DEPILAÇÃO EGÍPCIA – COMO FAZER, PASSO A PASSO

DEPILAÇÃO EGÍPCIA – A depilação é quase um ritual para muitas mulheres. Todos os meses, sessões de depilação são feitas nos centros de beleza ou mesmo em casa. Algumas mulheres usam a cera quente ou fria, outras preferem o uso de aparelhos e depiladores. Ainda existem aquelas que não arrancam os pelos, mas somente os cortam com uma lâmina, e outras passam cremes depilatórios para retirar os indesejáveis pelos das regiões onde, para muitos, eles nem precisariam ter crescido. Outra técnica que é conhecida internacionalmente e está fazendo muito sucesso no Brasil é a Depilação Egípcia.

DEPILAÇÃO EGÍPCIA

Esse tipo de depilação é feito há muitos anos em vários países orientais e consiste em utilizar como material uma linha de poliéster. Essa técnica não possui nenhuma contraindicação e não provoca alergias. Além disso, ela reduz significativamente os pelos da área onde o processo de depilação está sendo realizado e não engrossa os pelos.

A Depilação Egípcia oferece ótimos resultados para quem a utiliza, eliminando até 95% dos pelos, sem prejudicar ou modificar a estrutura. Esta técnica possui muita qualidade, como diversas outras técnicas de depilação, e garante durabilidade. Ela deve ser feita a cada 30 ou 40 dias, dependendo da pessoa. Muitas mulheres fazem mais de um processo de depilação por mês, principalmente aquelas que retiram seus pelos utilizando lâminas. Por isso a depilação egípcia é tão boa, pois garante que os pelos demorem a crescer além de não irritar a pele.

Essa técnica de depilação ode ser realizada em qualquer parte do corpo e até mesmo do rosto, tanto em homens como em mulheres. A depilação egípcia possui outras vantagens como não provocar manchas, alergias, não deixa a pele flácida e não encrava os pelos. Além de arrancar os pelos, o atrito do fio com a pele permite que o procedimento retire as células mortas, deixando sua pele com mais qualidade.

DEPILAÇÃO

Se você tem a pele um pouco mais clara, este tipo de depilação pode provocar um pouco de vermelhidão no local onde o processo foi feito. Porém você não precisa se preocupar, pois este vermelho desaparece poucos minutos depois. Caso você seja sensível, pode sentir um pouco de dor nas primeiras sessões, mas muitas pessoas nem sentem os pelos serem arrancados.

COMO FAZER DEPILAÇÃO EGÍPCIA, PASSO A PASSO

DICAS PARA USAR RABO DE CAVALO ALTO

DICAS PARA USAR RABO DE CAVALO ALTO

O rabo de cavalo chegou para ficar e não é de hoje que ele está em alta na hora de compor looks elegantes e modernos. Mas nem todo mundo consegue deixar o penteado como gostaria, por isso, as dicas para usar rabo de cavalo alto vão ajudar a produção a ficar perfeita.

Quem possui muito cabelo ou fios mais grossos pode ter dificuldade em fazer um rabo de cavalo alto, porém, alguns truques tornam a produção mais simples. Para tanto, é preciso ter à mão um elástico grosso de cabelo, grampos e spray de brilho anti-frizz. No caso dos grampos, o recomendado é que eles possuam a cor dos seus fios, para ficarem discretos.

O primeiro passo é fazer um rabo de cavalo alto com as mãos e a ajuda de uma escova que segure bem os fios. Depois, é preciso prender o rabo com o elástico e colocar dois grampos verticais presos a ele. Para arrematar o penteado, utilize uma mecha de cabelo para esconder o elástico e os grampos. O spray deve ser aplicado ao final para manter o penteado por mais tempo.

Outra das dicas para usar rabo de cavalo alto consiste em separar a parte da frente do cabelo em duas mechas e prendê-las. O restante dos fios deve ser puxado para serem presos atrás, no alto da cabeça. O próximo passo é usar um pente fino para desfiar uma das mechas que anteriormente foi separada e presa.

Faça isso com a mecha do topo da cabeça, sendo importante usar pomada ou cera em pó para estruturar os fios, que devem ser incorporados ao rabo de cavalo. Por fim, a mecha da franja que foi separada antes deve cobrir a mecha incorporada aos fios do rabo de cavalo, com grampos. Aqui, vale a mesma dica de usar uma pequena mecha para encobrir o elástico e finalizar o penteado com spray fixador.

Mais dicas para usar rabo de cavalo alto

Outra forma simples de deixar o rabo de cavalo alto da forma que você deseja é dividindo o rabo ao meio com os próprios dedos, uma mecha deve ficar em cima e a outra embaixo. Depois, colocar uma das mechas para trás, a de cima, virando os fios para cima, para ser presa sobre o rabo de cavalo com uma piranha, por exemplo.

No próximo passo, é preciso usar um pente fino para desfiar os fios da mecha que ficou presa com a piranha. Ao final do procedimento, para que os fios fiquem levemente desfiados, a dica é aplicar spray fixador, o que vai permitir a maior durabilidade da produção. Para ajudar na finalização do penteado, é possível ainda usar secador de cabelo.

COMO MANTER CACHOS DEFINIDOS

COMO MANTER CACHOS DEFINIDOS

Quem possui cabelos cacheados sabe que nem sempre é fácil definir os cachos, ainda mais se os fios forem finos. Porém, existem alguns truques muito úteis na hora de saber como manter cachos definidos. Se você quer apostar na beleza dos seus enroladinhos confira as dicas a seguir.

A primeira delas é básica: é preciso usar sempre os produtos de cabelo que sejam próprios para ele, sejam xampus, condicionadores, creme para pentear e outros. Outro item essencial para os cachos permanecerem definidos é a hidratação, sendo que para um tratamento intensivo pode ser necessário fazê-la duas vezes por semana.

O melhor é que a hidratação seja realizada depois de lavar os fios com xampu e condicionador. Você pode fazer o tratamento em casa mesmo, sendo que existem várias receitas caseiras eficientes. No entanto, é essencial que ao final da hidratação o seu cabelo seja muito bem lavado, com água morna, para não deixar resíduos.

Outras dicas são: retirar o excesso de água depois de lavar o cabelo e antes de passar o creme de hidratação nos fios e nunca deixar o produto por mais tempo na cabeça do que o indicado. Quem tem o cabelo cacheado e não quer perder as suas molinhas deve ainda usar sempre pente com dentes largos.

Mais dicas de como manter cachos definidos

Outra das dicas básicas de como manter cachos definidos é deixar os fios soltos, inclusive, depois de lavar o cabelo. Nessa hora é possível ainda se valer dos reparadores de pontas, que devem ser aplicados em pouca quantidade na palma da mão. Depois de esfregar entre as mãos, passe o produto apenas na largura do cabelo.

Mais próximo à raiz, as mãos devem estar levemente sujas com o produto, sendo que a melhor forma de aplicar o reparador de pontas é “amassando” os fios. Para tanto, use a mão direita para moldar os cachos do mesmo lado, pegando-os por baixo, colocando-os na mão, que vai se fechar levemente, apertando-os.

O mesmo deve ser feito do outro lado e quem possui cabelo oleoso deve ter muita moderação ao usar o reparador de pontos. Da mesma forma, é preciso cuidar com a quantia aplicada nos fios ao usar cremes para pentear, que também ajudam a modelar os cachos. Outra dica para soltar os fios é fazer movimentos circulares no couro cabeludo, a fim de soltar a raiz.

Assim como para todos os tipos de cabelo, a água quente prejudica os fios, além de aumentar a sua oleosidade natural. Quando for possível, enxague o cabelo com água fria, sendo que a morna é uma alternativa para os dias frios. Outra dica para fios cacheados é desembaraçá-los durante o banho, com os dedos, com cuidado para não danificá-los.

O QUE FAZER PARA MANTER BARBA LONGA

O QUE FAZER PARA MANTER BARBA LONGA

A barba longa está ganhando o devido respeito que merece, já que nem sempre ela é vista com bons olhos. No entanto, está na moda e assim mais homens finalmente resolveram deixá-la crescer. Quem está sentindo dificuldade em dar comprimento aos fios pode conferir o que fazer para manter barba longa.

No entanto, especialistas indicam que é melhor que a barba não ultrapasse os 10 centímetros abaixo do queixo, isso para não alongar demais o rosto. Aparar a barba é uma forma de mantê-la bonita, mas também de ajudá-la a ganhar comprimento. Seja no barbeiro ou em casa, é recomendado que a barba seja aparada uma vez por semana, o que pode ser feito com tesoura ou máquina.

Também é útil o uso de um pente para ajudar a nivelar os fios. Já para fazer o contorno das bochechas e do pescoço é adequada máquina ou lâmina. O momento mais propício para o procedimento é logo após o banho, quando é mais fácil cortar a barba, pois os instrumentos deslizam melhor, uma vez que os poros estão abertos devido à água quente.

A alternativa é usar uma toalha úmida quente. Para fechar os poros ao final do procedimento, use água fria para enxaguar o rosto ou use novamente o truque da toalha, mas dessa vez ela deve estar úmida e fria.

Mais dicas sobre o que fazer para manter barba longa

Na hora de desenhar os contornos da barba, é indicado usar creme, gel ou espuma para barbear, o que ajuda o procedimento. Já quem costuma apresentar pelos encravados pode utilizar esfoliante na pele para evitar o problema. Quem preserva o bigode além da barba precisa ter os mesmos cuidados para mantê-lo em ordem, como aparar os fios com uma tesoura pequena.

É importante que o bigode seja cortado na altura do lábio ou levemente acima dele, além de ficar mais bonito, trata-se de uma questão de higiene. Mesmo quando a ideia é apenas aparar barba e bigode e desenhar os seus formatos é indicado finalizar o procedimento com pós-barba.

Para amaciar a barba e fazê-la incomodar menos, o que pode acontecer quando o homem começa a deixá-la crescer mais do que o costume, é aplicar condicionador de cabelo nos fios. É importante deixar o produto agindo por alguns minutos antes de enxaguar. Você pode usar ainda o xampu anteriormente, para lavar bem a barba, que merece os mesmos cuidados do cabelo e da mesma forma devem ser bem lavados.

Quem prefere caprichar no tratamento pode ainda encontrar os xampus específicos para barba, que já existem no mercado. Outra opção é usar o óleo de barba que serve para proteger os fios do sol, assim, ela não fica ressecada. Quem tem fios arrepiados pode usar o reparador de pontas, normalmente utilizado por mulheres.

DICAS PARA FAZER MANICURE MASCULINA

DICAS PARA FAZER MANICURE MASCULINA

Engana-se quem pensa que os cuidados com as unhas são exclusividade das mulheres. Os homens também podem ter a mesma atenção, pois acima de tudo é uma questão de higiene. Por isso, as dicas para fazer manicure masculina são importantes, veja quais são elas.

Além de apostar na aparência, o que é uma preocupação cada vez mais comum nos homens, cuidar das unhas é uma forma de evitar contaminações e infecções, já que as unhas compridas podem acumular sujeira sob elas. Além disso, as unhas masculinas tendem a crescer de modo mais rápido em comparação às mulheres e nesse sentido a atenção deve ser ainda mais frequente.

As unhas dos homens também são mais resistentes, o que pode exigir um pouco mais de força na hora de cortá-las e lixá-las. Mesmo assim, quem deseja deixar o trabalho para uma profissional pode fazer isso em salões de beleza que já oferecem a manicure masculina. O procedimento é basicamente o mesmo oferecido ao público feminino.

Porém, uma das diferenças é que para os homens é oferecida a base incolor sem brilho. Mesmo em casa é possível ter todos os cuidados que as unhas exigem. Para cortar as unhas o homem pode não apenas usar o cortador, como também uma bacia de água morna e sabonete líquido antibacteriano para ajudar a amolecer a unhas.

Mais dicas para fazer manicure em homens

Caso o homem queira passar uma base, ele pode empurrar a cutícula com cuidado, o que pode ser feito com o instrumento próprio para isso. O empurrador de cutícula de aço inoxidável é bastante eficiente para fazer o serviço, sendo fundamental esterilizá-lo antes de usá-lo com álcool. Outra dica é usar o amolecedor de cutículas e uma escova de unha.

Além das unhas das mãos, o mesmo cuidado pode ser dado às unhas dos pés, sendo que o primeiro passo é deixá-las imersas em água morna com um pouco de sabonete líquido por alguns minutos para facilitar o trabalho. Com a escova é possível remover os resíduos de sujeira que estiverem embaixo das unhas.

Depois de 10 minutos é possível tirar as unhas da água e começar a cortá-las. O melhor é seguir o seu formato, que geralmente é arredondado, e ao final lixar uma por uma para eliminar as imperfeições e pontas. Quem quiser usar o amolecedor de cutículas essa é a hora, sendo necessário esperar um minuto para então começar a empurrá-la com uma espátula própria.

Por fim, é possível usar a base sem brilho, que vai manter as unhas fortes. Já para a pele seca das mãos e dos pés e mesmo para possíveis calosidades que aparecerem uma dica é usar uma pedra-pomes que pode reduzir a aspereza. Ela deve ser esfregada com leveza sobre a pele, depois, aplique creme hidratante na região.

TENDÊNCIA DE PIERCING NAS UNHAS

TENDÊNCIA DE PIERCING NAS UNHAS

A última tendência de piercing nas unhas está dando o que falar. A moda deixa o visual extremamente charmoso, mas é preciso saber como segui-la sem errar, já que exige alguns cuidados. Confira as dicas para apostar nessa tendência cheia de charme.

Em geral, o piercing de unha é usado com outros enfeites, como as aplicações e texturas, que deixam a produção super exuberante. Além de piercings, é possível ainda usar os pingentes junto. No entanto, para que dê certo a aplicação as unhas devem estar bem fortes, além de contarem com um pouco de comprimento.

Existem diferentes modelos de piercing para as unhas, sendo que é importante escolher um que não seja muito grande e que pode trazer desconforto. Quem é nova em usar a tendência pode começar optando pelos acessórios menores, como as argolas delicadas sem o pingente.

Com o tempo a pessoa vai se acostumando e, em pouco tempo, é possível adicionar o pingente, até mesmo para mudar o visual, já que sempre que a unha receber esmalte novo é preciso removê-lo temporariamente. Já para aplicar o piercing é preciso fazer um furo na unha com agulha quente ou com broca própria para unha.

Na hora de fazer o furo, é preciso ter cuidado ao manusear os instrumentos para não se machucar. Além disso, o furo não pode ser muito rente à borda da unha, ainda mais se for aplicado ainda um pingente no piercing, pois nesse caso existe o risco da unha rachar em pouco tempo devido ao peso.

Mais dicas para seguir tendência de piercing nas unhas

Outra dica para colocar o piercing na unha é escolher um dos seus cantos para fazer o furo, o que deixa o visual mais harmônico e charmoso. Embora seja óbvio vale lembrar que a aplicação do piercing deve ser feita sempre ao final da produção. Ou seja, depois que as unhas estiverem prontas é que elas podem receber os acessórios.

Mesmo quem gosta de visuais mais discretos pode apostar na tendência de piercing nas unhas. Para tanto, a dica é deixar todas as unhas da mesma cor, com a cor de esmalte da sua preferência e depois aplicar um piercing pequeno, apenas com a argola. Já quem prefere o visual mais glamoroso pode aplicar strass, pérolas ou outros enfeites da mesma cor do piercing, que costuma ser prateado ou dourado.

A mesma dica é válida para quem gosta de fazer desenhos nas unhas. Assim, o resultado fica mais elegante. Mas, na realidade, não existem regras e quem deseja usar o piercing na unha pode estar com elas do jeito que quiser, mesmo com base apenas. No entanto, é importante que as unhas estejam bem limpas e cortadas, já que a tendência chama a atenção e as suas unhas serão mais observadas.

DICAS PARA USAR UNHA STILETTO

DICAS PARA USAR UNHA STILETTO

As tendências na hora de investir no look das unhas não param de trazer novidades inovadoras. A última delas é sair do estilo quadrado ou arredondado e apostar em unhas pontiagudas. Que tal? Também quer? Então, se ligue nas principais dicas para usar unha stiletto.

Para quem não sabe, vale dizer que esse tipo de unha já foi sucesso, isso ainda nos anos 60 e 70, sendo que agora a responsabilidade pelo seu retorno é de algumas celebridades, como Rihanna e Lady Gaga. Mas quem deseja apostar no mesmo look deve ter cuidado para deixar as unhas bem feitas.

Uma das dicas para usar unha stiletto é começar cortando-as com um alicate na diagonal, para que fiquem bem pontiagudas. Depois, é preciso lixar as laterais da unha, a fim de deixá-la mais fina na ponta, ou seja, ela fica quase no formato triangular. As principiantes que não querem começar ousando demais na produção podem apenas lixar os cantos, sem cortar.

Desse jeito, elas vão chegar ao estilo stiletto amendoado. Quem gostar, aos poucos pode, cada vez mais, deixar as unhas pontiagudas. Pensando em praticidade, vale dizer que esse formato de unha tem a vantagem de quebrar menos.

Isso se dá, em especial, pela ausência de pontinhas laterais que costumam quebrar com mais facilidade, inclusive, quando estão no formato quadrado. Desde a década de 90 esse tipo de unha tornou-se a preferida das celebridades e, por consequência, do público, mas agora vem perdendo terreno.

Mais dicas para usar unha stiletto

Embora a unha stiletto possa ser usada por qualquer pessoa, ela é ainda mais indicada a quem possui os dedos gordinhos e curtos, uma vez que o formato ajuda a alongar os dedos, deixando-os mais fino também. Quanto aos esmaltes, entre as dicas para usar unha stiletto está apostar nos cremosos, que deixam o visual muito charmoso.

Outra dica é usar a tendência com um estilo pin- up ou mesmo francesinha invertida. Porém, o que está sendo mais usado é pintar ou decorar as unhas apenas a partir do triângulo, assim, a parte da unha que tem o dedo por baixo fica sem esmalte. Além disso, a pintura da parte triangular pode ter a forma triangular também, assim apenas as bordas ficam coloridas.

Outra dica é mesclar duas tonalidades de esmaltes, nude e escuro, por exemplo, uma no comprimento da unha e a outra apenas na unha por cima do dedo. Enfim, são várias as maneiras de pintar e decorar as unhas que seguem o estilo stiletto. Além disso, o truque final é não se precipitar. Você pode estar com as unhas curtas e lixar as laterais e, à medida que elas crescerem, continuar lixando do mesmo jeito até que fiquem bem pontiagudas.

COMO CONSEGUIR UM ABDÔMEN DEFINIDO

COMO CONSEGUIR UM ABDÔMEN DEFINIDO

Alguns truques na alimentação e na atividade física podem ajudar em muito na hora de como conseguir um abdômen definido. Um bom exemplo é eliminar o consumo de carboidratos simples, como a farinha de trigo refinada, que além de não contar com muito nutrientes não sacia a fome como os carboidratos complexos. Bons exemplos desses últimos são arroz e farinha integrais.

Alimentos ricos em gordura também devem ser evitados, inclusive, aqueles sem valor nutricional, como fast food. Por outro lado, é importante priorizar a proteína advinda de boas fontes desse nutriente, como carnes magras e mesmo da soja, desde que não seja transgênica.

Outro inimigo do abdômen definido é uma alimentação rica em sal, entre outros motivos, ao consumir muito sódio o organismo sente a necessidade de reter líquido, deixando o corpo inchado. Mesmo assim, é preciso beber muita água por dia para deixar o organismo hidratado.

Para ter um abdômen definido é preciso ainda treinar com carga e intensidade, só assim será possível desenvolver a musculatura da região. Quando se fala em carga não se refere apenas ao peso, sendo que o treino pode ser feito em superfícies instáveis. Já a intensidade acaba sendo uma consequência do aumento de carga.

Para potencializar a intensidade a dica combinar mais de um músculo em um mesmo movimento e diminuir a pausa de descanso. Além disso, é preciso ter disciplina, pois os resultados só aparecem depois de muita dedicação.

Mais sobre como conseguir um abdômen definido

Outra dica é apostar nos exercícios que trabalham todos os músculos do abdômen, inclusive, os músculos oblíquos, que se localizam nas laterais. Isso sem se esquecer de exercitar os músculos inferiores do abdômen e o reto abdominal (parte de cima), os quais são mais trabalhados nos abdominais tradicionais.

Outra dica para definir os músculos do abdômen é não fazer apenas os abdominais e nem realizá-los em excesso. O mais importante é que sejam feitos com qualidade e não quantidade, sendo que os exercícios que trabalham as demais musculaturas do corpo merecem atenção para obter resultados gerais.

Além disso, os músculos que formam o abdômen são trabalhados mesmo quando o foco são outras partes do corpo, uma vez que eles são estabilizadores de muitos movimentos. Assim, apostar em exercícios como agachamentos, avanços, remadas, levantamento terra e tríceps é uma forma de trabalhar o abdômen e outros músculos ao mesmo tempo.

Quem deseja saber como conseguir um abdômen definido e busca a hipertrofia devem apostar em um treino com repetições baixas e médias, sendo que duas vezes por semana é o suficiente, desde que os treinos sejam bem eficientes. Nos demais dias, vale intercalar com outras modalidades, para que não fique apenas o seu abdômen definido enquanto o resto é deixado de lado.

COMO TIRAR SOBRANCELHA EM CASA SEM ESTRAGAR O FORMATO

COMO TIRAR SOBRANCELHA EM CASA SEM ESTRAGAR O FORMATO – As sobrancelhas quando bem feitas dão um ar novo ao rosto, ele fica bem definido e com mais expressão. No entanto, nem sempre as mulheres conseguem estar no salão de beleza para retocá-las, sendo normal depilar sobrancelhas por conta. Porém, se você não tiver muito cuidado, pode estragar as suas sobrancelhas.

Para não correr esse risco, entenda como tirar sobrancelha em casa sem estragar o formato delas e fique com o visual do seu rosto sempre em alta. Entre as dicas tirar sobrancelhas uma das mais importantes é estar atenta para manter o desenho sempre correto. Para tanto, é preciso seguir três traços guias.

COMO TIRAR SOBRANCELHA EM CASA SEM ESTRAGAR O FORMATO

O primeiro se refere aquele que inicia na dobrinha que fica no canto do nariz e vai até o canto interno dos olhos. Os pelos que estiverem para dentro (acima do nariz), devem ser retirados porque são os excessos.

Já o segundo traço inicia no canto do nariz e passa pelo meio da pupila, ou seja, você deve dividir o olho ao meio e marcar a curvatura da sobrancelha. Por fim, o terceiro traço limita a sobrancelha no canto externo do rosto. Assim, é necessário retirar os pelos que ficarem para fora, pois também são os excessos.

Confira 4 dicas tirar sobrancelhas

1. Para depilar sobrancelhas e dar aquela renovada no rosto, você pode, ainda, remover os pelos que ficam entre elas e os cabelos, bem como a pelugem que fica entre as sobrancelhas.

2. A pinça é a melhor ferramenta na hora de fazer a sobrancelha. Você pode dar o retoque final com a cera, porém, apenas nesses pelos acima da sobrancelha, para não correr o risco de tirar mais do que deveria. Além disso, o uso prolongado da cera também pode causar flacidez nas pálpebras.

3. Caso você erre na hora de fazer a sobrancelha, uma solução é usar um lápis para olhos até que os pelos voltem a crescer. No entanto, escolha um lápis que combine com a tonalidade do seu cabelo, para que o corretivo não destoe e fique mais natural. No caso de você ser loira, escolha um lápis da cor cinza, já as castanhas devem usar um lápis marrom, enquanto as ruivas podem escolher um marrom mais claro com tom avermelhado.

4. Quando os pelos da sobrancelha nascem de modo desencontrado ou espetado, uma dica é usar um gel específico para a região ou escová-los com uma escovinha de máscara para cílios incolor.

COMO ENROLAR O CABELO COM UMA CHAPINHA

COMO ENROLAR O CABELO COM UMA CHAPINHA

Além de alisar os fios, a chamada prancha pode fazer muito mais pelos seus fios. Um bom exemplo é a sua função de encaracolar o cabelo e quem deseja saber como enrolar o cabelo com uma chapinha pode seguir algumas dicas bem úteis.

Os cachos que, antes, mais normalmente eram feitos pelo baby lize, também podem ser feitos com a prancha. Para tanto, é importante hidratar bem o cabelo, estar com ele seco e escovado, bem como protegido do calor da chapinha com produtos termoativos. Ao estar com os fios prontos para receber os cachos, o primeiro passo é separá-los em duas partes.

Quem tem franja pode deixá-la separada do restante dos fios e, ao final, encaracolar ou não, fica a critério de cada uma. De frente para o espelho, pegue primeiro pequenas mechas perto da nuca, para facilitar use prendedores para prender o restante do cabelo. Com a mecha em mãos, prenda a chapinha nela, da mesma forma que você faria se fosse alisá-la.

Lembre-se que a parte de trás da prancha deve ficar virada para o espelho. O passo seguinte é segurar a ponta da mecha e enrolar o cabelo para trás na chapinha. Em seguida, faça a chapinha girar uma vez para trás e, depois, deslize a chapinha na diagonal com delicadeza e devagar, até a ponta dos fios.

Mais dicas de como enrolar o cabelo com uma chapinha

Outro truque para o seu penteado encaracolado ficar ainda mais bonito é não descer com a prancha reta, e sim na diagonal, caso contrário os cachos não vão ficar tão bem feitos. Para finalizar a produção, você pode passar os fios mousse capilar para fazer com que o penteado se mantenha por mais tempo.

Outra dica é usar uma chapinha com ponta arredondada, para facilitar o procedimento de fazer cachos bem definidos. Já quem tem os fios muito lisos pode ainda aplicar no cabelo antes de enrolá-los com a prancha um mousse texturizador, bem como o protetor térmico, que nunca pode faltar para não danificar os fios.

Muitas pessoas que fazem pela primeira vez podem ter um pouco de dificuldade em deixar os fios enrolados como deseja. Porém, mais algumas tentativas e fica fácil de atingir o objetivo esperado. Além disso, recomenda-se o uso de uma chapinha fina, que tenha no máximo dois dedos de espessura.

Para algumas mulheres, os cachos ficam mais bonitos quando são feitos em um dia que o cabelo não foi lavado. É também aconselhado que a prancha não fique muito tempo em uma mesma mecha, para não danificar os fios, sendo que com a prática é possível encaracolar o cabelo mais rápido e reduzir as chances de danos.

ERROS AO ESCOLHER ROUPAS PLUS SIZE

ERROS AO ESCOLHER ROUPAS PLUS SIZE – As peças com tamanhos maiores, hoje em dia, estão mais presentes nas lojas e, por isso, encontrar roupas que fiquem bem mesmo em pessoas com tamanhos maiores é tarefa fácil. Além disso, existem lojas especializadas nesse público. Mesmo assim, é possível ainda cometer os erros ao escolher roupas plus size, mas algumas dicas ajudam a evitá-los.

Um dos erros mais comuns é a pessoa não comprar o tamanho certo para o seu corpo. Quem ganhou uns quilinhos a mais recentemente pode estar relutante em admitir, mas não tem jeito. Existem belíssimas e variadas opções de roupas no mercado para tamanhos maiores que valem a pena adquirir.

ERROS AO ESCOLHER ROUPAS PLUS SIZE

Além disso, ao vestir uma roupa com o tamanho menor ela não vai apenas ficar desconfortável como também não ficará bem em você. No caso dos sutiãs apertados, eles podem até mesmo machucar e, por isso, é necessário respeitar as próprias medidas na hora de ir às compras

Outro dos erros ao escolher roupas plus size é não experimentar na loja. Assim como os tamanhos tradicionais, nem sempre eles seguem a mesma modelagem. Dessa forma, usar o provador vai evitar que você tenha que mais tarde trocar as peças e perder tempo de forma desnecessária.

Mais sobre os erros ao escolher roupas plus size

Outros dos erros ao escolher roupas plus size é querer esconder as curvas, adquirindo peças maiores do que o necessário e muito largas. Mesmo quem está acima do peso pode se vestir com elegância e sensualidade, desde que escolha os modelos que mais combinem com o seu protótipo.

Erra também quem não aposta nos truques para equilibrar a silhueta, como os vestidos e blusas com decote V, saias e vestidos que não ultrapassem os joelhos, calçados da mesma cor da calça, mangas ¾ e demais mecanismo para deixar a silhueta valorizada.

Por isso, um dos erros ao escolher roupas plus size é usar blusas com decotes tomara que caia ou com um ombro só, que combinam mais com mulheres de busto pequeno. Da mesma forma, erra quem usa apenas saias e vestidos muito longos, ainda mais se a mulher for baixa, pois esse comprimento reduz a silhueta.

Outro erro que pode arruinar um look sofisticado é usar roupas de tecidos muito moles, que facilmente marcam o corpo. O melhor são o algodão e a sarja, mais encorpados, que deixam o visual em alta. Calças com elástico na cintura também consiste em erro, pois desvaloriza a produção, aumentando o volume do quadril.

Por fim, outro dos erros ao escolher roupas plus size é usar apenas preto. Mesmo quem está com quilinhos extras deve apostar nas cores, desde que com bom gosto. Para tanto, é possível fazer as combinações poderosas como uma blusa vermelha e um blazer acinturado por cima com um tom mais escuro.

COMPRAR PERFUME IMPORTADO BARATO

COMPRAR PERFUME IMPORTADO BARATO

COMPRAR PERFUME IMPORTADO BARATO – Um dos pontos mais marcantes da personalidade de uma pessoa singular é o seu cheiro. Inclusive muitas pessoas podem ser reconhecidas somente por ele, uma vez que a memória olfativa é a segunda mais usada, perdendo apenas para a memória visual.

O poder do olfato é muito grande, podendo dependendo do momento, nos transportar para determinada situação já vivida em nossas vidas a um longo tempo, mas com riquezas de detalhes que parece que acabamos de viver.

Depois de saber de tudo isso, podemos concluir que saber escolher um bom perfume é extremamente importante, uma vez que o seu cheiro é responsável por marcar sua personalidade, estilo de vida, e até mesmo seu estilo de beleza.

Atualmente podemos encontrar diversos tipos de perfumes com muita qualidade, as indústrias que produzem perfumes estão se desenvolvendo cada vez mais para conseguir atender os gostos mais variados em questões de exigências.

O mercado nacional está também cada vez mais forte neste setor, porém existem muitas pessoas que ainda preferem os perfumes importados, pois possuem qualidade reconhecida e muitos deles já possuem uma marca de renome por traz da produção do perfume, como a Versace, a D&G, Prada, Lancôme, CK, entre outras marcas que já operam em outros setores e que possuem grande reconhecimento, mas que se aventuraram no setor de perfumaria e fizeram grandes sucessos.

Se você é apaixonado por perfumes importados, mas não sabe onde encontrar aqui no Brasil, saiba que é possível encontra-los sim e em muitos casos com preços que são bastante similares ao encontrados no exterior, dentre as marcas mais vendidas por aqui, estão:

– Carolina Herrera, D&G, Lancôme, CK, Chanel, Prada, Dior, entre muitos outros.

Com a alta tecnologia cada vez mais agregada em nosso dia a dia, podemos adquirir os mais diversos perfumes importados com o maior conforto, bastando apenas procurar pelos serviços de sites especializados neste tipo de serviço, como a Sacks, a Sepha, Macherie, entre outras, além disso, as formas de pagamento destas lojas podem ser bastante facilitadoras, pois aceitam diversas bandeiras de cartões e parcelamentos que cabem no seu bolso.

COMPRAR PERFUME IMPORTADO BARATO – [CLIQUE AQUI PARA CONFERIR]

ÓLEO DE RÍCINO PARA O CABELO

ÓLEO DE RÍCINO PARA O CABELO

Também conhecido como óleo de mamona, usado tradicionalmente como laxante, o óleo de rícino para o cabelo é uma receita caseira para quem deseja fortalecer os seus fios, bem como diminuir a oleosidade e a queda. O melhor é usar o produto puro, sendo que para certificar-se basta conferir a sua embalagem.

O produto é encontrado em qualquer farmácia. São muitos os benefícios do óleo de rícino para o cabelo, sendo que além dos já citados ele pode ainda estimular os fios a crescerem mais, reduzir o surgimento de caspa, das pontas duplas e de ressecamento, já que deixa o cabelo mais saudável e sedoso.

O óleo de rícino diminui ainda os danos provocados por químicas, secadores e chapinhas e preenche falhas no couro cabelo, cílios e sobrancelhas. Quem tem algum desses problemas e deseja apostar nesse produto deve usá-lo pelo menos três vezes por semana.

Ao contrário de outros óleos, o de rícino não prejudica a raiz dos fios, ao aumentar a sua oleosidade, mesmo que tenha uma textura bem espessa. Até mesmo por isso, ao aplicar o óleo nos fios é normal que o cabelo fique duro e grosso. É indicado usá-lo antes de dormir e aplicá-lo com um pincel ou mesmo com a ponta dos dedos.

Mais sobre óleo de rícino para o cabelo

Para espalhar bem o óleo na cabeça, massageie o couro cabeludo com os dedos. Depois aplique mais algumas gotas nas mãos para aplicar no comprimento dos fios e, inclusive, nas pontas. No dia seguinte, remova o produto lavando bem os cabelos com xampu.

Pode ser necessária uma segunda lavagem, para que saia totalmente dos fios. Caso ainda fique um pouco, é possível permanecer com o resíduo do produto nos fios por um dia, mas no seguinte é importante lavar os fios para que o óleo seja removido completamente.

Outra vantagem do óleo de rícino é o seu valor, muito barato, o que não vai prejudicar o orçamento. Já na hora de tratar falhas nos cílios e sobrancelhas, o melhor é que o produto seja passado todos os dias, o que pode ser feito à noite também, antes de dormir.

No dia seguinte, ao acordar, é importante remover bem o produto. Em meio a tantos benefícios do óleo de rícino para o cabelo existe apenas um ponto negativo: o seu cheiro, um pouco desagradável. Mas depois de algum tempo que ele é aplicado o seu cheiro desaparece.

O óleo de rícino não é indicado a gestantes, embora essa contraindicação se refira ao produto que normalmente é usado como laxante. Porém, é melhor a mulher grávida evitar o uso nos cabelos também, pois o mesmo pode ser absorvido pelo couro cabeludo.

Nesse caso, pode provocar a indução do parto, mas de qualquer forma, é importante conversar com o seu médico para esclarecer dúvidas.

COMO ALISAR O CABELO EM CASA

COMO ALISAR O CABELO EM CASA

Além de usar a chapinha para deixar os fios lisos, é possível saber como alisar o cabelo em casa de outras maneiras. A primeira dica é fazer escova, que danifica muito menos os fios, no entanto, é preciso ter alguns cuidados, como lavar bem o cabelo e remover todos os produtos para não deixar resíduos.

Mesmo o secador pode danificar os fios e, para evitar isso, é indicado o uso de um leave-in. Outra dica de como alisar o cabelo em casa é jogar um jato de ar frio com o secador nos fios, ao final da escova, o que não vai deixar os fios arrepiados.

Já quem prefere a chapinha pode reduzir o impacto do calor pegando mechas menores e não passando a prancha mais de uma vez na mesma mecha. Além disso, o que garante a saúde do fio é passar a chapinha com o cabelo bem seco e usar antes do processo um protetor termo ativo.

Quem deseja deixar os fios lisos também pode apostar em algumas receitas caseiras, que mudam a aparência do cabelo sem danificá-lo. É o caso do alisamento com amido de milho e iogurte, para tanto, é preciso um copo de iogurte integral e três colheres de amido.

Os dois ingredientes devem ser misturados em uma vasilha até que formem uma pasta homogênea. Depois, aplicados nos fios, quando o cabelo estiver bem seco e penteado. Deixe a receita agindo durante uma hora e, na sequência, lave o cabelo normalmente.

Mais dicas de como alisar o cabelo em casa

As receitas caseiras proporcionam alisamentos suaves, ideais para quem deseja principalmente reduzir o volume e os fios arrepiados. É possível ainda substituir o iogurte por um copo de leite integral, sendo que nesse caso é preciso apenas duas colheres de amido.

Aqui, a mistura vai ficar mais líquida e por isso ela deve ser borrifada nos fios, enquanto se deve usar um pente fino no cabelo. Após lavar os fios apenas com água fria, deve-se secá-los com o secador. Outra dica de como alisar o cabelo em casa é misturando uma colher de sopa de mel e duas de água e mais quatro de leite em pó integral.

Após mexer e formar um creme homogêneo, a mistura deve ser aplicada no cabelo dividido mechas. Após uma hora, é preciso remover a receita dos fios com água. Outra dica é usar o gel de duas folhas de babosa, 100 ml de óleo ou leite de coco, 40 ml de óleo de abacate puro, um quatro de sabão de coco ralado e duas xícaras de água morna.

Após bater tudo o liquidificador, aplique nos fios ainda molhados a mistura. Massageie o couro cabeludo com a ponta dos dedos até que forme espuma e deixe agir por meia hora. Faça um primeiro enxague com água morna e depois com água fria. A mistura em um pote bem fechado pode durar até 15 dias.

QUAL A ORDEM CERTA DA MAQUIAGEM

QUAL A ORDEM CERTA DA MAQUIAGEM

Para que sua make up fique bonita sem prejudicar a pele e tenha mais durabilidade, é importante saber qual a ordem certa da maquiagem.  Afinal, o resultado pode ficar totalmente comprometido se você não seguir uma determinada sequência na aplicação dos produtos. Cremes, base corretiva, sombras, blush, batom, brilhos, etc; tudo isso tem uma ordem a ser seguida! A seguir você irá conferir qual é essa ordem e como fazer para que a maquiagem dure por mais tempo na pele.

Qual a ordem certa da maquiagem e por onde começar?

A preparação da pele é o principal passo da maquiagem de sucesso. Da mesma forma que uma pele bem acabada e natural pode fazer toda a diferença no resultado da maquiagem, valorizando o rosto, uma pele maquiada sem preparação pode estragar o visual e te deixar com aparência artificial demais. A preparação da pele é o momento de uniformizar os tons, escondendo as manchas indesejadas, mas de forma muito natural. Tomo cuidado para não acabar deixando seu rosto com tons mais claros que o restante da pele. No caso da preparação da pele, não existem muitas regras quanto à ordem.

Limpeza: comece com a limpeza antes de aplicar qualquer produto, porque sua pele pode recebê-los melhor desta forma. Pode usar o produto de limpeza que estiver mais acostumado, com um sabonete simples apenas para o rosto.

Tonificação: a tonificação da pele é outro passo importante na hora de preparar o rosto para a maquiagem. Você está livre para usar o tônico facial que mais se adaptar a seu tipo de pele. Pode não parecer uma etapa muito importante, mas será determinando ao final da maquiagem.

Hidratação: a hidratação corrige, por exemplo, o excesso de oleosidade em alguns tipos de pele, com algum hidratante específico. Hidratar a pele antes da maquiagem permitirá que seu rosto seja menos agredido pelos produtos da maquiagem, evitando ainda a aparência de maquiagem craquelada. Em peles muito secas, evite os hidratantes com excesso de óleo, que pode comprometer o resultado final. Se a maquiagem a ser usada não tiver protetor solar, pode trocar o hidratante por um protetor.

Primer: depois que a pele estiver preparada, o primeiro produto a ser passado é o primer. Ele é um produto pré-maquiagem, ou seja, vem antes da base, do pó, do corretivo e de qualquer outro item. A finalidade do primer é uniformizar a textura da pele, tentando diminuir as linhas de expressão e poros mais dilatados. Além disso, o primer ainda ajuda a manter a maquiagem mais fixa no rosto, durando mais tempo. Procure um primer que seja compatível com seu tipo de pele.

Qual a ordem após ter preparado a pele?

Apesar de ajudar a corrigir as imperfeições, o uso do corretivo em excesso é responsável por uma aparência muito artificial. Por isso comece seu make com a base, o que irá já corrigir uma boa parte das imperfeições na pele. Existem vários tipos de base e você deve escolher de acordo com a finalidade. O corretivo vem em seguida, para encobrir apenas as manchas que a base não cobriu completamente. Não exagero no corretivo, especialmente nas olheiras. O pó vem por último, porque seu papel é finalizar a maquiagem, fixando as camadas anteriores.

Sobre o blush, você pode seguir a seguinte dica: se for o blush em creme, o aplique logo após a base, finalizando com o pó. Entretanto, se for usar o blush em pó, primeiro finalize todo o make com o pó de arroz e por último aplique o blush.