PontoXP.com - Dicas e Informações Gerais.





AÇÚCAR OU ADOÇANTE: QUAL A MELHOR OPÇÃO?

Autor: Textual Conteúdo
Publicado em: Saúde

AÇÚCAR OU ADOÇANTE: QUAL A MELHOR OPÇÃO?

AÇÚCAR OU ADOÇANTE: QUAL A MELHOR OPÇÃO? – Na hora de emagrecer, é comum que apareça a dúvida sobre açúcar ou adoçante: qual a melhor opção para cada pessoa. Na realidade, tanto um quanto o outro são produtos que devem ser usados com moderação. Enquanto o açúcar refinado, o branco e fino mais conhecido, possui muitas calorias, aumenta a produção de insulina e facilita o surgimento de cáries, os adoçantes industrializados podem contribuir para os casos de câncer.

No entanto, existem outros tipos de adoçantes, inclusive, os provindos de fontes naturais, menos maléficos à saúde. De qualquer forma, especialistas indicam os tipos de adoçantes apenas para pessoas que tenham alguma restrição alimentar, como diabetes, ou que devem perder peso.

Para os demais, o melhor é optar pelo açúcar mascavo, já que os malefícios do açúcar refinado são muitos, pois o processo para deixá-lo fino e branco elimina todos os seus nutrientes e se torna uma caloria vazia (que se acumula no organismo e não traz nenhum benefício à saúde). Já no mascavo permanecem todas as suas vitaminas e sais minerais.

Há ainda o açúcar light, que contem as mesmas calorias do açúcar branco comum e também um pouco de adoçante. Porém, essa opção possui todos os malefícios do açúcar refinado e mais dos adoçantes industrializados. A diferença é que adoça mais fácil e assim se usa menos. Já o stévia é menos prejudicial, pois é um adoçante natural.

Açúcar ou adoçante: melhor opção para cada pessoa

Conheça as características dos diferentes adoçantes:

Adoçantes naturais – extraído de vegetais e frutas:

– Esteviosídeo: adoça 300 vezes mais do que a sacarose (presente no açúcar). Não possui contraindicação, não causa cáries, nem é calórica ou tóxica. É metabolizado pelo organismo.

– Sucralose: molécula modificada da sacarose. Não deixa sabor residual, nem dá cáries. Não é metabolizada pelo organismo, nem possui contraindicação.

Adoçantes artificiais – fabricados em laboratório

– Sacarina: derivado do petróleo, poder adoçante em relação à sacarose é de 300 vezes, possui sabor residual amargo. Não deve ser consumido por hipertensos ou que tenham tendência a reter líquidos devido ao sódio.

– Ciclamato: derivado do petróleo, adoça 40 vezes mais que a sacarose, sabor agridoce é semelhante ao açúcar refinado, contem leve gosto residual. Contraindicado a hipertensos, pois é combinado com sódio.

– Aspartame: fabricado a partir de aminoácidos (fenilalanina e ácido aspártico) encontrados normalmente nos alimentos. Poder adoçante de 200 vezes, não apresenta sabor residual amargo. Não deve ser consumido por portadores de fenilcetonuria (doença genética que causa acúmulo de fenilalanina no organismo, causando retardo mental) Também é contraindicado para grávidas.

– Acesulfame-K: derivado do potássio, poder adoçante 200 vezes, sabor amargo.






PontoXP © 2006-2018 - Todos os direitos reservados.
Termos de uso | Contato | Anuncie| Assine os FEEDS RSS!