PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





ALTERAÇÕES DE HUMOR AO FAZER DIETA

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

ALTERAÇÕES DE HUMOR AO FAZER DIETA

Sofrer com alterações de humor ao fazer dieta é uma das consequências negativas ao aderir aos cardápios restritivos e radicais. Por isso, o melhor é optar pela reeducação alimentar, que vai aos poucos adaptar o organismo a optar pelos hábitos mais saudáveis. Quando uma pessoa que está acostumada a comer muito decide fazer uma dieta, se escolher um cardápio restritivo é bem provável que a ansiedade não demore a bater na sua porta.

Com isso, apenas fica mais difícil o emagrecimento. Mas se as mudanças respeitarem o ritmo de cada um fica muito mais fácil de começar a comer menos e escolher alimentos mais nutritivos, o que deve ser feito por meio de substituições gradativas. Além disso, quando o indivíduo se estressa, o que pode acontecer pela vontade de comer mais, o hormônio cortisol causa um descontrole hormonal.

Como evitar as alterações de humor ao fazer dieta

Entre as consequências disso está a retenção de líquidos e sal por parte do organismo, prejudicando a perda de peso. Por isso, quando se fala em alterações de humor na dieta é preciso preveni-las, ao incluir no cardápio os alimentos ricos em aminoácidos que ajudam a manter o bom humor, como a serotonina.

Assim, as alterações de humor na dieta podem ser evitadas com a inclusão de alimentos ricos em fenilalanina, como é o caso das frutas, frango e peixes, e em triptofano, como a lentilha, amêndoas, nozes, batata, iogurte, banana, queijo branco, soja, mel, abacate, grão-de-bico e legumes. Arroz integral, feijão e leite contam com esses dois aminoácidos e por isso são boas opções também.

Além do que já foi dito, vale lembrar que estudos apontaram que os níveis de serotonina diminuem no organismo quando uma pessoa inicia uma dieta pobre em carboidrato. A dica, portanto, para evitar as alterações de humor na dieta é substituir as massas, biscoitos, pães e bolos por versões integrais, que são mais nutritivas e por serem carboidratos complexos mantem a saciedade por mais tempo.

Ou seja, não é preciso reduzir radicalmente os carboidratos da dieta, até porque eles são fontes de energia e, por isso, necessários ao organismo. Assim como as mudanças no humor, existem outros problemas das dietas restritivas, que são a retenção de líquidos, prisão de ventre e mesmo a carência de nutrientes fundamentais para o bom funcionamento do organismo, como é o caso do ferro, ácido fólico, cálcio, fósforo e magnésio.

O pior é que esse quadro não ajuda em nada a perda de peso, a pessoa continua sem comer bem e não emagrece, se frustra e a ansiedade aumenta. O resultado não poderia ser pior, mesmo passando vontade não se emagrecer e mesmo que os quilinhos a mais vão embora tão logo a dieta termina eles voltam com força total. Em outras palavras, dietas malucas não funcionam, apenas uma reeducação alimentar.




Assine e Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail


Recomendamos para você

Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2016 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!