PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





COMO DIRIGIR COM POUCA OU MUITA LUZ

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Carros

COMO DIRIGIR COM POUCA OU MUITA LUZ

Dirigir em condições adversas é uma atitude arriscada para qualquer motorista, ainda mais quando o problema tem relação com o excesso ou a ausência de luz, que podem ser suficiente para impedir uma condução segura. Condições adversas no trânsito envolvem todos os fatores que podem prejudicar o real desempenho do condutor, aumentando a possibilidade de ocorrência de um acidente no trânsito. Levando isso em conta, você deve saber como dirigir com pouca ou muita luz.

O principal problema das condições adversas é que, além de serem várias, elas ainda podem aparecer em conjunto, tornando o perigo ainda maior. Além da luz, também podem ser condições adversas no trânsito as condições de tempo, vias, veículo e condutor.

Entender como dirigir com pouca ou muita luz é essencial para qualquer motorista, pois essa condição adversa refere-se às condições de iluminação em determinado local, que pode ter relação tanto com a luz natural, do sol, como também a artificial, elétrica. O excesso de claridade pode provocar ofuscamentos. Durante esse período, o condutor pode perder a visão por alguns segundos, o que representa tempo o bastante para que um grave acidente aconteça. Por outro lado, a falta de luz pode ainda ocasionar uma visão e percepção inadequadas no momento de conduzir. Como proceder nesses casos?

Saiba como dirigir com pouca ou muita luz de maneira segura

1. Luminosidade gerada por outros veículos

Ao transitar por uma via urbana, seja estrada ou rodovia, cruzar com um veículo em sentido contrário com farol alto pode causar uma cegueira momentânea, dificultando o controle do veículo. Alerte o outro condutor que sua luz alta está atrapalhando a visão, piscando seus faróis. Uma forma de driblar essa situação é desviar o foco de visão para o acostamento do lado direito.

2. Excesso de luz solar

Quando o excesso de luz incide em nossos olhos, é causado um ofuscamento momentâneo. Isso costuma acontecer com mais facilidade nos períodos da manhã e fim da tarde. Esse problema também pode ser resultado do reflexo da luz solar em objetos polidos, como pára-brisas, vidros ou latas. A única forma de evitar o ofuscamento caso nesse tipo de situação é se proteger usando uma pala de proteção, que é um equipamento obrigatório, ou um simples óculos de sol. Nesse momento, conduza com mais atenção, mantendo os faróis baixos acesos.

3. Situação de pouca visibilidade

Situações de pouca visibilidade nas estradas e rodovias são causadas por faróis com defeitos, mal regulados ou sem funcionamento, impedindo que o condutor perceba situações de risco a tempo de evitar maiores danos ao veículo e também a usuários da via. Essas situações podem ser causadas por desvios, acostamento em desnível, buracos na pista, locais interditados e outras situações.

Ao se deparar com tais empecilhos, dirija mais devagar, redobrando a atenção e ainda tomando o cuidado de manter seus faróis corretamente regulados, evitando dirigir com eles apagados ou quando estiverem com defeito. Caso as luzes do veículo apresentem problema durante a condução, peça o socorro de um guincho ou pare em um posto de combustível até que a condução se torne segura novamente.

Coloque as medidas acima em prática para evitar problemas no trânsito relacionados à iluminação.






PontoXP © 2006-2018 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!