PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





COMO AGIR QUANDO ALGUÉM ENGASGAR

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

COMO AGIR QUANDO ALGUÉM ENGASGAR

O problema da pessoa engasgada vai muito além do constrangimento de expor uma face avermelhada, tosse e falta de ar em uma mesa de jantar ou qualquer outro lugar público. Essas reações do corpo são armas do organismo para expulsar o alimento do local em que ficou preso na garganta, causando o engasgo para colocá-lo na via correta para o estômago. Porém, se a substância estiver mal mastigada e for engolida quase sólida, nem mesmo essa defesa natural pode ajudar a pessoa a se livrar da falta de ar. Para qualquer emergência com seus amigos, sua família e até consigo mesmo, é importante saber como agir quando alguém engasgar.

Causas do engasgamento

O problema acontece quando a faringe, porta de entrada da alimentação e da respiração. Há dois caminhos na faringe, um para a comida e outro para a respiração e ambos são orientados pela epiglote, uma espécie de tampa que fica na garganta. Porém, esta tampa abre e fecha involuntariamente, e quando você ingere a comida muito rápido ou respira mal por algum motivo, pode esbarrar nesse obstáculo e acabar “entrando pelo buraco errado”, como diz o dito popular sobre o engasgamento.

Saiba como agir quando alguém engasgar

Aquele hábito de bater nas costas da pessoa que está engasgando e outras soluções populares podem ser um grande erro. Em muitos casos que acabam na emergência do hospital, o erro começou já na hora de socorrer a vítima. Até mesmo a tradicional manobra de Heimlich, que é a pressão sobre o diafragma que faz os corpos estranhos serem expulsos pela traqueia, pode prejudicar quem está engasgando se a comida ficou alojada no esôfago, por exemplo, pois é preciso verificar primeiro exatamente onde a comida está alojada para pressionar o ponto certo do corpo e expelir.

A tradicional medida de beber água após se acalmar da irritação pode ser a primeira alternativa para melhorar o engasgamento, pois pode ajudar a comida a descer para o estômago, mesmo que a empurrando, lembrando que é preciso beber bem devagar. Mas se isso não acontecer, é preciso procurar um médico o mais rápido possível. Somente um endoscópio pode verificar onde o ”entupidor” está alojado e retira-lo sem comprometer o aparelho digestivo ou qualquer órgão do paciente. Os casos fatais de engasgamento são raros, porém a ajuda médico é fundamental para manter este número baixo.

Com crianças os cuidados devem ser redobrados

A maioria dos casos de engasgamento que chegam aos hospitais, são de crianças curiosas que gostam de levar tudo a boca: peças pequenas de brinquedo e até moedas são os favoritos. Isto é comum em determinada fase do crescimento, pois faz parte da descoberta do ambiente em que vive, porém é preciso tomar cuidado e não alimentar o hábito conforme elas crescem.

Nesses casos o engasgamento é mais provável de acontecer, pois o elemento que a criança está engolindo não deveria estar dentro de seu corpo e geralmente não foi mastigado antes de entrar, então o estômago e a garganta não estão esperando novidades. No caso das crianças é mais essencial ainda ir ao hospital retirar o objeto entalado, pulando até mesmo a etapa da ingestão de água.




Assine e Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail


Recomendamos para você

Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2016 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!