PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





COMO AGIR AO TER TRANSPIRAÇÃO EXCESSIVA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

COMO AGIR AO TER TRANSPIRAÇÃO EXCESSIVA

Como agir ao ter transpiração excessiva consiste em algumas mudanças de hábitos, que ajudam a reduzir a hiper-hidrose localizada, o que não chega a ser uma doença, mas um tipo de distúrbio que faz o suor em algumas partes do corpo ser demasiado. Os motivos desse distúrbio podem ser orgânicos ou psicológicos, sendo que em somente 1% dos casos é possível encontrar a sua exata causa.

A questão é que a hiper-hidrose localizada, que acomete especialmente regiões como palma das mãos, planta dos pés e axilas, é provocada por neuro-hormônios, como o cortisol. Eles são secretados em momentos de ansiedade e estresse, e podem interferir no funcionamento das glândulas sudoríparas écrinas.

Essas glândulas estão situadas em toda a derme (pele), com saída pelos poros. As do tipo apócrinas, que estão em especial nas virilhas e axilas, excretam suor pelo folículo pilossebáceo (pelos, também são afetados). Assim, a transpiração aumenta, independentemente da temperatura externa.

Tendência genética é uma das causas da transpiração excessiva e, nesse caso, a pessoa percebe o problema desde a adolescência, quando há crescimento da produção dos hormônios sexuais, estimulando ainda mais a sudorese, inclusive, nas axilas e na região genital.

Dicas de o que fazer ao ter transpiração excessiva

A hiper-hidrose também pode ser generalizada e provocar a transpiração excessiva em todo o corpo. Momentos de nervosismo também são a sua principal causa. Doenças que ativam o sistema nervoso simpático, como a hipertensão, além de infecções, problemas pulmonares, cardíacos e metabólicos (hipertireoidismo e hipoglicemia), como a diabetes, são outras origens da transpiração excessiva. Por isso, uma das dicas de como agir ao ter transpiração excessiva é buscar a razão e tratá-la.

Os calores comuns na menopausa e a ingestão de algum medicamento também podem estar associados à hiper-hidrose. Já quando existe predisposição genética, o melhor é aprender a conviver com o distúrbio, a partir de algumas medidas, como preferir os ambientes ventilados e usar roupas claras que retêm menos calor e que sejam de tecidos mais leves.

Outra dica de como agir ao ter transpiração excessiva é manter sempre depiladas as regiões onde o suor é mais excessivo, como axilas e virilha, o que vai colaborar para a evaporação do suor e reduzir o odor ocasionado pelas bactérias que se proliferam em áreas mais úmidas. Você também deve atentar para o uso de desodorantes, pois alguns causam alergia e, ao inflamar a região, agrava-se a sudorese.

Compressas com chá preto também ajudam, sendo que você pode aplicá-las nas regiões mais afetadas para diminuir o suor. Nessa erva, existe ácido tânico, que desacelera a produção da glândula sudorípara. Já os antitranspirantes obstruem os ductos das glândulas sudoríparas, reduzindo a produção de suor, mas essa nem sempre é a melhor opção, já que esses produtos têm muitas substâncias químicas que podem provocar efeitos colaterais.




Assine e Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail


Recomendamos para você

Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2016 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!