DICAS PARA CRIAR SENHAS MAIS SEGURAS

DICAS PARA CRIAR SENHAS MAIS SEGURAS

Com diversas falhas e vírus nos sistemas de segurança pela internet, é comum se sentir inseguro na hora de criar uma conta on-line e acrescentar dados pessoais e até informações bancárias e financeiras. Uma senha para guardar tudo isso parece não ser mais o suficiente para sua segurança. Nesse artigo vamos ensinar algumas dicas para criar senhas mais seguras e evitar transtornos.

Tentando burlar os hackers, alguns sites têm criado combinações para tornar o acesso a sua senha mais difícil, pedindo números de caracteres que a compõe ou obrigando a mesclar letras com números. Mas nem sempre as combinações criadas a partir dessas regras são livres de fraude, já que alguns ladrões de informações podem utilizar probabilidade para desvenda-las ou às vezes ficam tão complexas que nem mesmo você, o dono, conseguiria lembrar. Mas não precisa se desesperar a desapegar de todas as alternativas on-line. Veja dicas abaixo:

Principais dicas para criar senhas mais fortes e seguras

1. Aposte nas senhas longas: como dito anteriormente, longas combinações de palavras com números e outros caracteres podem sim confundir sua memória e fazer você se esquecer da própria senha que criou. Mas, apostar em senhas longas ainda é uma boa opção se você substituir uma combinação complicada por uma frase.

Prefira frases de efeito, alguma que você saiba de cor ou se identifique, é preciso que ela faça sentido para você para que se lembre sempre que precisar. Evite repetir esta frase em redes sociais como citações, mesmo que seja muito significativa, pois desse jeito você pode estar deixando uma pista do que usaria como senha.

2. Utilize caracteres: para deixar a frase mais difícil e escapar das suposições, você pode até utilizar vírgulas, arrobas e números na composição dela. Mas nunca misture no lugar de letras, prefira utilizar os novos elementos substituindo o espaço.

3. Caixa alta: outra estratégia que funciona é utilizar caixa alta. Pode ser em algumas letras específicas, das quais você irá se lembrar depois, no início ou no fim das palavras.

4. Tente não repetir suas senhas: uma senha para o banco, outra para o site de compras, outra para as redes sociais. Com tantos cadastros que giram em torno da sua vida hoje, é normal querer unificar e utilizar a mesma senha para todos, para que você não esqueça e facilite as operações.

Mas esse hábito pode ser muito perigoso. Se um hacker lutar para descobrir sua senha em um site, com o mesmo e-mail e combinação de caracteres, ele pode abrir seu cadastro em outro, depois outro, e então você não terá somente um problema de invasão para lidar.

5. Mude sempre sua senha: mudar sua senha mais de três vezes ao ano diminui as chances de ser hackeado. Tente estabelecer um cronograma e sempre utilize as dicas citadas a cima para criar a nova senha.

BRASIL SEM VÍRUS – WWW.BRASILSEMVIRUS.COM.BR

MOVIMENTO BRASIL SEM VÍRUS – Você já teve ter passado pela situação de ter um vírus em seu computador. Se ainda não teve essa experiência, sinta-se uma pessoa de sorte, pois muitos já perderam todos os seus arquivos importantes devido a hackers e ataques virais, geralmente por e-mail ou quando se faz um download de um conteúdo desconhecido na internet. Pensando nisso, o Comitê para Democratização da Informática, juntamente com o portal TechTudo estão apoiando o movimento Brasil sem Vírus, que realizará a vacinação do maior número de computadores em todo o país.

BRASIL SEM VÍRUS - BRASILSEMVIRUS.TECHTUDO.COM.BR

O movimento Brasil sem Vírus irá vacinar os computadores do país contra ataques de hackers, programas que monitoram seus arquivos e ataques de vírus, além de alertar a população brasileira sobre como é possível navegar na rede sem correr riscos.

A internet é uma importante e necessária ferramenta para mudanças sociais, informações rápidas, conhecimento aprofundado e relacionamento entre as pessoas. Porém, ela deve ser usada com segurança, caso contrário deixa de ser uma aliada para tornar-se inimiga. Nos dias de hoje, 80% dos brasileiros já foram vítimas de algum crime virtual. Vale lembrar que atualmente os jovens e crianças têm acesso a rede, aumentando os riscos.

São mais de 200 mil vírus em circulação pelo Brasil e, segundo estatísticas, a cada 39 segundos, um hacker está atacando um computador do país. Desta maneira, qualquer pessoa pode estar sujeita a um ataque e nem ficar sabendo, somente depois que o computador já estiver contaminado.

Se o seu computador já possui um bom antivírus, participe do movimento alertando as pessoas. Acesse o site http://brasilsemvirus.techtudo.com.br e clique na opção “Seja um voluntário”. Dessa forma você estará disseminando o movimento para todos os seus amigos. Quanto mais pessoas participarem, mais rápido os computadores ficarão protegidos contra as ameaças da rede.

Caso você queira proteger a sua máquina, basta clicar em “Vacine já seu computador”. Não fique de fora da campanha e vacine agora mesmo a sua máquina caso ela ainda esteja desprotegida. Compartilha com seus familiares e amigos a campanha e ajuda a alertar toda a sociedade contra os crimes da internet e os vírus que podem contaminar os computadores.

ANTIVIRUS PARA ANDROID – TABLET, SMARTPHONE, CELULAR

ANTIVIRUS PARA ANDROID - TABLET, SMARTPHONE, CELULAR

ANTIVIRUS PARA ANDROID – Poucas pessoas sabem, mas a muito tempo existem vírus e pragas digitais para celulares e smartphones, com a popularização dos aparelhos, aumentam também os casos de pessoas que tiveram os mesmos infectados. Uma boa forma de evitar que isso aconteça é através da utilizar antivírus no seu smartphone. AVG é bastante conhecido pelos usuários de computador, e aqueles que utilizam smartphones, tablets com Android também poderão ter o AVG antivírus nos seus aparelhos.

Assim como o AVG para computadores, o AVG Android é totalmente gratuito e pode ser baixado direto do seu celular. Além dos smartphones, usuários que tiverem Tablets com sistema operacional Android também poderão instalar o AVG Mobilation para Android gratuitamente.

O download só poderá ser realizado através do seu aparelho Android, acessando a página do Android Market ou então acessando a página oficial do AVG Brasil através do endereço www.avgbrasil.com.br/antivirus-para-android lá você encontra o link direto da Android Market ou baixa o aplicativo através de imagem QR Code (para ler é só instalar um leitor de códigos de barra no seu aparelho). Totalmente em português brasileiro e 100% gratuito o AVG para Android irá ajudar a manter seu celular ou tablete livre de vírus ou ameaças que possam comprometer a segurança dos seus dados.

ANTIVIRUS PARA ANDROID – TABLETS, SMARTPHONES, CELULAREShttp://www.avgbrasil.com.br/antivirus-para-android

VÍRUS DO ORKUT – COMO TIRAR

VÍRUS DO ORKUT - COMO TIRAR

VÍRUS DO ORKUT – Quem é viciado em orkut já sabe que existiram algumas falhas de segurança na rede social do Google no decorrer de sua história. E sempre que parece que tudo está bem, uma nova ameaça aparece. Normalmente, essas ameaças possuem a intenção de "colaborar" com a segurança da rede social, alertando o Google a criarem medidas de prevenção, mas o que podemos esperar de fato dos criadores desses vírus?

Quem não se lembra do último episódio que aconteceu em setembro, onde o chamado "vírus do orkut" afetou mais de 180 mil perfis em 11 horas de disseminação? Tirando proveito de uma falha existente no processamento de recados, o programa forçava o navegador a executar códigos Javascript, fazendo com que o usuário se tornasse membro da comunidade "Vírus do Orkut".

Um episódio anterior a esse, e bem semelhante, atingiu mais de 600 mil usuários em 24 horas. Um problema sério é que tais vírus de orkut não possuem uma forma de prevenção, ou de "desinfecção", onde a única saída é aguardar uma solução do próprio Google, pelo fato desses vírus estarem presentes em sua página de recados.

A dica que damos nesses casos é que você apague qualquer scrap suspeito de sua página do Orkut. A maioria desses vírus são executados através de um link que deve ser clicado, outros casos são mais sérios, como o vírus citado acima, onde apenas a visualização da mensagem já executa o código em seu navegador.

BLOQUEAR FACEBOOK – Internet Explorer 6 ainda é usado pelas empresas para bloquear Facebook

Depois de tantos anos que o Internet Explorer 6 foi teve o suporte desativado e caiu no esquecimento da Microsoft, ainda existem muitas empresas que utilizam bastante o famoso navegador, mesmo com tantas limitações de recursos. Para quem não se lembra, o IE6 sequer tem abas para navegação, algo tão comum hoje em dia com qualquer navegador.

Agora, sabem o motivo das empresas ainda usarem o IE6 para as tarefas das empresas? Simplesmente porquê, segundo o técnico de segurança da Microsoft Austrália, Stuart Strathdee, o navegador não oferece suporte ao Facebook, dessa forma os funcionários não podem perder tempo na rede social enquanto trabalham.

Segundo palavras do executivo: "As companhias estão felizes em permanecer com o IE6 porque a maioria dos sites de redes sociais e sites não permitidos não funcionam corretamente com versões anteriores do IE" (nesse caso, a versão 6).

Mesmo com o navegador totalmente obsoleto no mercado, as empresas ainda lutam para combater a ociosidade de seus empregados, e evitar que percam dinheiro, da mesma forma que aconteceu com o "doodle" do Pac-Man que a Google fez, e que em três dias, deu um  prejuízo de centenas de milhões de dólares devido à ociosidade dos funcionários das empresas em todo o mundo. Você pode ler essa notícia aqui no site (link http://www.pontoxp.com/2010/05/27/homenagem-da-google-para-pac-man-saiu-mais-caro-do-que-parece/).

Via: itproportal.com

QUEBRAR SENHA WIRELESS – WEP, WPA e WPA2 – Rede Sem Fio

Rede Wireless ou Rede sem fio, como é mais conhecida, uma tecnologia que trouxe muita praticidade para quem trabalha com notebook ou até mesmo acessa a internet através de celular e Smartphones. Infelizmente nem tudo é maravilha, quem mora em apartamento sabe que deve ter muita segurança por trás de Rede sem fio, pois com poucos conhecimentos uma pessoa consegue "Roubar" e acessar a internet através de algum Roteador Wirelless que não obtêm uma segurança suficiente para impedir que Hackers ou até mesmo pessoas que tenham um conhecido básico sobre Redes, consigam acessar com facilidade as Redes Sem Fio e através disso conseguir não somente a conexão com a internet, como também a posse da Maquina no qual o Rede esta ligada.

Existe programas nos quais impedem que os hackers consigam invadir uma rede, entre eles existe: WEPWIRED EQUIVALENT PRIVACY, WPAWi-Fi PROTECTED ACCESS e WPA2Wi-Fi PROTECTED ACCESS 2, na escala de segurança os profissionais informam que quem usa o WEP não esta seguro, devido ao motivo que ele deixa falhas conforme o tempo e facilita muito um hacker quebrar o acesso. Já as seguranças feitas pelo WPA e WPA2 são mais resistentes e são mais raros os casos nos quais os invasores conseguem o sucesso.

Se você dúvida do que estamos informando, veja o vídeo abaixo e confira como não é muito difícil QUEBRAR a SENHA WIRELESS, em apenas 04 minutos o invasor já consegue completar a sua invasão.

Se você deseja saber o que fazer para Proteger a sua Rede Wireless contra os hackers, acesse o link abaixo.
http://www.pontoxp.com/2010/02/19/proteger-rede-wireless-protecao-contra-os-hackers-rede-sem-fio/

Sony pode estar de volta com rootkits

sony_logo.gif

A firma de segurança F-Secure afirmou que seu software BlackLight, de detecção de rootkits, encontrou o que parece ser mais um rootkit em produtos da fabricante japonesa Sony.

A empresa já havia sido criticada por uma leva de CDs vendidos em 2005 com proteção DRM que instalavam um programa rootkit, conhecido como BMG XCP, para serem reproduzidos em computadores, conforme noticiou o site The Inquirer.

Agora, o produto com a proteção seria o Sony MicroVault USM-F, um dispositivo USB com um leitor de impressão digital embutido. Quando inserido no computador, o USM-F instala um driver que esconde uma pasta no caminho "c:Windows", pasta principal do sistema operacional, e lá permanece invisível.

O problema deste, e de outros rootkits, é que eles criam um espaço inacessível à maior parte dos aplicativos antivírus, sendo utilizados indevidamente por criadores de malware para instalar pragas e infestar sistemas, o que não seria diferente neste novo caso.

A F-Secure afirmou, todavia, que a pasta é escondida para proteger a autenticação biométrica do dispositivo, mas criticou a técnica e declarou ser inadequada. Após tentar contato com a Sony, a firma de segurança não recebeu resposta.

A F-Secure ainda declarou que este parece ser um produto antigo que possivelmente não é mais fabricado, contudo ainda pode ser encontrado para venda.

A companhia comentou também as acusações de que o game recém-lançado BioShock instalava uma ferramenta semelhante, o que apesar de falso gerou comoção pelo fato da proteção do software ter sido feita pela Sony.

Informações adicionais podem ser lidas no site da F-Secure.

Detalhes sobre o Windows Vista SP1

                                                              Windows Vista logo

Depois de meses de especulações, a Microsoft resolveu revelar alguns detalhes sobre o primeiro Service Pack (SP) do Windows Vista. A atualização trará aprimoramentos em segurança, suporte a novos dispositivos de hardware e performance.

Segundo a própria Microsoft, tal atualização estará disponível em 3 maneiras: Express, Stand-alone e Splipstream. No formato Express, o usuário baixará um pequeno pacote de cerca de 50MB, aplicados a plataforma X86 (32bit), que fará as mudanças necessárias. Este pacote é recomendado para quem tem conexão de internet lenta (dial-up).

A opção Stand-alone (completa) é recomendada para computadores com conexão ilimitada à internet. O download será maior que a versão Express, mas trará todas as linguagens e combinações de instalação em um só pacote. Será necessário acesso administrativo ao sistema para instalar a opção Stand-alone.
Para esta atualização, a Microsoft recomenda que se tenha um mínimo de 7GB em disco livres (para computadores X86 (32bit)), e 12GB (para computadores X64 (64bit)).

Entre os aprimoramentos de segurança anunciados pela empresa de Redmond, estão: upgrade ao serviço BitLocker de criptografia para drives, garantindo uma autenticação mais segura do usuário. Será possível fornecer aos usuários uma chave de entrada que ficará gravada em um dispositivo de armazenamento USB, além de um código PIN gerado pelo usuário.
Para administradores, o SP1 permitirá ao BitLocker criptografar drives adicionais. Eles encontrarão também mudanças na hora de definir políticas de grupo. Para simplificar o gerenciamento de políticas de grupo, o SP1 removerá o console de gerenciamento. Isso significa que os usuários terão de baixar um aplicativo adicional enquanto a nova versão aprimorada do gerenciador não fica pronta.

A Microsoft promete também uma maneira mais segura de comunicação com o seu centro de segurança através do SP1. Um novo API permitirá aos aplicativos de segurança e detecção de ameaças a funcionar com a proteção de patch do kernel em sistemas Vista x64. O SP1 permitirá também a assinatura de arquivos Remote Desktop Protocol (RDP), tornando a utilização de aplicativos remotos mais segura.

No quesito Hardware, o SP1 do Windows Vista incorporará padrões emergentes como exFAT (Extended File Allocation Table), um sistema de arquivos para Flash drives. Ele funciona também com acesso direto à memória (DMA) em dispositivos Secure Digital (SD), melhorando drasticamente a velocidade de transferência e diminuindo a utilização da CPU.

Computadores com sistemas operacionais x64 poderão efetuar o boot através da EFI, que é considerada um upgrade ao padrão BIOS tradicional.

Com o SP1 do Windows Vista, o Direct3d 10.1 também virá incluso, um API 3D para jogadores, utilizando hardware gráfico avançado. Por fim, a sistema atualizado funcionará com o protocolo SSTP (Secure Socket Tunneling Protocol), que efetua acesso remoto através de rede de maneira transparente para firewalls e servidores proxy.

A Microsoft anunciou também melhorias no funcionamento das placas de vídeo modernas, utilização de displays externos em laptops, configuração de sistema por rede, atualização de XP para Vista, funcionamento com drivers de impressão e entrada e saída do modo hibernação.

Problemas de performance também foram resolvidos, e o SP1 inclui atualizações associadas com cópia e extração de arquivos, atrasos na abertura de diálogo de arquivos em sistemas conectados à domínios de rede, utilização de CPU do Internet Explorer 7, consumo de bateria e atrasos no logon, de acordo com a Microsoft.

Este Service Pack (SP) também incluirá todas as atualizações antigas do Windows Vista.