PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





CASCAS E TALOS: VANTAGENS E COMO CONSUMIR

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

CASCAS E TALOS: VANTAGENS E COMO CONSUMIR

O desperdício de alimentos é um problema que se repete em diversas partes do mundo. No Brasil, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) realizou um estudo sobre desperdício e constatou que cada brasileiro joga no lixo uma média de 37 quilos de alimentos de origem vegetal por ano. As pessoas costumam desprezar uma quantia muito grande de comida, o que é comprovado em compras feitas em supermercados, com a imagem de muitas frutas e folhas amassadas, já com sinais de estrago e sem condições de consumo. Dentro de casa, o desperdício continua. Mas quais as vantagens e como consumir?

É normal que as cascas e talos sejam descartados depois do preparo de uma sopa, suco ou mesmo salada. Esses restos apresentam um imenso potencial nutritivo, cheio de sais minerais, vitaminas, fibras e clorofila. Cascas, talos, sementes e folhas externas de frutas, legumes e verduras contêm maior teor de nutrientes que as polpas e folhas internas.

Confira vantagens de consumir cascas e talos

A casca da banana contém o dobro do potássio presente na fruta. Os talos de verduras, como do espinafre e da couve, são mais ricos em ferro que as folhas. A casca da laranja e do limão é riquíssima em vitamina C. A casca do maracujá possui uma grande quantidade de fibras solúveis, que ajudam na função intestinal e no controle da glicemia.

Exceções existem: a mandioca só deve ser consumida cozida, e somente a sua polpa deve ser aproveitada. A casca não é comestível, apesar de ser usada na alimentação de animais.

Confira quais são os alimentos campeões em aproveitamento e como consumir:

1. Couve-flor

As folhas e os talos são fonte de vitaminas C, K e A, ácido fólico e minerais como cálcio, potássio, magnésio e fósforo. Podem ser refogados ou usados em recheios de panquecas, ou acrescentados nos sucos.

2. Batata

A casca é rica em minerais, vitamina C e fibras, fica bem macia e dá um crocante interessante na batata frita, assada ou cozida. O que atrapalha é o preconceito contra a casca, porque o sabor é ótimo.

3. Beterraba

Suas folhas e talos são excelentes fontes de vitaminas A e K, betacaroteno, luteína, clorofila, cálcio, magnésio, potássio, ácido fólico, e podem ser refogadas, usadas em sopas, caldos diversos e no feijão.

4. Cenoura

A casca é muito mais rica em betacaroteno e vitamina A que a polpa – ela pode ser usada no preparo de sucos e sopas. As folhas da cenoura são riquíssimas em vitamina C, carotenoides, luteína e zeaxantina (prevenção da degeneração macular senil, a maior causa de cegueira na idade avançada), cálcio (essencial para dentes e ossos fortes, prevenção da osteoporose) e ácido fólico, e podem ser usadas em refogados, sopas, omeletes e suflês.

5. Abóbora é a campeã

A casca é rica em fibras, potássio, betacaroteno, luteína e zeaxantina (importantes para a visão), vitaminas A e C (potentes antioxidantes), e pode ser usada no preparo de sopas, massas de panqueca ou bolos. Pela sua riqueza em enzimas, é utilizada na indústria cosmética. As sementes são fonte de betacaroteno, ômega 3 e minerais como zinco, manganês, magnésio, fósforo, ferro e cobre.

Além disso, fornecem proteína, os aminoácidos triptofano (precursor de serotonina, o neurotransmissor do bem-estar) e arginina (crescimento muscular), e mais fitosteróis (ação reguladora do colesterol e protetora da próstata). Também atuam como vermífugo. A semente de abóbora deve ser seca no forno baixo, tostada e ingerida como petisco ou moída como uma farinha e usada em sucos ou no preparo de pratos diversos.

Pronto, agora você conhece as vantagens de cascas e talos e sabe como consumir.






PontoXP © 2006-2018 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!