PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





COMO ESTERILIZAR A MAMADEIRA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Bebê ,Dicas ,Saúde

COMO ESTERILIZAR A MAMADEIRA

Mesmo com a polêmica a respeito dos riscos do uso de mamadeiras e chupetas, essa prática é bastante comum. Além da possibilidade de comprometimento da formação correta da arcada dentária infantil e de problemas ligados à fala, você deve se preocupar com a limpeza do que seu filho coloca na boca. Por isso, é essencial saber como esterilizar a mamadeira.

Como esterilizar a mamadeira

Antes de o bebê ter contato com qualquer tipo de bico artificial, seja da mamadeira ou da chupeta, é preciso que o pedaço plástico seja fervido por ao menos cinco minutos em fogão convencional. Você colocar a mamadeira em um recipiente em que o objeto fique completamente coberto pela água, separando o bico de plástico e o recipiente. Depois que a criança usar a mamadeira, o bico deve ser limpo com sabão neutro e água corrente. Além disso, é possível utilizar escovas próprias para higienização de mamadeiras para limpar o restante do frasco.

Mas quando devo esterilizar? Sempre que o bebê for usar a mamadeira, deve ser feita novamente a esterilização, fervendo por cinco minutos. É preciso ter em mente que limpeza e esterilização são procedimentos diferentes, já que enquanto a limpeza remove resíduos, a esterilização pretende remover germes e bactérias.

Motivos para esterilizar a mamadeira

Os bicos de mamadeiras costumam ser habitados por uma infinidade de vermes e bactérias, que só são exterminados depois que o utensílio é devidamente fervido. Como os bebês não estão ainda com o sistema de defesa completo logo após o nascimento, a criança acaba ficando muito vulnerável a infecções e doenças, que podem ocorrer com facilidade se você não souber como esterilizar a mamadeira.

Assim que o bebê nasce, ele passa a entrar em contato com bactérias e vírus do mundo externo, que ajudarão em grande parte a formar o sistema imunológico da criança, em ação conjunta com os anticorpos recebidos por meio do leite materno. É por isso que crianças que têm até três anos de idade costumam ficar doentes facilmente, principalmente as que já frequentam creches ou escolinhas.

Mas o fato de que o contato com vírus e bactérias é algo inevitável não significa que as crianças possam ficar sem cuidado. Infecções mais graves podem ser fatais para alguns bebês, logo, a esterilização de mamadeiras e chupetas é crucial.

Entre as doenças que a criança pode pegar estão sapinho, infecções no sistema digestivo e até diarreia. Ou seja, problemas que podem ser evitados com uma higienização dos bicos artificiais da mamadeira, que acabam tendo contato direto com o sistema imunológico do bebê.

Portanto, não se esqueça: esterilizar a mamadeira antes de oferecê-la ao bebê e sempre limpá-la após o uso é indispensável. Outra medida importante é realizar a troca dos bicos artificiais a cada seis semanas, pois vão se formando algumas dobras mais difíceis de serem limpas, onde podem se acomodar bactérias e germes.

loading...





PontoXP © 2006-2017 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!