COMO TRATAR A QUERATINA DO CABELO

COMO TRATAR A QUERATINA DO CABELO

COMO TRATAR A QUERATINA DO CABELO – A queratina é uma proteína fibrosa que ajuda no processo de formação da estrutura do corpo. Essa proteína é constituída de 15 aminoácidos, sendo a cisteína a mais predominante. A queratina ajuda a formar as unhas e os cabelos. Ela também tem a função de envolver o fio com uma película, tornando-o mais resistente e com mais elasticidade. Além disso, fortifica, hidrata, reestrutura e dá brilho aos cabelos. Por isso, muitas mulheres buscam saber como tratar a queratina do cabelo. Existe uma série de tratamentos que podem ser feitos para melhorar o aspecto do cabelo. Primeiro é importante saber quando usar a queratina.

Como usar e como tratar a queratina

  1. O cabelo já possui normalmente a queratina, mas devido às agressões químicas, como coloração, poluição, descoloração, cloro e raios solares, ele acaba perdendo essa proteína. Por isso é importante fazer a reposição de queratina nos fios. Entre os vários tratamentos com queratina, você pode escolher qual é a melhor técnica de aplicação para o seu caso. As mais conhecidas são a nanoqueratinização, cauterização, plástica capilar e reestruturação. Saiba mais sobre cada uma delas:
  2. A reconstrução capilar pode ser feita em todos os tipos de cabelos, desde os virgens até os que passaram por processos químicos e estão opacos, ásperos, ressecados, embaraçam ou quebram com facilidade. O processo deposita nos fios proteínas, queratina, aminoácidos e minerais, que são hidratantes essenciais para a estrutura física dos cabelos, pois tratam as camadas externas dos fios e são responsáveis pelo brilho, maciez e pelo balanço natural dos fios.
  3. A cauterização, ou plástica capilar, é feita em etapas: limpeza dos fios, hidratação, carga de queratina, aquecimento com chapinha (para maior penetração do produto) e finalização com silicone. Saiba mais detalhes sobre cauterização capilar. Para que o tratamento seja eficiente, é recomendado fazer 3 ou 4 sessões, com intervalos de 20 dias.
  4. A nanoqueratinização é feita com uma escova ligada a um aparelho contendo queratina líquida. Essa escova é passada nas mechas, liberando a queratina em forma de vapor. A finalização é feita com a chapinha de cerâmica.
  5. Cuidados com os tratamentos. Apesar de ser uma substância que faz bem para o cabelo, é preciso tomar cuidado com o excesso de queratina. Isso porque quando não há agressões à fibra capilar e o cabelo é tratado com muitos produtos à base de queratina, há um enrijecimento desnecessário na fibra — podendo ocasionar ressecamento dos fios. Por isso, saiba dosar a quantidade de produtos capilares com queratina.
  6. Uma forma de tratar em casa, sem nenhuma técnica específica, ou mesmo realizar a manutenção da cauterização ou nanoqueratinização, você pode recorrer à queratina líquida. Depois que os cabelos são submetidos a tratamentos como a nanoqueratinização e cauterização, é importante dar manutenção às madeixas. Você pode comprar queratina líquida e usar juntamente com seu hidratante capilar. Para cabelos muito danificados, esta hidratação deve ser feita toda semana. Ou então colocar um pouco de queratina líquida nos fios algumas horas antes de lavar. Evite deixar a queratina muito tempo nos cabelos.

Com essas dicas você vai ficar com um cabelo lindo e sedoso!

COMO COMBINAR COR DAS SOBRANCELHAS COM TOM DO CABELO

COMO COMBINAR COR DAS SOBRANCELHAS COM TOM DO CABELO

Quando uma mulher decide realizar uma mudança radical na cor do cabelo, sempre fica a dúvida sobre a necessidade de combinar também a cor da sobrancelha, para não ficar muito discrepante. Mudanças como tornar os cabelos mais claros ou escuros, apostando no preto ou no ruivo, acabam tornando evidente a necessidade de alterar, mesmo que de leve, a cor das sobrancelhas, para não ficar com elas muito claras ou escuras. Sendo assim, saber como combinar cor das sobrancelhas com tom do cabelo é fundamental.

É preciso saber bem o quanto clarear, porque é necessário apenas diminuir alguns tons em algumas situações. Tecnicamente, não existe nenhuma regra a respeito da cor das sobrancelhas e sua sintonia com a tonalidade dos cabelos ou em que tom isso deve acontecer. Isso vai depender mais do quanto você se sentir bem fazendo a modificação

Dicas de como combinar cor das sobrancelhas com o tom do cabelo

Se você é naturalmente castanha e passou a ter fios loiros muito claros, por exemplo, não precisa ter a sobrancelha tão clara quanto os fios loiros, mas fica mais delicado se ela for um tom mais clarinho que o natural escuro, ou seja, um meio termo.  Portanto, é necessário sempre buscar pelo equilíbrio.

A tendência para quem tem cabelos claros é que a sobrancelha deve ser alguns tons mais escura do que o tom do cabelo. Pra quem tem cabelos escuros, a sobrancelha deve ser alguns tons mais claros do que o cabelo.

Se o cabelo for de claro a muito claro, uma sobrancelha da mesma cor deixa o visual bem delicado e a expressão mais discreta e, dependendo do tom, até apagadinha. Para quem realizar uma produção com super maquiagem, o efeito será positivo, mas pode ficar muito apagado no visual do dia-a-dia. O que mais valoriza o rosto é o meio termo, com alguns tons mais escuros que a cor do cabelo, tomando o cuidado de não exagerar.

Pra quem prefere manter a sobrancelha natural, não é errado fazer isso e, em muitos casos, fica bonito. Mas se o contraste for muito grande, o aspecto acabará não ficando nada natural. Porém, tudo vai depender do gosto pessoal. Isso porque quando as sobrancelhas são bem escuras e mais grossas, o visual fica mais marcante e ousado e, conforme o formato, até pesado.

No caso das ruiva, há aquelas que procuram aquele visual mais ruivo natural, bem como as que preferem as cores mais fantasiosas, como os tons vibrantes de vermelho e laranja. Para quem usa os tons mais vibrantes e diferentes, a sobrancelha fica à sua escolha: no tom natural dela, bem diferente do tom pintado ou na mesma cor. Já para quem quer um visual mais natural, a sobrancelha não deve estar muitos tons distante do cabelo, podendo ser até da mesma cor.

Saber como combinar cor das sobrancelhas com tom do cabelo é, portanto, indispensável para ter um visual agradável.

CUIDADOS AO FAZER ESCOVA DEFINITIVA NOS CABELOS

CUIDADOS AO FAZER ESCOVA DEFINITIVA NOS CABELOS

Nada como se livrar do trabalho de fazer chapinha no cabelo, e definir tudo logo de uma vez, alisando permanentemente. O procedimento de alisamento definitivo se tornou tão comum ao redor do mundo, e é claro que também no Brasil, que as mulheres às vezes se esquecem de avaliar primeiro o produto utilizado para o processo, e o fato de que são usadas químicas pesadas em alguns deles. Logo, é indispensável considerar os cuidados ao fazer escova definitiva nos cabelos.

Nada de fazer definitiva no automático! É preciso pesquisar bem o estabelecimento, o profissional e a marca de produto a ser utilizado em seu cabelo, para não ter complicações na pele e outros problemas de saúde que podem ser causados pela química. Você deve conhecer os principais cuidados ao fazer definitiva nos cabelos, para se cuidar antes de se submeter ao procedimento.

Veja os cuidados ao fazer escova definitiva nos cabelos

1. Pesquise bem

Muitos salões de beleza não divulgam a marca do produto utilizado para as definitivas, menos ainda a sua composição. Não se deve confiar nesse tipo de estabelecimento! Antes de alisar, não importa com qual profissional você escolha, pergunte a ele que produto será utilizado e de que este é feito. Confie se ele responder prontamente e se esse produto não for à base de formol.

Depois de consultar mais de um cabeleireiro, falar com outros clientes deles e pesquisar o nome da marca em sites de denúncias e reclamações, avaliando bem cada um deles com base nesses quesitos, escolha em qual profissional você pode confiar.

2. Faça um teste antes

Mesmo depois de tanta pesquisa, é possível que você ainda saia prejudicada com o produto, pois poderá pagar caro pela aplicação, e ela não funcionar para seu tipo de cabelo, ou ainda deixá-lo quebradiço ou elástico, como efeito colateral da química. Alguns são mais efetivos em cabelos crespos, outros em cabelos cacheados, e outros servem para alisar de vez um cabelo ondulado e rebelde.

Antes de começar o alisamento, peça para o cabeleireiro fazer um teste em uma pequena mecha do seu cabelo e, em seguida, lavá-lo para ver o resultado. Se for um liso brilhante e sedoso, está no ponto. Se você sentir que o cabelo está enfraquecido, quebradiço ou elástico nessa região onde a química foi aplicada, vai ser hora de testar novas possibilidades com o profissional.

3. Cuidados pós-definitiva

Procure manter o aspecto natural e saudável do seu cabelo recém-alisado pela química definitiva, utilizando produtos da mesma linha que o do alisamento, mas para uso caseiro, ou ainda produtos de qualquer outra marca, desde que sejam próprios para cabelos quimicamente tratados.

Quando achar que precisa retocar a raiz do cabelo depois de meses, não tente fazer o procedimento em casa para economizar dinheiro. A manutenção deve ser feita no salão, de preferência com o profissional que começou o procedimento pela primeira vez.

RECEITAS PARA CABELOS OLEOSOS

RECEITAS PARA CABELOS OLEOSOS

Existem dicas e truques que ajudam em muito a reduzir a oleosidade dos fios. Não é preciso gastar fortunas no salão, sendo que simples receitas para cabelos oleosos podem ser feitas em casa mesmo e até eliminarem o problema.

Em geral, os cabelos são oleosos porque o couro cabeludo tem uma grande produção de glândulas sebáceas. Nesse sentido, uma dica muito importante é não lavar o cabelo muito frequentemente, mesmo que para muitas pessoas essa pareça a única forma de manter os fios limpos.

Mas a verdade é que lavar demais o cabelo só agrava o problema, uma vez que é preciso estabilizar a ação das glândulas e isso é feito somente se a pessoa consegue reduzir a lavagem para a cada dois ou ainda a cada três dias. Existem produtos que também potencializam a oleosidade.

É o caso do gel e do condicionador, sendo que o último pode ser usado desde que em hipótese alguma seja aplicado da metade dos fios em direção ao couro cabeludo. Em alguns momentos o cabelo pode se tornar oleoso ou o problema agravar, pois o estresse e mudanças hormonais provocam o aspecto oleoso. Outro motivo é a falta de riboflavina, a Vitamina B2.

Dicas e receitas para cabelos oleosos

Uma receita muito eficiente para diminuir a oleosidade dos fios é usar o sumo de um limão, que pode ser colocado em um copo para que você faça o enxague final com ele, uma vez que os ácidos da fruta retiram o sebo. Outra receita é trocar o limão por duas colheres de vinagre branco, ou de maçã, sendo que esse truque é ainda mais eficaz.

Mesmo que possa causar estranheza, existe uma receita que também ajuda muito, mas é preciso ter muito cuidado. Esquente um pouco de azeite de oliva, mas não a ponto de estar quente demais. Ele vai servir para massagear o seu couro cabeludo por cinco minutos.

É importante que depois os fios sejam bem enxaguados e a limpeza seja concluída com um xampu suave. Esse tratamento pode ser feito semanalmente. Você também pode fazer a seguinte receita: duas colheres de sopa de folhas de hortelã, uma colher de sopa de alecrim e meio copo de água.

A mistura deve ser fervida por 20 minutos e, depois de ser coada, misture a um quarto de frasco de xampu, que deve ser usado normalmente. Também é possível colocar no xampu uma colher de sopa de suco de limão misturado com uma colher de sopa de gel de aloe vera (babosa).

O chá de cavalinha é outra das receitas para cabelos oleosos que de forma simples você pode passar nos fios. Faça isso ao menos duas vezes por semana para surtir efeito.

O QUE É ARGININA E SUAS VANTAGENS PARA OS CABELOS

O QUE É ARGININA E SUAS VANTAGENS PARA OS CABELOS

O mercado de cosméticos é bem movimentado e busca se atualizar o tempo todo, principalmente no quesito cabelos. Todos os dias, novidades chegam às prateleiras, com nomes e composições diferentes, que deixam a consumidora sempre na dúvida do que levar, e se o produto escolhido fará o efeito necessário depois da aplicação no seu próprio cabelo. Um dos produtos capilares mais populares nas prateleiras das lojas e nas propagandas das principais marcas que cuidam da estética capilar é a arginina. Você sabe o que é arginina e suas vantagens para os cabelos?

Veja o que é arginina e suas vantagens para os cabelos

Trata-se de um aminoácido presente na queratina, que pode ser aplicada nos produtos de cuidados e hidratação capilares, e que ajuda no crescimento e fortalecimento dos fios. A arginina é o principal estimulante para os cabelos e desobstruí o bulbo ao reativar a micro-circulação sanguínea, o que favorece e estimula a troca de nutrientes entre a raiz e os fios, além de diminuir a queda dos cabelos. Logo, a substância conserva a fibra capilar e a protege dos desgastes externos, ajudando-os a crescer mais resistentes e saudáveis.

O cabelo precisa dessa substância quando você passa por fatores como estresse, má alimentação ou algum desequilíbrio hormonal, o que o deixa opaco e quebrado. Por isso, a arginina é considerada um aminoácido essencial. Se você não tem esses tipos de problemas na sua vida, ao menos não em proporções tão grandes a ponto de atingir seu corpo e seu cabelo, provavelmente não precisará de uma dose de arginina nos produtos que usa diariamente, mas também não precisa abrir mão dos benefícios dela.

É possível optar por hidratar o cabelo regularmente com produtos à base de arginina para mantê-los fortes e saudáveis, mas sem exageros na aplicação. Não basta escolher aquele que promete o fortalecimento com arginina necessário para seu cabelo; é preciso avaliar a necessidade dos seus fios para que a substância seja aplicada, e até a quantidade de aplicações a serem feitas.

Também é preciso avaliar se a marca produz arginina para seu tipo de cabelo, para que não cause danos em outros quesitos, por exemplo, desmanchando textura de cachos ou desbotando cores. Antes de aderir ao produto com arginina, verifique se sua marca favorita, aquela que você usa e se dá bem há muito tempo, não está lançando atualizações de seus produtos com adição da substância, ou ainda consulte o seu cabeleireiro se tiver que mudar completamente, pedindo dicas de marcas que ele possa conhecer e que cumpram outros requisitos para seu tipo de cabelo.

DICAS DE PENTEADOS COM LENÇOS

DICAS DE PENTEADOS COM LENÇOS

É possível criar uma série de looks com acessórios no cabelo e quem gosta de apostar nesses visuais deve conferir as dicas de penteados com lenços. Uma delas é o penteado cigano, que para ficar perfeito você pode fazer escova e babyliss de mechas médias em toda a cabeça.

Depois, você deve soltar os fios e reparti-los ao meio, então, dobre o lenço um lenço quadrado ao meio para formar um triangulo. Ele deve envolver todo o topo da cabeça, fixe com alguns grampos o lenço e faça o arremate lateralmente.

Outra dica de penteado com lenço é no estilo faixa, sendo que o truque está em escovar o cabelo e enrolar mechas em cachos. Depois de meia gora, solte-os e, até metade da cabeça, desfie os fios da frente. Na sequência, coloque todo o cabelo para trás e prenda, deixando o volume na frente.

Depois, leve o comprimento do cabelo para cima, em mechas, as quais devem ser presas com grampos, formando um coque irregular. O lenço, então, entra em cena, em forma de faixa, e deve ficar entre a nuca e o topo da cabeça. Por fim, cruze as pontas na frente, volte para a nuca e amarre. Outro look com lenço que dá para fazer é com o rabo de cavalo.

Para tanto, faça o rabo de cavalo baixo e na lateral, passe o lenço dobrado como faixa em volta da cabeça e arremate prendendo o rabo. Para o visual ficar ainda mais charmoso você pode fazer escova e enrolar as mechas em cachos.

Mais dicas de penteados com lenços

Além dos penteados apresentados, é possível que você mesma crie o seu look com o seu lenço. Ele pode estar em um penteado bem arrumadinho ou em um visual despreocupado, com os fios soltos, mas o lenço deve estar sempre bem firme.

Com ele é parte do look, não se esqueça de que as suas cores devem estar em harmonia com o restante, inclusive, as roupas. Os lenços multicoloridos estão em alta, assim, você pode combinar com peças de roupas de diferentes cores, evitando pecar pelo excesso de tons. Vale ainda observar o estilo do lenço, para que siga o restante do look.

Mas quem gosta de seguir as tendências da moda pode aproveitar os penteados com lenço para seguir o estilo boho, que está em alta e é uma mistura de vários outros estilos, inclusive, do hippie, mas com uma certa modernidade. Para esse look e outros, um penteado com lenço é deixar os cabelos soltos e amarrar o lenço na cabeça normalmente.

O diferencial é que ele deve ser arrematado com um nó frontal. Você também pode colocar o lenço na cabeça e dar apenas um nó atrás e deixar a comprimento do lenço solto ou mesmo dar várias voltas na cabeça, como um turbante.

PENTEADOS PARA MADRINHAS DE CASAMENTO 2015

PENTEADOS PARA MADRINHAS DE CASAMENTO – Embora sejam as noivas quem roubam as cenas do casamento, as madrinhas devem caprichar no visual, pois também ganham muita atenção. Mas não é só o vestido o alvo da observação dos convidados, como também os penteados para madrinhas. Se você foi convidada para ser a madrinha de uma amiga ou familiar, não meça esforços para estar o mais linda possível, porém, ainda mais importante, é ser discreta e elegante para fazer bonito nessa ocasião que é tão especial para os noivos.

Os penteados para madrinhas são muitos, sendo que o mais importante é que eles combinem, em especial, com você, nada de escolher um tipo de penteado que o seu cabelo não vai suportar. Se você não tem muita prática em penteados, contrate os serviços de uma profissional. O comum é que as cabeleireiras sempre tenham muitas opções de penteados para madrinhas, mas não custa nada também sugerir alguns modelos que goste e pedir a opinião dela.

PENTEADOS PARA MADRINHAS DE CASAMENTO

Se você tem longos cabelos, uma dica de penteados para madrinhas é prender parte dele e a outra deixar solta em cachos. Para prender os cabelos, as presilhas delicadas douradas ou prateadas e enfeitadas com flores e outras imagens delicadas são as ideais. Com as presilhas também se pode prender todo o cabelo e,se elas forem pequenas, distribuí-las por todo o penteado. Quem gosta de penteados para madrinhas presos também pode optar pelos coques, que são extremamente elegantes, ainda mais os modelos frouxos, com algumas mechas caídas.

Outra dica de penteados para madrinhas de casamento são as tranças, podendo ser elas apenas uma, desde o alto da cabeça e finalizá-la em um rabo de cavalo, seguir ela até o final ou fazer duas tranças de cada lado pequenas e juntar em um coque. Já as madrinhas que possuem cabelo curto, uma dica de penteados para madrinhas é usar uma tiara, que substitui as presilhas, sendo que as presilhas também ficam bem nos penteados para madrinhas de cabelos curtos.

Assim como as presilhas, a tiara deve ser delicada e além de contar com a parte curvada, deve possuir um enfeite, discreto, porém, elegante e que combine com o vestido que você estiver usando. Para cada tipo de cabelo existem diferentes penteados para madrinhas que combinam, basta pesquisar bastante até encontrar o que vai ficar perfeito em você.

TIPOS DE TRANÇA PARA OS CABELOS

Existem os tradicionais e mais modernos tipos de trança para os cabelos e quem acha que deve ter um longo cabelo liso e volumoso para apostar nesse penteado está enganada. Embora alguns tipos realmente sejam mais fáceis para quem tem esse estilo de cabelo, como as tranças embutidas ou a espinha de peixe, mesmo as donas de cortes curtos, médios, repicados e outros pode se valer do trançado.

Claro que a vantagem de quem possui cabelos médios e longos é que pode escolher entre os mais variados tipos de trança. Mesmo assim, algumas dicas ajudam a escolher o melhor estilo, sendo que as mulheres com fio reto ficam mais bonitas com as tranças continuadas ou com os modelos embutidos, escama de peixe ou normal.

Fotos de tipos de tranças para os cabelos

Mas quem tem o cabelo repicado deve escolher uma trança conforme o comprimento do corte. Já um truque é usar produtos fixadores, pois cada mecha é diferente, sendo que mousses e fixadores spray também funcionam, modelando os fios. Se além de repicado existe uma franja, fica à escolha de cada uma deixá-la solta ou fazer a trança embutida no topo ou mesmo na lateral da cabeça.

Aliás, a franja é sempre uma aliada de sucesso das tranças, podendo ainda incrementar o tipo de trança com topete, com desfiados ou com acessórios. Enquanto isso, os cortes curtos podem receber a trança partir de um dedo de raiz, sendo que o tipo perfeito é a trança grudada na raiz, como a nagô ou a embutida.

Porém, nesse caso, a trança deve ser mais fina, o que vai aproveitar melhor os fios e conferir a impressão de maior volume dos cabelos.

Dicas para arrasar com os tipos de trança para os cabelos

A moda hoje em dia quando se fala em penteados é apostar nos looks descontraídos, com fios soltos, sem necessariamente deixar tudo bem certinho. Com as tendências das tranças isso não é diferente, assim, está em alta usar tranças soltas, leves, com muitos fios soltos. Mas quem prefere apostar nos modelos bem trabalhados com certeza vai gostar da trança na franja.

Esse modelo de trança fica parecendo uma tiara, muito bonita e deve ser presa na lateral. Já um dos tipos de trança que mais exigem trabalho, mas que combinam inclusive com visuais mais formais é a trança embutida, que é aquela que fica bem rente à cabeça e deve ser bem perfeitinha para ficar bonita.

Outro tipo de trança bem moderno é a trança no coque, sendo que para tanto é preciso fazer duas tranças, uma de cada lado, bem finas, que devem se encontrar atrás da cabeça quando os fios se unem para fazer um coque soltinho e baixo, bem despreocupado com os fios caídos. Outro tipo descontraído é a trança lateral despojada, do tipo hippie, quando a trança começa no comprimento do fio.

TIARAS PARA NOIVAS, FOTOS, COMPRAR

As tiaras para noivas são acessórios muito charmosos para agregar ao visual, podendo compor em parceria com o vestido um estilo sofisticado. Mas quando a noiva pode usar uma tiara? Quais são os modelos de vestido que combinam mais com elas? Para ajudar nessa hora, algumas dicas são bem úteis, entre elas, avaliar se você mesma gosta de usar o acessório, já que existem pessoas que podem se sentirem desconfortáveis com elas, ao apertarem a cabeça.

Lembre-se que a tiara vai compor o visual da noiva e poderá ser tirada apenas quando tirar o traje de casamento. Além disso, se você não quer abrir mão do véu de noiva, não se preocupe, é possível usar a tiara em conjunto com o véu, desde que formem uma harmoniosa dupla. Também é importante avaliar qual o penteado que vai cair melhor com a tiara.

Fotos de Tiaras para Noivas

Entre tanta variedade de tiaras, uma forma de escolher a mais adequada para você é o modelo que melhor combine com o formato do seu rosto. Se ele é redondo, por exemplo, uma tiara com alguma altura, como um pico com uma ponta, vai ajudar a deixá-lo mais alongado, harmonizando o seu rosto.

Já mulheres com rosto longo devem preferir uma tiara que se estenda sobre a cabeça de um lado para o outro, sem nenhuma altura, o que vai suavizar as linhas da face. Noivas com rosto oval devem apostar na tiara estilo pente, do tipo que se encaixe no seu cabelo, deixando o look muito charmoso.

Dicas e modelos de tiaras para noivas

A variedade de modelos de tiaras para noivas é imensa, sendo que você deve escolher aquela que melhor combina com o seu vestido, que é peça chave do seu look. Existem modelos muito elegantes de tiaras para noivas, como as que são feitas de prata com quartzo branco, ouro branco, brilhantes e quartzo e modelos que recebem prata com banho de ródio, quartzo de cor natural e topázio e safira incolor.

Modelos mais básicos, mas não menos charmosos são os feitos de flores com strass. Vale lembrar, entretanto, que o visual fica mais elegante se o material do qual é feito a tiara combinar com os detalhes do seu vestido. Assim, se ele tiver cristais, os mesmos podem estar presentes na tiara, que pode ser no estilo princesa.

Já se a sua tiara tiver pérolas e o seu vestido não contar com detalhes, é possível agregar ao seu look uma joia com pérolas. Há também outras dicas quanto à escolha das tiaras para noivas. Se o vestido é branco, prefira uma tiara de prata strass ou com pérolas brancas. Já o vestido marfim cai melhor com tiara com tom de ouro e pérolas marfim.

DICAS DE COQUES PRÁTICOS E ELEGANTES

DICAS DE COQUES PRÁTICOS E ELEGANTES

Os coques são penteados elegantíssimos, eles ressaltam os traços do rosto e podem ser feitos de maneiras inúmeras. Como fazer coques práticos não diminui em nada a sua variedade de opções, pois mesmo aqueles feitos às pressas são charmosos. Além disso, os coques são soluções perfeitas para quando não deu tempo de lavar os cabelos, você está atrasada ou com calor.

Mas eles também podem ser feito com um pouco mais de tempo e serem usados em ocasiões especiais, sendo os coques elegantes penteados que combinam muito com um traje social. Eles também assentam com todas as estações do ano, se no verão ajudam a deixar o visual mais fresco, no inverno combinam com golas e cachecóis. No entanto, é sempre importante seguir algumas dicas de coques práticos e elegantes para escolher o que mais se ajusta a você.

Como escolher o coque ideal

O formato do rosto e o corte de cabelo vão ajudar a escolher entre os coques elegantes que mais combinam com você. Um dos que mais assenta com as mulheres é o banana, bastante tradicional. Ele é feito com todo o cabelo, que deve ser pego e torcido em forma espiral, prendendo com grampos.

Ele pode ser alto ou próximo ao pescoço, sendo que os mais baixos são mais elegantes. Outra entre as dicas de coques práticos e elegantes é fazer o coque bola, que fica bem volumoso e preso bem no alto da cabeça. Ele combina, em especial, com ocasiões festivas, pois deixa o visual muito sofisticado.

Como fazer coques práticos também funciona com o modelo rosquinha, em especial, para mulheres com rosto fino. Ele consiste em um coque alto, mas lembra o formato de uma rosca. Simples e lindo. Porém, o mais fácil de fazer é o coque clássico, aquele que se faz meio que sem querer, quando está quente.

O estilo é despojado, ainda mais quando alguns fios ficam soltos, sendo que caem super bem nos rostos finos. Mulheres com rosto maior podem usar a franja para deixar o visual suave ou mesmo alguns fios soltos. Já quem possui testa larga o ideal é usá-lo com o cabelo bem para o lado.

Há também o coque nó, feito com um nó no topo da cabeça, sem que fique muito preso. Cabelos muito lisos podem não segurar o penteado, mas grampos ajudam a fixá-lo melhor e as pontas do coque podem ficar para dentro ou para fora.

COMO USAR O CORTE SIDECUT

O corte de cabelo em que apenas um dos lados da cabeça é raspado e o cabelo é jogado para o lado contrário pegou o gosto de muitas celebridades, mas também já pode ser visto pelas ruas. De origem inglesa, corte sidecut foi uma febre entre os grupos punk e grunge entre as décadas de 1970 e 1980. Hoje em dia, o corte sidecut pertence ao universo feminino, em especial.

Especialistas afirmam que como usar o corte sidecut depende menos do tipo de cabelo da mulher e mais da sua personalidade. Além de precisar ter uma dose de coragem e ousadia, é preciso ser descolada, moderna e gostar de estar em sintonia com as tendências da moda. Mesmo assim, como usar o corte sidecut funciona melhor quando a mulher possui cabelos lisos ou ondulados com volume e caimento.

COMO USAR O CORTE SIDECUT

Embora muitas celebridades loiras tenham aderido ao corte, alguns especialistas afirmam que uma das dicas para usar corte sidecut é não estar com os fios muito claros, sendo que nesse caso podem ser feitas mechas para que o look fique perfeito. Além disso, o corte combina com os mais diferentes tipos de rostos, inclusive, os bonitos, já que o sidecut ressalta os traços da face.

Dicas para usar corte sidecut

Para este corte, o melhor é procurar um profissional, em especial, um cabeleireiro que já tenha experiência no sidecut, já que apenas um erro mínimo pode estragar todo o corte, deixando o contorno que deve ser raspado torto e desproporcional. Se você fizer o corte e não gostar, entretanto, pode dividir o cabelo no meio para disfarçar, mas isso não vai esconder por completo.

Por isso, é preciso pensar bem antes de radicalizar com o sidecut. Uma dica para quem está na dúvida é fazer um teste. Para tanto, jogue o cabelo todo para um único lado da cabeça e prender com grampos. Se você gostar do resultado pode fazer o corte. Outra forma de fazer o corte é deixando ele mais discreto, como o undercut, que consiste em raspar as laterais, mas somente na linha de curvatura do crânio. Esse corte é ideal para quem deseja diminuir o volume dos fios.

Quem pretende radicalizar ainda mais, por outro lado, pode raspar as duas laterais da cabeça. Assim, o corte se assemelha ao moicano. Com o sidecut você pode, ainda, fazer mechas coloridas, raspar total ou apenas um pouco a lateral e mesmo arrumá-lo de modos variados, como preso com rabo de cavalo, fazendo um coque ou deixando todo solto, da forma mais tradicional, com os fios jogados todo para um lado da cabeça.

USAR MODELADORES DE CABELO

USAR MODELADORES DE CABELO

Usar modeladores de cabelo está na moda, pois aquele visual super liso, feito com chapinha, está aos poucos caindo por terra. A preferência mais recente tem sido o uso dos fios com movimento e os cachos soltos. O visual também é mais displicente, moderno e bonito. Mas para fazer o look seguindo a tendência, existem algumas dicas de como usar modeladores de cabelo.

Veja como usar modeladores de cabelo

O primeiro truque, para que o cabelo não acabe ficando como cachinhos de boneca, é usar o aparelho modelador adequado. O melhor são aqueles que possuem diâmetro médio, entre 20 e 25 milímetros, que resultam em cachos largos e soltos. Além disso, vale lembrar que existem os modeladores mais finos, que são ideais para definir cabelo crespo ou afro. Quem tem cabelo mais grosso também pode usar o modelador mais fino. Nesse caso, o resultado vai ser ondas mais suaves com uma pegada retrô.

Há também o modelo de babyliss que possui duas hastes paralelas, os quais são responsáveis por criar um belíssimo frisado nos fios. Além de entender a diferença entre cada aparelho, saber como usar modeladores de cabelo exige um pouco de prática. Como nem sempre é fácil modelar em casa, muitas mulheres preferem ir ao salão de cabeleireiro.

A dica para o resultado perfeito é enrolar as mechas do lado esquerdo, segurar o equipamento com a mão oposta em seguida, para passar o braço por cima da cabeça, e vice-versa. Já na hora de usar o modelador perto da nuca, o truque consiste em enrolar somente as pontinhas de algumas mechas, misturando-as com o restante do cabelo.

Na hora de modelar o próprio cabelo, todo cuidado é pouco se você quer o resultado perfeito. Nesse sentido, uma dica muito importante é treinar como usar modeladores de cabelo com o aparelho desligado, uma vez que ele esquenta bastante e nem sempre tem o revestimento protetor.

Já a dica para quem possui cabelo muito fino, na hora de como usar modeladores de cabelo, é acrescentar um passo a mais ao procedimento. Isto é, após soltar a mecha que estava enrolada no babyliss, faça um rolinho com os dedos e o prenda no topo da cabeça.

Por sua vez, quem vai apostar em um look sexy deve desfiar algumas mechas do topo da cabeça com um pente fino e salpicar pomada em pó na região, o que vai manter o volume do ponteado. Outro cuidado para um resultado final satisfatório é sempre fazer a risca no meio, o que também garante o estilo moderno do penteado.

Já na hora de separar as mechas, faça elas de tamanho médio, com dois dedos de largura, sendo melhor iniciar pelos fios próximos à nuca.

COMO EVITAR E TRATAR QUEDA DE CABELO

COMO EVITAR E TRATAR QUEDA DE CABELO

A queda de cabelo é um problema estético que pode ter várias causas. Para quem não quer sofrer com esse problema, é importante saber como evitar e tratar queda de cabelo. Sendo assim, confira uma lista com cinco dicas simples de como evitar e tratar queda de cabelos.

Veja como evitar e tratar queda de cabelo

1. Lavar os cabelos pelo menos duas vezes por semana: não é necessário lavar todos os dias, a não ser que você tenha os cabelos muito oleosos. O ideal é lavar sempre que os cabelos estiverem sujos, e o tempo de lavagem pode variar de pessoa para pessoa.

2. Investir numa alimentação saudável: sua dieta deve ser rica em vitaminas e minerais, pois isso vai ajudar a fortalecer a raiz do cabelo, restringindo a sua queda.

3. Enxaguar muito bem os cabelos: retire todo o shampoo e o condicionador. Trata-se de um cuidado que evita a oleosidade da raiz, evitando a queda de cabelo.

4. Desembaraçar os cabelos ainda no banho: quando passar o creme ou condicionador, desembarace os fios durante o banho, começando o processo pelas pontas, deixando a raiz por último.

5. Só prender os cabelos quando eles estiverem bem secos: ao prender os cabelos ainda molhados ou úmidos, a raiz pode sofrer danos, favorecendo a queda.

Outros cuidados: é importante ter o hábito de não se estressar; também recomendamos praticar exercício físico com regularidade, a fim de melhorar a circulação sanguínea, deixando os cabelos mais fortalecidos e resistentes à queda.

É importante ainda esclarecer que a queda de cabelo é comum nos primeiros meses da amamentação, após cirurgias e em caso de distúrbios hormonais e, neste último caso, o melhor é tratar o descontrole, que é a causa da queda do cabelo. Já existem vários tratamentos para queda de cabelos e até tratamento para calvície feminina, mas mesmo assim a queda de cabelo é uma reclamação frequente de muitas pessoas. O que muitos desconhecem é que a queda de cabelo, principalmente em mulher, é uma queixa cada vez mais comum nos consultórios dos dermatologistas.

As quedas dos fios costumam ser provocadas, por exemplo, por distúrbios da tireóide, pela deficiência de ferro e outras vitaminas ou emagrecimento rápido. Em outros casos a pré-disposição genética pode ser responsável até por uma calvície feminina se não for tratada precocemente.

O tratamento da perda excessiva de cabelo consiste em identificar e reverter a causa da queda. Caso necessário, pode também incluir algum remédio que estimula o crescimento do cabelo e auxilie no crescimento dos novos fios. Quando não é possível reverter o quadro e já se perdeu um grande volume capilar, por exemplo, na calvície genética, existe a opção de fazer um transplante de cabelos.

Muitos buscam tratamentos milagrosos para fortalecimento do cabelo, mas o que a grande maioria não percebe é que a queda de cabelos está inteiramente relacionada com a saúde do restante do corpo.

COMO CORTAR FRANJA EM CASA

COMO CORTAR FRANJA EM CASA

As franjas estão em alta entre as famosas e vêm cobrindo as testas de muitas mulheres, mas é preciso ficar muito atento, pois existe um tipo ideal de franja para cada tipo de rosto. Lembre-se também de que ter franja dá um pouco de trabalho para manter. Por isso, confira algumas dicas de como cortar franja em casa, mantendo-a bem cuidado por mais tempo, sem a necessidade de procurar um salão a cada manutenção.

Lembre-se ainda de que quem nunca teve esse tipo de corte precisa ter cuidado na hora de apostar nesse visual, principalmente se você resolver fazer o corte da franja por conta própria, sem o auxílio de um profissional. Sendo assim, separamos algumas dicas de como cortar franja em casa.

Veja como cortar franja em casa

Antes de tudo, separe a franja do resto do cabelo, que deve estar molhado. Você consegue diferenciar a parte mais curta ao pentear o cabelo para frente e para os lados. Para não correr o risco de cortar alguma mecha do comprimento sem querer, prenda-o para trás em um coque ou rabo de cavalo.

Penteie a franja para baixo, na frente do rosto, com um pente fino e use o objeto como uma régua, acompanhando o formato original. Em seguida, prepare-se para o momento decisivo: como o cabelo molhado é mais comprido do que quando seco, calcule o corte sempre com dois dedos a mais do que a altura ideal para você. Exemplo: você quer cortar três dedos da franja seca. Com o cabelo molhado na hora de cortar, meça o comprimento com cinco dedos. Depois, seque os fios para checar se a franja ficou do comprimento ideal.

Outras dicas: não pegue muita quantidade de cabelo na hora do corte; use sempre uma tesoura própria, de preferência do modelo fio navalha; para um caimento mais delicado e natural, dê o acabamento com as pontas da tesoura; na hora de cortar, tente puxar a franja para o lado oposto ao que usa.

Lembre-se de que a franja dá um diferencial aos cabelos e deixa a mulher com um visual mais jovem e moderno. Além disso, a franja combina com os mais variados estilos. Para conseguir este resultado, é preciso que a franja esteja em sintonia com o formato do seu rosto e tenha o comprimento e o volume adequados.

Por fim, franja bonita é franja bem aparada, isso vale até para os modelos de franja que fazem a linha mais despojada. Se você é do tipo de mulher que não tem tempo e nem paciência para ficar indo sempre ao salão de beleza, mas quer deixar sua franja sempre em dia, saiba que é possível aparar as madeixas a partir das nossas dicas de como cortar franja em casa.

COMO EVITAR QUE O CABELO TINGIDO FIQUE VERDE

COMO EVITAR QUE O CABELO TINGIDO FIQUE VERDE

Quem pinta o cabelo regularmente sabe como pode ser difícil conseguir manter a cor dos cabelos sempre viva e bonita, já que a cor conquistada no salão no dia da pintura vai desbotando com tempo. Isso porque, de acordo com especialistas, é natural que o pigmento da tinta vá se soltando dos fios com o tempo. Além disso, a exposição ao cloro, sol, vento e várias lavagens também acabam ocasionando a abertura das cutículas e desgastando a coloração. Mas existem algumas técnicas que você pode seguir para dar vida longa às tonalidades, além de conseguir corrigir a cor dos fios quando eles desbotarem. No caso das loiras, o grande segredo é descobri como evitar que o cabelo tingido fique verde.

Entretanto, quem é loira sabe que depois de descolorir ou pintar os cabelos do tom mais claro você está sujeita a três principais mudanças. A primeira delas é o amarelamento, que é um processo inevitável e natural. Em seguida, pode sofrer com o esverdeamento dos cabelos, causado no verão, principalmente pela água do mar ou piscina. O terceiro deles também é o esverdeamento, mas ocasionado pelo uso de uma tintura incorreta, que escurece os fios mais claros. Neste último caso, o melhor a fazer é procurar um profissional para corrigir a cor.

Mas como evitar que cabelo tingido fique verde?

É comum que o cabelo loiro fique com um tom esverdeado depois de curtir uma praia ou piscina. Quem pensa que o vilão é o cloro pode se surpreender ao descobrir que o culpado mesmo por este efeito é o cobre. O sal e o cloro deixam a água com um PH alcalino, que facilita a dilatação das cutículas dos fios. Isso permite que o cobre da água entre no cabelo com mais facilidade e ocasione a coloração esverdeada. Para corrigir isso você pode tirar a cor esverdeada do cabelo ou anulá-la. Para tirar é simples, bastando lavar o cabelo com um shampoo antirresíduo duas ou três vezes seguidas, conseguindo assim eliminar o cobre do cabelo. Por ser um produto forte, este shampoo resseca muito o cabelo, sendo indispensável uma hidratação mais tarde. Se você fez escova progressiva no cabelo, procure a orientação de um especialista, para não correr o risco de tirar do cabelo as substâncias alisadoras.

Por mais estranho que pareça, outra dica que ajuda nesse processo é passar leite no cabelo, que facilita a regularização do pH dos fios. Aplique o leite uma mecha por vez no cabelo úmido, com o auxílio de um algodão, deixando agir por dez minutos. Enxague em seguida e repita a operação até que o verde saia completamente. Pode repetir a ação em alguns dias, para obter melhor resultado.

Agora para conseguir anular a cor, também existe uma receita caseira. Você precisa apenas de um tubo de coloração 7.4, o loiro médio cobre. Pegue apenas uma quantidade equivalente a dois centímetros da tintura e misture em 30 ml de shampoo antirresíduo neutro, de cor branca. Passe no cabelo uma mecha por vez e massageie tudo durante três minutos. Depois basta enxaguar, porque a coloração cobre deve anular o verde do cabelo, trazendo o tom do loiro de volta.