PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





ALIMENTOS FUNCIONAIS: O QUE SÃO E SUAS VANTAGENS

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

ALIMENTOS FUNCIONAIS: O QUE SÃO E SUAS VANTAGENS

Nem todo mundo conhece o poder dos alimentos funcionais ou sabe o que são e quais as vantagens de seu consumo. Os alimentos funcionais são responsáveis por contribuir com a melhora do metabolismo, resultando em prevenção de problemas de saúde e ainda o fortalecimento do organismo.

O que são alimentos funcionais e suas vantagens para a saúde

Os alimentos funcionais não podem curar doenças, mas conseguem reduzir significativamente o risco do surgimento de alguns problemas de saúde. Além disso, tais alimentos possuem efeitos terapêuticos, capazes de regular a coagulação sanguínea, o que resulta em diminuição do colesterol, bem como uma infinidade de outras vantagens.

Alimentos funcionais também trazem benefícios para doenças como hipertensão, diabetes, câncer, mal de Alzheimer, doenças intestinais, cardiovasculares e várias outras. Entre os principais exemplos de alimentos funcionais estão o arroz, a soja, o azeite, o milho, o trigo, o gergelim, a linhaça, o mel, a castanha-do-Pará.

Confira uma lista com os principais componentes que constituem os alimentos funcionais, além de seus principais benefícios para a saúde e em quais alimentos podem ser encontrados.

1. Ômega 3: diminui o risco de doenças cardiovasculares, reduz os níveis de triglicerídeos e controla o colesterol total do sangue, sem acumulá-lo nos vaso sanguíneos do coração. O ômega 3 está presente em peixes, como o salmão e a truta, por exemplo.

2. Probióticos: são micro-organismos vivos que impedem que bactérias e outros micro-organismos causadores de doenças se proliferem no intestino. Os probióticos são encontrados em iogurtes e leite fermentado.

3. Isoflavonas: sua estrutura química é semelhante ao estrógeno,o hormônio feminino. Por isso, ajudam a amenizar os sintomas da menopausa e da TPM. A soja e seus derivados são fontes riquíssimas de isoflavonas.

4. Flavonóides: anulam a dioxina, substância altamente tóxica usada em agrotóxicos. Suco natural de uva e vinho tinto, café, chá verde, chocolate e própolis são exemplos desses alimentos, que diminuem o risco de câncer e atuam como anti-inflamatórios.

5. Licopeno: evita e repara os danos dos radicais livres que causam o câncer. É possível encontrar fontes de licopeno na beterraba, no pimentão, no tomate e derivados.

6. Betacaroteno: o betacaroteno se converte em vitamina A e protege as células do envelhecimento. Também ajuda a diminuir o risco de câncer e pode ser encontrado na cenoura, na abóbora, no mamão, na couve, no espinafre e na manga.

Quais são os requisitos para o alimento ser considerado funcional? Basicamente, o principal fator é a presença de compostos que potencializem as ações benéficas do mesmo ou ser um alimento obtido a partir de matéria-prima abundante por processos de biotecnologia. A regulamentação discute três tipos de condições para o alimento ser considerado funcional: conteúdo, função e segurança, esta última relacionada à redução de riscos à saúde.




Assine e Receba Novidades GRÁTIS por e-mail!

Confirme sua inscrição no link que receberá por e-mail


Recomendamos para você

Receba Novidades Grátis

Últimos Artigos:




PontoXP © 2006-2016 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!