COMIDAS PREJUDICIAIS PARA CACHORROS

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

Quando convivemos muito tempo com um animal de estimação, começamos a tratá-lo como gente, e eles se tornam nossos melhores amigos. Principalmente o cachorro, que precisa sempre ter seu entusiasmo em relação ao dono correspondido além da troca de carinhos. A convivência com o cãozinho acaba tornando-o mesmo parecido com o dono, mas não é por isso que ele precisa desenvolver os mesmos hábitos, principalmente em se tratando de alimentação. Existem comidas prejudiciais para cachorros que devem ser evitadas para que não haja risco para sua saúde.

Os animais precisam comer o que seu organismo necessita, e comida humana não está nessa lista. Embora alguns alimentos que comemos diariamente possam não fazer mal aos animais, e alguns até trazer benefícios, é mais recomendável evitar acostumar seu cachorro a comer a mesma comida que você e deixa-lo só na ração. Ele pode sempre querer comer junto com você e dar o azar de encontrar no seu prato, algo que lhe faça muito mal. Respeite as diferenças do sistema digestivo dele, e saiba quais alimentos não são recomendáveis para a saúde do seu cãozinho:

Quais são as comidas prejudiciais para cachorros

grey COMIDAS PREJUDICIAIS PARA CACHORROS

Chocolate: o chocolate pode prejudicar muito os cães por causa de sua grande quantidade de gordura, que os cães ingerem e retém com mais facilidade que os humanos. O alimento pode causar vômitos e diarreia, além de dois outros compostos, a cafeína e a teobromina, que afetam diretamente o sistema nervoso do seu cachorro, deixando-o ofegante, agitado e com a pressão arterial elevado.

Lacticínios: o leite pode ser bom para os cães na sua fase de amamentação, mas depois de adultos, pode ser prejudicial. O leite que ingerimos todos os dias e seus derivados são muito fortes para as enzimas dos cachorros, que não consegue digeri-los corretamente. Os lacticínios podem causar vômitos e diarreia.

Alimentos mofados: muitas pessoas criam o péssimo hábito de dar restos de comida que não vão mais consumir ou alimentos que estragaram por falta de uso para os cachorros, os de rua são os que mais utilizam dessa mania do ser humano para se alimentar. Assim como o ser humano, o cachorro pode ter problemas sérios no estômago por consumir comida estragada.

Cebola e alho: no meio desses restos de comida estão dois inimigos do estômago do animal – a cebola e o alho, que para nós são temperos que dão gosto a comida. Na cebola há compostos como o tiossulfato e o organosulfurados, que podem causar danos ao sistema digestivo do cão e tornar a ingestão mais difícil para ele. Já o alho pode até ser um veneno para ele. Os primeiros sinais de reações a cebola e ao alho que são cão pode dar são vômitos, diarreia, fraqueza e reações alérgicas.

Uva: o consumo de uvas pode afetar a saúde do seu cão por causa da insuficiência renal que pode provocar. O tratamento para o problema pode demorar muito e não ser suficiente para salvar seu cãozinho da intoxicação.

Comida de gato ou de bebês: tudo bem querer tratar o cachorrinho como um filho, mas dar a ele comida de outros tipos de animais ou de bebê já é uma atitude imprudente. Você daria a um bebê comida de cachorro? Com o cachorro deve-se ter o mesmo pensamento. A comida de gato tem muita proteína e um alto teor de gordura, além de conter cebola em pó, substâncias que já foram citadas como prejudiciais ao seu cão.




Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail




Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2013 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!