

O que não fazer para evitar a intoxicação alimentar

– A primeira dia é sempre, na medida do possível, buscar por saber qual é a origem do alimento a ser consumido. A regra vale também para alimentos que forem consumidos fora de casa, em estabelecimentos comerciais.

– Dentro de casa, tenha o cuidado de sempre manter a cozinha limpa. Nos estabelecimentos, lembre-se que você tem o direito de conhecer a cozinha e avaliar as condições de produção dos alimentos.

– Sempre lave as mãos antes de preparar qualquer alimento, principalmente depois de ir ao banheiro.

– Se o fornecimento de água da sua cidade não for confiável, sempre ferva a água para cozinhar e beber.

– Mantenha os alimentos guardados em local apropriado e tente, na medida do possível, preparar apenas a quantia a ser consumida em cada refeição, para evitar sobras.

– Ao manusear os alimentos em cima da pia, não misture as procedências, como verduras com carnes. Também evite usar a mesma faca para o preparo de diferentes alimentos.

– Sempre lave frutas e verduras antes do consumo. Se for ingerir os alimentos crus, deixe por ao menos 15 minutos de molho em produto para desinfecção. Lembre-se que vinagre não mata bactérias.

– Os alimentos devem sempre estar bem cozidos antes da ingestão, principalmente as carnes. No caso das sobras, aqueça sempre bem antes de ingeri-la.

– Produtos em latas, como bebidas e enlatados, devem ser lavados com água e sabão antes de serem abertos.

– Sempre lave bem a mão das crianças, principalmente depois de brincar na terra ou com animais de estimação.

– Cuidado ao escolher produto no mercado, checando se a embalagem está limpa, se há algum lacre rompido ou furo, evitando sempre produtos enlatados com a embalagem amassada ou estufada.

– Quando comer fora observe com atenção o nível de higiene do local, já que as comidas servidas em buffet se não estiverem refrigeradas ou cozidas de acordo, podem oferecer altos riscos de contaminação.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!